InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [FHVERSO] O Leão e o Pantera

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mestre

avatar

Mensagens : 824
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Seg Nov 06, 2017 5:13 pm

Em algum tempo passado...

A porta é trancada assim que o ultimo integrante entra. A sala era rustica, e decorada com máscaras tribais que lembravam leões. Os recém-chegados sentavam-se numa mesa redonda de madeira, com o desenho rustico de um sol talhado em sua parte superior. Os raios de sol do desenho pareciam indicar os sete membros que se encontravam naquele lugar. Todos os integrantes daquela sala eram negros e usavam roupas típicas africanas. Um homem, o que aparentava ser o mais velho, começa a falar num idioma tribal antigo.

Meus irmãos de espada... Vocês sentiram o mesmo que eu?

Sim – adianta-se um deles – A presença de nosso inimigo foi sentida por todos nós.

O que houve? – perguntava um terceiro, bem magro e igualmente velho - Pensei que o colar havia sido destruído! Como ele voltou?

Provavelmente fomos enganados – responde o homem que havia começado o assunto – mas isso não é o mais importante. Precisamos nos livrar dele, ou então ele acabará nos achando e pondo tudo a perder.

Um silencio em conformidade se fez, sendo quebrado novamente pelo homem, aparentemente o líder.

Rutaganda, seus homens estão prontos para ação?

Mas é claro! – responde Rutaganda, um homem alto, forte e com um sorriso assustador.

Ótimo! É hora de Atieno voltar ao mundo dos mortos...




Yago usava seus poderes em plena luz do dia. Inventando alguma desculpa qualquer para sair, ele finalmente podia treinar um pouco. As suas ultimas experiências como herói sempre lhe causavam grandes ferimentos, então seria bom, para variar, um pouco de treino. Ele pula de um prédio ao outro, em uma trajetória circular, ou seja, voltando ao ponto de onde veio. Apenas prédios pequenos de Barão da Conquista, bairro onde o rapaz morava. No topo de um prédio, André olhava fixamente para o relógio. Yago pula do prédio ao lado e para em frente ao rapaz, se erguendo triunfante.


E ai, foi rápido o bastante?

Você é rápido, disso não se discute. Mas ainda não venceu a marca dos cinco minutos e trinta e quatro segundos. 

Ah, sério? Cara, essa foi pra suar a camisa! 

Bobagem! Com mais treino e disciplina, você consegue resultados mais práticos.

Obrigado por ter vindo, cara. Fora o Hodari, não há muita gente com quem eu possa conversar. 

Eu sei como é. Pelo menos Hodari parece mais simpático que uma certa pessoa...

Nybras não fazia nada naquele momento. Eles estavam ao ar livre e sob a luz do sol, então ele se recolhia a forma de sombra. Mas André sabia bem que o espirito negativo não gostava de ser contrariado. Eles descem do prédio onde estavam e caminham pelas ruas, como pessoas normais, conversando no caminho sobre trivialidades. Até que os sentidos de Atieno despertam, e ele sente um cheiro familiar, mas ao mesmo tempo não sabe de onde. Hodari o alerta:

Cuidado, Atieno. Eu reconheço esse cheiro, e são de pessoas perigosas.

André percebe que o colega parece ter notado alguma coisa de estranha e olha ao redor para ver se encontra algo. Foi aí que ele percebe algo brilhante indo em direção do herói felino. 

ABAIXA!

Por pouco a lança não acerta Yago, que é ajudado por André a se desviar a tempo. Eles olham de onde vem a lança, e veem um homem pendurado numa janela de um prédio no terceiro andar, com roupas coloridas e uma máscara tribal que lembrava um leão. Ele agora estava com uma espada na mão. Ele desce para a rua, assustando as pessoas ao redor. Algumas pessoas se escondem em suas casas e estabelecimentos, pois percebem que haverá algum conflito.

Encontramos nosso inimigo! Morte ao Guerreiro Leopardo!



Informações:
 



Prazo de postagem: até 18:30 de amanhã, dia 7/11.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Atieno

avatar

Mensagens : 1113
Data de inscrição : 15/01/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Ter Nov 07, 2017 10:32 am

O desafio original era meramente um dia de treinamentos. Era saltar de prédio em prédio, aproveitando a aglomeração destes no Barão da Conquista. E, a julgar pelas reações dos moradores, ali era uma área bem comum de treinamentos. Chego a me perguntar quantos iniciantes como eu deram seus primeiros passos pelas lages do topo desses edifícios…

Caminhando pela calçada, papeando com André, ia vendo o movimento da cidade, e planejando o que fazer mentalmente.

— Mas eu ainda vou bater esse tempo, cara. Pode ter certeza...

Tive minha fala interrompida pela explosão dos sentidos. Mesmo me acostumando a eles, ainda me causavam baques. Mas, dessa vez, não parecia ter sido algo meramente ao acaso. Não foi. Havia problemas, Hodari me alertava, e eu buscava em todos os cantos a fonte do perigo. Até que ouvi o grito.

— ABAIXA!

O grito meio que salvou-me a vida. Joguei-me no chão praticamente, e vi a lança encravar-se num vaso, que se quebrou completamente. Olhei de volta na direção do atacante, e o vi no terceiro andar. As vezes, parecia que eu era o alvo de todos os vilões. A maldição do azar que, volta e meia, assombrava-me. Pelo jeito, gato preto dá azar mesmo.

— Obrigado… você me salvou a vida — disse, olhando para Jogo de Cartas, mas ainda no chão.

Ali, abri minha mochila e já puxei a máscara, colocando-a no rosto. Então, passei a olhar na direção do inimigo, e me surpreendi ao vê-lo saltar na rua. Sua queda era suave, mas não era aquilo que chamava-me a atenção. Tampouco eram suas roupas tribalistas. Era nas pessoas. Todas elas simplesmente sumiam da área, escondendo-se nos cantos mais protegidos possíveis, como as lojas e residências dos arredores. Agiam como ratos ao verem os gatos aparecendo. Sabiam que as ruas não eram deles, eram privados de sua liberdade, e tudo por que? Por causa de um louco que estabeleceu seu objetivo de vida como a minha morte.

"Droga… malditos sejam eles"

Hodari rosnava na minha cabeça. Mesmo sendo um espírito, ele ainda era um leopardo. Reagia como um. Rosnava como tal.

"Eles quem??"

Hodari não me respondeu. E, de repente, eu não apenas ouvia sua raiva. Sentia ela também, quase na mesma intensidade. Algo quase instintivo. O cheiro dele era familiar... mas eu nunca o vi antes! Por que tinha esse sentimento estranho?

Ele ainda dissera "nosso inimigo". Não estava sozinho, certamente. A diferença? Eu também não estava sozinho. Olhei pra André, e voltei meu olhar para meu inimigo declarado.

— Se quer me matar, terá que ter sorte, seu esquisitão! — berrei, ouvindo o grunhido de raiva de Hodari — como se eu o tivesse feito — e fui logo evocando os poderes e erguendo o braço direito.

Rapidamente, a lança de energia pura se formou. Olhei pra André, e falei rapidamente.

— Acho que vou precisar da sua ajuda de novo — comentei.

Dito isso, atirei a lança contra meu inimigo, e preparei-me, com todo o poder, para me esquivar num caso de ataque rival.

________________________________________________________________________
Falas: #CCFFCC (Atieno)
#2399FF (Hodari)


Última edição por Atieno em Ter Nov 07, 2017 6:00 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://heroisbrasileiros.forumeiros.com/
Jogo de Cartas

avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 01/02/2013
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Ter Nov 07, 2017 5:01 pm

Sem dúvida as coisas estavam evoluindo na carreira heroica de André, e agora novas alianças se formavam através da amizade. Apesar da frustração de sua ultima missão, foi um bom momento para estudar a possibilidade de parceria com outros heróis. Havia pego o contato de alguns colegas, entre eles Atieno, o qual se provou ter muito em comum consigo mesmo.

Ambos carregavam artefatos misticos ligados a um ser sobrenatural, além de serem novatos no combate ao crime. Esse mundo de rondas noturnas e madrugadas escutando a frequência da policia haviam afastado André de seus antigos amigos, dando lugar apenas a jogo de cartas, que passava mais tempo estudando com os magos chatos da summo veratis acompanhado de um entidade milenar mau-humorada.


...

Obrigado por ter vindo, cara. Fora o Hodari, não há muita gente com quem eu possa conversar.


Eu sei como é. Pelo menos Hodari parece mais simpático que uma certa pessoa..

Provavelmente Nybras não aprovaria essa amizade, dificilmente o espectro sombrio simpatizava com alguém que o provocou no primeiro encontro, vide todos os magos de sua ordem que tentaram entrar em contato com ele. Mas para o jovem herói isso pouco importava. Nybras de certa forma era seu amigo, mas não queria que fosse o único.  

Ambos caminhavam e conversavam como pessoas normais, trajes civis e jogando conversa fora. Até que Atieno pareceu ter notado algo. Era estranho, de certa forma sua percepção de mundo era diferente e mais aguçada, mas até mesmo alguém como ele não podia prever tudo. Algo estava vindo em sua direção.

ABAIXA!

Aconteceu muito rápido, por pouco Atieno não fora atingido. E agora ambos estavam a mercê do homem com a máscara tribal.

Acho que vou precisar da sua ajuda de novo
Você conhece esse cara?! tsc não importa... Nybras se você quer bater alguém, agora é hora.

Disse André procurando refugio sacando seu baralho mágico. Pronto para defender Atieno com seus escudos e se defender com intangibilidade. Também pronto para usar suas rajadas misticias. Seu plano é atrai-lo para a sombra de algum prédio, onde Nybras possa atacar.

________________________________________________________________________
#990066
#33ccff
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mestre

avatar

Mensagens : 824
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Ter Nov 07, 2017 6:45 pm

Acho que vou precisar da sua ajuda de novo.

Você conhece esse cara?! Tsc, não importa... Nybras, se você quer bater em alguém, agora é hora.

Os dois, já com suas máscaras ao rosto, se preparam para o combate.

Iniciativa:
 

O guerreiro, que antes caminhava, acelera seus passos. Até que, numa velocidade impressionante, chega até aonde os dois heróis estavam, atacando com sua espada.

Dados:
 

O foco do guerreiro era Atieno, e sua espada foi tão rápida que quase não deu para desviar. Yago sente a espada quase o acertar no peito. O ataque fracassa por que André estava de prontidão, sacando uma carta e jogando perto de Yago. A carta flutuava no ar, criando um escudo protetor no instante do ataque. O herói felino decide revidar, já com a lança que invocara antes do ataque. Ele a dispara contra o guerreiro.

Dados:
 

A proximidade do ataque, junto com a força do guerreiro leopardo, foi decisiva. A lança acerta em cheio o peito do adversário, fazendo-o cair na mesma hora. André, que correra para um ponto estratégico, estava pronto para disparar uma rajada contra o adversário, mas percebe que o amigo conseguiu finaliza-lo antes. A carta que atirara momentos antes volta para sua mão, e ele fica impressionado que tenha sido tão fácil. Yago também se impressiona com isso, e olha ao redor para procurar André, o detectando num canto de uma rua. Então, eles escutam um rugido alto, semelhante ao de um leão. É então que escutam o som de um carro chegando. Um furgão dobra a esquina, e da porta de trás saem mais seis guerreiros semelhantes ao que acabou de ser abatido. O lado do furgão tinha um desenho de um sol em forma tribal.  

Prazo de postagem: até às 10h de amanhã, dia 9/11
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Atieno

avatar

Mensagens : 1113
Data de inscrição : 15/01/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Qua Nov 08, 2017 8:01 pm

E lá estava ele. Caído no chão, como bosta de cachorro. A lança de energia que o abateu se dissipara já, e o que sobrara era apenas um corpo. Observei bem o guerreiro, e agradeci muito por Jogo de Cartas estar ali. Mas... havia sido fácil demais. Havia coisa ali. Ele dissera "nosso" inimigo. Não estava sozinho... mas quem era ele?

"Yago, não se deixe enganar... ele não está sozinho"

"Quem é ele, Hodari?" — questionei, encontrando Jogo de Cartas num canto escuro e correndo na direção dele.

"Ele não... eles"

Foi aí que o rugido chegou aos meus ouvidos. O rugido e os pneus de um veículo cantando. Fiquei junto de Jogo de Cartas, vendo o furgão parando atravessado na avenida e, dele, descendo vários iguais ao primeiro guerreiro.

"Eles querem você, Atieno. Você é o alvo. Eles querem te matar. Que merda, sempre é assim, sempre!"

Hodari não parava de rosnar, perceptivelmente irritado. Escutava seus rosnados e me sentia nervoso também. As coisas podiam sair do controle até, então precisava me acalmar ao máximo.

— André! — sussurro. — Hodari me alertou que sou o alvo desses caras... acho que vou precisar de muita ajuda!

Usando de minha agilidade, vesti a parte de cima do uniforme, e fiquei observando os bandidos de meu esconderijo. Então, evocando as garras, tentei subir numa sacada para, de lá, poder sair disparando lanças contra os inimigos, e correndo para evitar seus ataques.

________________________________________________________________________
Falas: #CCFFCC (Atieno)
#2399FF (Hodari)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://heroisbrasileiros.forumeiros.com/
Jogo de Cartas

avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 01/02/2013
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Qua Nov 08, 2017 11:04 pm

O rugido anunciava que o combate estava longe de acabar. Mais guerreiros surgiram usando mascara de leão tribais. Jogo de Cartas já prepara sua postura mais ofensiva, pronto para usar a mesma estratégia. Agora havia um belo banquete para Nybras mas sua marca anunciava seu maior inimigo o "sol".

(mals a postagem curta, dia corrido)

________________________________________________________________________
#990066
#33ccff
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mestre

avatar

Mensagens : 824
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Qui Nov 09, 2017 10:06 am

Onde ele está? – gritou um dos guerreiros.

Atieno e Jogo de Cartas se encontravam em um esconderijo, esperando o momento certo para agir. Acompanhavam os passos de seus algozes, que andavam ameaçadoramente pela rua, eventualmente atacando carros com suas espadas, demonstrando sua raiva e frustração.

Apareça, covarde! Ou empilharemos corpos destas pessoas que você tanto quer proteger!

Era hora de ação. Atieno sai do esconderijo, subindo com suas garras até uma sacada de um anda superior, ele preparava uma lança, atirando contra um dos guerreiros, o acertando em cheio. Ao mesmo tempo, Jogo de Cartas atacava. Ele destaca algumas cartas, deixando-as em forma de leque. Ele faz um movimento de soco no ar, e do leque de cartas sai uma energia lilás que acerta mais um dos guerreiros, quase ao mesmo tempo do ataque de Atieno. Enquanto Yago conjurava outra lança, os inimigos – que viram a localização dos heróis – avançavam. Um chega mais rápido até André, que olhava confiante para o adversário, com um sorriso de canto de boca. Quando o vilão ergue a espada para atacar, um tentáculo em forma de sombra agarra sua mão. E mais outros tentáculos surgem, agarrando mãos e pés. Quando o guerreiro, surpreso, olha para André, vê uma figura fantasmagórica surgir de suas feições, partindo contra ele com garras. Nybras ri assustadoramente, enquanto destrói a máscara e o rasga com suas garras afiadas. Atieno tem chance de atacar mais um deles, e o acerta. Mas não consegue impedir que dois dos outros guerreiros alcançassem André em seu esconderijo. Mas algo os impede no último instante. Uma mulher, de roupa esporte, ruiva e muito sensual, ataca os dois com seus próprios punhos. Ela desvia das espadas com facilidade, acertando golpes precisos e com bastante força contra eles. Eles caem ante sua investida. André fica frente a frente com a mulher que o ajudara.

Esses malucos não tem uma hora melhor para aparecer? Estava de folga!

André reconhece seu rosto. Era Amazona, uma heroína conhecida, membro dos Legionários. As apresentações teriam de ficar para depois. Um barulho estrondoso vindo de outro prédio mostrava uma criatura enorme cavalgando entre as janelas, descendo ao chão e fazendo-o tremer. Um leão humanoide, que dá um rugido tão alto que algumas janelas de vidro tremem. 


Atieno! Não há lugar onde você possa fugir de mim. Prepare-se para enfrentar o poder do Leão de Atlas!

Missão: Enfrentar o Leão de Atlas. ND 20.




Dados:
 


Prazo de postagem: Até as 15:00 de amanhã, dia 10/11.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Jogo de Cartas

avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 01/02/2013
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Qui Nov 09, 2017 6:50 pm

Esses malucos não tem uma hora melhor para aparecer? Estava de folga!

Os guerreiros foram derrotados com a a ajuda de uma amazona. André não conteve sua empolgação ao anunciar o obvio.

Amazona!

Parece que a ajuda que Yago queria havia chegado. E quem quer que sejam esses sujeitos, eles estão bem motivados em derrota-lo.

O rugido do leão interrompeu o raciocínio de jogo de cartas, que imediatamente olhou na direção, contemplando o leão humanoide. De longe o vilão mais ameaçador que já havia encarado até o momento. André pensou em adotar sua forma intangível imediatamente e pedir que Nybras atacasse. Mas uma legionária estava ali (muito bonita por sinal) e demonstrar medo estava fora de questão.

Atieno! Não há lugar onde você possa fugir de mim. Prepare-se para enfrentar o poder do Leão de Atlas!

Nybras...acho que chegou a hora de fazer aquilo que combinamos...

Hunf...é melhor você correr pra me acompanhar, pivete

Jogo de Cartas formou um leque de cartas flutuantes em sua frente em meia lua, enquanto Nybras se preparava moldando sua forma de acordo com a sombra formada pelas cartas. Pouco após o evento no parque de diversões ele e Nybras tiveram uma conversa sobre sua estratégia de combate que deviam adotar daqui pra frente, não apenas agindo separados e tomando decisões precipitadas. Mas em conjunto. Jogo de Cartas e Nybras pretendem combinar seus poderes de magia e umbracinese, as cartas disparadas irão carregar Nybras servindo como uma distração. Assim que atingirem o alvo Nybras irá saltar da sombra projetada atacando com suas garras e protegido pelo escudo.

________________________________________________________________________
#990066
#33ccff
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Garota Mental

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 13/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Qui Nov 09, 2017 9:42 pm

Geovanna passeava normalmente com seus pensamentos a mil. Estava numa semana difícil. Seu acidente estava fazendo aniversário e ela pensava sobre isso. Colocava na balança o que ganhou e o que perdeu e analisava.

Bem... Minha mente se expandiu e agora tenho poderes que nunca sonhei. Em compensação minha garganta foi dilacerada e não posso mais falar. Algumas pessoas aceitam de boa eu mandar uma mensagem telepática, mas outras acham isso uma violação. C'est la vie...

Perdida em seus pensamentos e com uma sacola de compra embaixo de seus braços trazendo o pão ela vira a esquina e se depara com uma van em alta velocidade virando a rua. Após se recuperar do susto ela levita seu corpo e voa em direção a mesma.

Eita... O que faço agora – Pensa a heroína – Tenho que correr para ajudar esse carro, mas não posso perder essas compras. Vou me apressar. E assim ela acelera seu voo.

Quando chega ao local, ela se depara com uma batalha anormal. Guerreiros mascarados estão atacando uns jovens heróis ainda não conhecidos por ela.

Quem bom... Agora vou ter que ajudar senão não conseguirei dormir essa noite.

Com sua telecinese ela coloca as compras sob uma sacada de apartamento e reza pra ninguém mexer. Analisando os objetos ao redor ela se assusta com um rugido de uma criatura humanoide que a faz tremer na base. Mas confiando em seu potencial ela vai assim mesmo.

Amigos... Desculpe a invasão na cabeça de vocês. Sou a Garota Mental e estou aqui para tentar ajudar. Vamos tentar terminar logo com isso porque tenho que levar as minhas compras pra casa.

E voando para próximo dos meninos ela ergue pedras que encontrou no caminho e as faz girar ao redor dela, esperando o momento para atacar.

________________________________________________________________________


Ficha Garota Mental:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Atieno

avatar

Mensagens : 1113
Data de inscrição : 15/01/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Sex Nov 10, 2017 12:03 am

Não percebia nada ao meu redor. O foco era totalmente no inimigo. Podia perceber que Jogo de Cartas também derrotava alguns, e que havia alguém nos ajudando, apesar de eu não reconhecer quem é de primeira, descobrindo ser a Amazona — uma heroína famosa — apenas ao ouvir André falar.

Foi então que fui ouvindo os sons de outro prédio. Com todos os sentidos aflorados, escutei o baque da criatura contra a rua, vendo o leão humanoide, sem saber o que era pior: seus rugidos ou seu cheiro de animal de zoológico. Mesmo assim, ele me desafiara. Dissera que eu não poderia fugir dele.

Obviamente, eu estava tremendo de medo. Afinal, porra... eu sou um estudante de computação que tá entrando nessa vida de herói há pouco tempo. Como posso ter tantos inimigos assim? O que que eu fiz pra ser um alvo de um homem-leão e sua trupe de capangas?

"Tome cuidado, Yago. Esse Leão do Atlas é um enviado de Qorrax, o deus-sol."

"Qorrax?"

"Sobreviva e te contarei tudo... desde a relação de Qorrax com Mwezi até a sua origem... mas, lembre-se: não poupe suas forças contra essa besta!"

Acenei. Precisava agir com força total diante daquela criatura. Precisava do poder de Hodari. Precisava mostrar que sou o Guerreiro Leopardo. Não temerei o Leão do Atlas.

"Me ajude então, Hodari. Fortaleça-me."

Com um grunhido ferino, saltei da sacada, pousando no chão como um leopardo, e me levantando logo em seguida. Encarei o inimigo, sentindo todo o poder fluindo dentro de mim, mantendo meu foco totalmente nele. Ignorava tudo ao meu redor, apenas tinha como objetivo destruir meu inimigo. Com as garras pra fora, emiti um grunhido firme e me posicionei para o ataque.

— Você cometeu um erro, leãozinho. Eu não fugirei de você, pois meu sentimento para você é puro desprezo.

Dito isso, parti para o ataque, visando feri-lo ao máximo com as garras e com meus aprimoramentos físicos, buscando manter-me atento para esquivas.

— Não pode me vencer, pois sou o Guerreiro Leopardo!

________________________________________________________________________
Falas: #CCFFCC (Atieno)
#2399FF (Hodari)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://heroisbrasileiros.forumeiros.com/
Mestre

avatar

Mensagens : 824
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Sex Nov 10, 2017 3:05 pm

Iniciativa:
 

Atieno salta da sacada onde estava, descendo até a rua que havia se tornado um palco de batalha. Se posicionando para o combate, ele fala:

Você cometeu um erro, leãozinho. Eu não fugirei de você, pois meu sentimento para você é puro desprezo!

Ele corre contra o Leão do Atlas, que faz a mesma coisa. O rugido estrondoso era de duas feras se enfrentando, o que dava arrepios em quem ouvia. A garra do leão ia em direção a Atieno, mas o herói se desvia com facilidade, fazendo o inimigo quase tropeçar com a própria força de seu golpe.

Nisso, surge a Garota Mental, que envia uma mensagem telepática para os heróis em combate. Ela envia as pedras que encontrou pelo caminho contra o guerreiro em forma de leão, mas isso causa pouco efeito. Algumas ele sequer sente, e outras maiores ele desvia sem muitas dificuldades.

Quer dizer que o Guerreiro Leopardo não está sozinho? Que seja! Vou empilhar os corpos de seus amigos também!

Não pode me vencer, pois sou o Guerreiro Leopardo! – Bradava Atieno, indo para o combate.

O ataque é feroz, mas o Leão de Atlas era mais rápido do que imaginava. Ele se desvia com a mesma facilidade que Yago, e estava pronto para fazer uma nova investida, não fosse o ataque de Amazona.

Ela se lança contra o vilão, atacando com fúria. Mas ele também não se sente abalado com seu ataque. Ele recebe a maior parte dos golpes, e apenas permanece na defensiva. Amazona se afasta um pouco, tentando entender contra quem estava lutando. É então que um leque de cartas voa rapidamente contra o monstruoso inimigo.

As cartas atingem o Leão do Atlas, fazendo-o cambalear para trás, mas não há muito tempo para se defender, pois Nybras começa a surgir das sombras projetadas pelas cartas para atacar o inimigo com toda sua força. Ele usa tentáculos para segurar as mãos do adversário, enquanto o rasgava com suas garras afiadas. A tática aparentemente deu certo, pois o inimigo parecia aturdido com o ataque, que parecia vir de todos os lados. Até que ele reúne forças e dá seu rugido, se livrando das cartas, que voltam ao seu dono.

Muito bem... Hehehehe... Quem devo matar primeiro?

As marcas de corte em seu corpo começavam a desaparecer lentamente. Não seria uma briga tão fácil...




Dados:
 
Dados:
 
Dados:
 
Dados:
 
Dados:
 

Prazo de postagem: Até 23:30h de amanhã, 12/11.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Atieno

avatar

Mensagens : 1113
Data de inscrição : 15/01/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Sab Nov 11, 2017 11:47 pm

Ofegante, encarava o leão diante de mim. Minha raiva por ele apenas crescia. Os rosnados de Hodari, então? Pareciam estar em progressão geométrica. Aquele monstro diante de mim era meu inimigo. Sentia isso de forma inconsciente.

— Você não vai matar ninguém aqui! — gritei, dotado de uma fúria quase palpável. — Eu irei te destruir... monstro.

Escutei meus calçados se rasgando, e os removi enquanto caminhava em círculos, ao redor de meu inimigo. Aquilo era como uma dança. A dança das feras, que se encaravam antes do embate. Encurvava-me, com as garras totalmente expostas, e partia novamente ao ataque, dando um grito que se assemelhava, e muito, a um rugido.

________________________________________________________________________
Falas: #CCFFCC (Atieno)
#2399FF (Hodari)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://heroisbrasileiros.forumeiros.com/
Jogo de Cartas

avatar

Mensagens : 551
Data de inscrição : 01/02/2013
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Dom Nov 12, 2017 8:02 pm

A luta estava cada vez mais intensa, cada golpe era uma promessa que sangue seria derramado, e cada esquiva um momento para respirar. Atieno e o Leão de Atlas se digladiavam transformando a cidade em ringue, Jogo de Cartas pela primeira vez contemplava a intensidade caótica de um confronto entre entidades. E para sua surpresa uma mensagem telepática invadiu sua mente, anunciando a chegada de um novo aliado. De certa forma aquilo não lhe soou estranho, trouxe até um leve conforto naquele momento, um sinal que de que não estavam sozinhos na luta, e que sempre haveria um herói a mais para lutar.

"Foco...não morra, não morra, ok?"

Chega de esperar, me lance pra cima dele!


Nybras soou entusiasmado, se não teve a chance de lutar contra Atieno, agora era a hora de enfrentar alguém talvez ainda mais forte. Isso foi a espoleta que faltava para livrar André da inércia.

As cartas foram lançadas, carregadas de vontade pura, convertida em magia. Jogo de Cartas sorriu levemente ao ver elas atingirem o Leão humanoide e Nybras ainda mais enquanto disferia seus golpes.

Entretanto o sorriso se desfez rapidamente em seu rosto. As feridas se regeneravam como se nada tivesse acontecido. O rugido estridente da fera deixou André congelado por um momento. As cartas retornaram flutuando e ele as reuniu repensando sua estratégia.

Muito bem... Hehehehe... Quem devo matar primeiro?


Merda...Isso tá muito além do meu nível... Garota Mental, é melhor você não chegar perto desse cara, você pode ajudar Amazona e Atieno remotamente... Quanto a mim... All-in

André deu um salto pra frente.

Hey bola de pelo! Eu to aqui, deixa eu ser o primeiro!

Jogo de Cartas lança algumas cartas carregadas com magia para atrair a fúria do Leão de Atlas, mesmo que não causem nenhum efeito, sua unica intensão é dar chance para os outros atacarem. Se ele chegar perto, irá usar intangibilidade e escudos para se defender.

________________________________________________________________________
#990066
#33ccff
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Garota Mental

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 13/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Seg Nov 13, 2017 10:57 am

Ao notar que o combate era eminente, Geovanna lança uma saraivada de pedras que encontrou no caminho. Mas por não estar tão atenta, foi desviado com facilidade.

Os outros herois que estavam no combate, pareceram bem mais preparados e acertaram seus ataques. Isso enfurece o monstro que disse em tom ameaçador

Muito bem... Hehehehe... Quem devo matar primeiro?

O outro menino até tentou me proteger dizendo

–  Merda...Isso tá muito além do meu nível... Garota Mental, é melhor você não chegar perto desse cara, você pode ajudar Amazona e Atieno remotamente...

Agora amedontrada, a Garota Mental tinha que ser mais efetiva.

Amigos, vou tentar imobilizá-lo a distância. Façam seus ataques. Podemos planejar nossos ataques mentalmente que tentarei manter a rede mental entre nós.

E com sua telecinese, ela tentara erguê-lo e mantê-lo parado no ar. Caso ele tente fugir, vai arremessá-lo contra a parede.

________________________________________________________________________


Ficha Garota Mental:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mestre

avatar

Mensagens : 824
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   Seg Nov 13, 2017 11:22 am

Leão do Atlas parecia se divertir com o ataque dos demais, mas ele se volta rapidamente para Atieno, que o circunda como uma fera arisca. Ambos se atacam quase ao mesmo tempo, e o rugido foi tão alto e o ataque tão rápido que aqueles que acompanhavam mal puderam ver direito o que tinha acontecido. André fica estarrecido ao ver o corpo de Yago rodopiar no ar, espalhando respingos de sangue, até cair no chão, inconsciente. Pela distância, mal dava para ver como o rapaz estava, mas uma coisa era certa... Ele não se mexia. 

Geovanna se assusta com o que vê. No fringir dos ovos, ela ainda era uma criança, que nunca vira tamanha selvageria. Ela tenta levitar o vilão, mas seu peso, e considerando seu medo, impediram seu sucesso. O Leão do Atlas apenas sentiu seus pelos se ouriçarem. Ele parecia sério, como se algo o desapontasse. Até que Amazona volta a investir, dessa vez com mais força. Revoltada com o que aconteceu a Atieno, ela soca o focinho do Leão, que tenta contra-atacar. Ela defende o golpe e acerta mais um soco no estômago dele, fazendo-o recuar. André fica atônito com o que viu. Foi apenas um golpe! Medo, misturado com raiva, invadem sua mente. Ele então decide agir, mesmo que por impulso. Ele carrega uma carta em punho, e dispara em direção do Leão de Atlas. Amazona quase é pega pelo disparo, mas o Leão recebe o tiro com as próprias mãos...

Isto é... Decepcionante! Ninguém me disse que meu inimigo estava tão inexperiente assim. – Ele olha para o corpo de Atieno, no chão – Que ultraje! Tantas batalhas memoráveis, e é isto que restou de Atieno? Me recuso a matar esta formiga! Darei tempo a você, guerreiro. Sacie minha sede de batalha... E então o matarei.

Após um rugido, o vilão pula em um prédio e com uma velocidade impressionante, ele o escala até desaparecer. Amazona tenta correr atrás dele, mas era tarde demais. André vai até o corpo de Yago, ver como ele estava. A ferida era feia. Uma grande laceração na costela esquerda, deixando a área em carne viva. As roupas estavam encharcadas de sangue, e o rosto do rapaz estava pálido. André mal saiba o que fazer, como levar o rapaz ao médico e explicar essa ferida SEM expor sua identidade? Geovanna teme ver de perto, mas tenta acessar a mente do rapaz. Ela percebe que ele está vivo, mas vê duas vozes  em sua mente.

É então que um barulho de helicóptero corta a concentração em Yago. Era um helicóptero militar, maior. Dele desciam soldados armados, e uma figura resplandecente de um homem numa armadura azul, ou um robô.

Afaste-se do garoto, Amazona. Esses dois precisam vir comigo.

Vigilante! Este garoto precisa de cuidados! Não me diga que...

São ordens, garota – e olhando para André e Yago, diz – Vocês vem comigo. 

Soldados com uma maca descem do helicóptero e pegam Yago. André, sem saber o que fazer, acaba indo também. O veículo parte com os dois, e dava para ver a logo da P.E.G.A.S.U.S. em um dos lados.




Naquela mesma sala com a mesa com um sol rústico talhado...

Rutaganda, explique-se.

Nosso homem, Leão do Atlas, se recusa a lutar. Ele diz que é questão de princípios.
Nunca vou entender esses idiotas. Bem, chegamos perto! O que podemos fazer, visto que nosso melhor homem está fora do jogo?

Sempre haverá meios de matar Atieno. Enquanto ele seguir aquela deuzinha de araque, será sempre um alvo. Sugiro atacar seu coração primeiro...


Fim.



Dados:
 

Dados:
 

Dados:
 

Dados:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [FHVERSO] O Leão e o Pantera   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[FHVERSO] O Leão e o Pantera
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Inscrições: FHVerso - Jogadores
» Criações Livres
» MARVEL MOVIES - notícias e novidades
» [Pedido] - NPCs FHVerso
» [Galeria] - Carcharocles

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
fabricadeherois :: Fábrica de Heróis :: Crônicas-
Ir para: