InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Capítulo 1 - O Despertar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Farai

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 11/08/2015
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Jan 20, 2017 8:56 am

Farai começa a se aproximar da porta, quase nem acredita que o pesadelo vai acabar. Mas antes de abrir a porta ele ouve passos se aproximando. A luz pela fresta é forte e ele não consegue ver quem se aproxima.

Ele corre para apanhar algumas tochas da grande sala.... de forma improvisada ele tenta apagar o fogo de uma das tochas para usá-la como tranca para a porta que aparenta ser a saída, ele espera que isso atrase um pouco quem esta chegando.

Depois de fazer sua tranca improvisada ele junta outras tochas ao pé da grande mesa, talvez a madeira preta crie bastante fumaça no local para uma fuga junto com o grupo.

Farai retorna ao corredor das celas até o grupo e diz...

- A saída parece ser por aqui. Precisamos de uma distração para sair. Eu já tentei uma coisa, mas se soltarmos mais dos prisioneiros poderemos conseguir a brecha que precisamos para fugir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jogo de Cartas

avatar

Mensagens : 520
Data de inscrição : 01/02/2013
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Jan 20, 2017 9:43 am

"Argh...essa doeu em mim"

Foi o que pensou o Draconato ao ouvir o berro de dor daquele Orc fedorento e o som de seus ovos sendo esmagados. Largou o velho no chão em seguida, movendo o braço em torno do ombro em sinal de alivio.  

- Obrigado... Zadrak certo? Sem você segurando esse monstro poderíamos estar com problemas agora.


"Como ele sabe meu nome?...não importa."
- Nada mal Amôn, queria ver esse Orc nos chamar de insetos agora!

Rugiu Zadrak. Caminhando até saída em seguida, enquanto ouvia o plano do humano barbudo. Havia outras celas, outros desafortunados sem memoria talvez? E com certeza deve haver guardas para cada um deles. O que em nome de todos deuses estaria acontecendo nesse lugar? O que eu fiz, e o que eles querem de mim? Eram muitas perguntas que se passavam na mente inquieta de Zadrak, mas não havia tempo para ficar tateando respostas, se ele quisesse sanar sua confusão, deveria escapar dessa masmorra primeiro.

Meneou a cabeça positivamente enquanto ouvia o plano de Amôn, e sentiu a mesma coisa que os demais, a localização exata de Farai, e um pouco de suas motivações.

O Draconato pretende pegar uma das tochas do corredor, e examinar os prisioneiros antes que Jasper acabe libertando alguém que não deveria. Caso tudo ocorra bem, só ira seguir junto dos outros, pronto para esmagar mais Orcs. E talvez até, torcendo por isso.

________________________________________________________________________
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Atieno

avatar

Mensagens : 1072
Data de inscrição : 15/01/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Jan 20, 2017 2:38 pm

Com a chave em mãos, Jasper sorriu, e observou de camarote a derrocada do Orc e seu urro de dor. Ver o movimento do humano chegou a causar dor no homem-tigre que, por reflexo, cruzou as pernas. Mas manteve o sorriso no rosto.

Agora que o Orc havia caído, poderiam ter uma chance de fuga. As chaves e a espada estavam sob a posse do grupo. Mas... outro pensamento vinha à mente de Jasper: foi fácil demais. O Orc largou a porta aberta, carregava as chaves consigo e a espada também.

— Foi fácil até demais... — murmurou Jasper, observando o molho de chaves.

Ouviu Amôn falar sobre trabalho em equipe, e deu de ombros. Era a escolha mais óbvia a se fazer. Saiu da cela e esperou todos saírem, para trancá-la.

Do lado de fora, Jasper percebeu que podia sentir onde estava Farai, o outro humano, que saiu da cela antes. Achou estranha aquela sensação, sentia que ele estava mais a frente, numa sala adiante. Pensou naquilo, até que se deu conta de que Amôn havia falado com ele antes. Ouviu Farai também, que havia retornado enquanto Jasper divagava.

— Não podemos libertar todos logo de cara, precisamos saber o que nos espera... creio que consigo ouvir e sentir pelo cheiro o que temos aqui no corredor. — disse.

Dando alguns passos na direção do outro lado do corredor, Jasper parou e posicionou as duas patas, de forma a ficar mais agachado. Respirou fundo, e começou a farejar o ambiente e se ater aos sons, visando descobrir o que havia do outro lado do corredor.

________________________________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://heroisbrasileiros.forumeiros.com/
Mestre

avatar

Mensagens : 740
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Jan 20, 2017 4:29 pm

Estava bem evidente para Evan que aquele grupo estava conectado de alguma maneira... Primeiro, a estranha familiaridade entre eles. Depois, ter entendido as palavras do Orc. E agora, saber que o humano fujão ainda estava lá! Isso dava um calafrio na espinha. Amôn falava sobre agir em grupo, se unirem para sair dali. Evan concorda.

Não sei vocês... Alguém mais sente um frio na espinha? Quer dizer... Acho que o fujão ainda está...

Mal termina de falar, e o "fujão" aparece. Ele diz as novas informações. Ele dá a ideia de libertar os prisioneiros das outras celas.

Na boa, acho que isso não é uma boa ideia... Sei lá, estamos numa PRISÃO! Não me sinto confortável com esses outros caras. Eu acho que o melhor seria uma emboscada. A gente se esconde, usa uma distração, e depois todo mundo cai dentro! Assim como fizemos com o outro Orc. Temos um Homem Tigre, um Draconato e um Meio Orc, Gente! Amôn também é duro na queda! Ninguém aqui é uma princesinha indefesa... Com todo respeito - fala olhando para a meia elfa.

Mesmo assim, se ninguém o escutar, irá ajudar Zadrak a examinar os prisioneiros. O quanto antes saírem de lá melhor!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Ironia

avatar

Mensagens : 400
Data de inscrição : 06/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Jan 20, 2017 6:27 pm

Pode ate ser um velhote, mas eu senti esse chute tambem. Isso foi golpe baixo. Golpe baixo... hehe... E consegui uma espada, mas não me sinto confortável com ela. Queria algo mais... brutal. Mas eu acho que vou ficar com ela na falta de algo melhor.

O magrelo está voltan... espera! Como eu sei disso? E como todos entenderam o que o velhote disse? Todos falam orc tambem? Droga, minha cabeça voltou a doer. Vamos evitar as perguntas por enquanto e focar no agora. Saio da cela junto com todos. Vamos deixar o velho agonizando sozinho. O magrelo ta do lado de fora e ainda não sei como sabia disso. Ouço o plano do magrelo e o plano do Zardrak. Tenho que concordar que o plano do dragão e bom, mas uma algazarra é tentadora.

- Vou com você. Consigo enxergar no escuro melhor que todos vocês. - Vou com o draconato e, se surgir a oportunidade, darei sangue dos inimigos para minha espada beber.

________________________________________________________________________
Camir - Meio-Orc
#666666

Características Raciais: Meio-orc:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mikka

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 07/07/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Jan 20, 2017 6:59 pm

Apesar de sociável, Mikka permaneceu quieta e podia ouvir todos dando palpites e cheio de apresentações, quando Mikka custou a lembrar seu nome. - Estou ansiosa para conhecer todos vocês, mas em uma oportunidade melhor - ela olha ao redor tentando entender tudo. - Nunca precisei de ninguém me protegendo... Que eu me lembre, ah, sem essa de donzela indefesa, vamos nessa mulherzinhas. - ela se coloca junto de Zadrak e Camir para acompanhá-los.

________________________________________________________________________

MIKKA
NÍVEL 3
Half-elf
Esmagadora de Orcs | Atiradora de Elite | Musa dos Anões



xxx:
 


Última edição por Mikka em Sex Jan 20, 2017 10:43 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Administrador

avatar

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 10/05/2009
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Jan 20, 2017 8:32 pm

Farai fixa uma das tochas entre uma fresta da porta e uma fenda no chão, criando uma tranca improvisada para a passagem. Ao colocar as demais tochas abaixo da mesa ele percebe alguém forçar a porta tentando entrar. Alguns grunhidos podem ser ouvidos, abafados.

Ele volta ao corredor no momento em que todos saem da cela, Jasper a tranca. Após o breve debate Zadrak, Camir, Farai, Mikka e Evan vão as outras celas observar os demais presos, enquanto Amôn e Jasper seguem até a outra saída do corredor.

Com a tocha em mãos Zadrak pode ver agora os outros presos. A maioria está agitada, alguns colocam os braços para fora tentando agarra-los. Todos estão em uma situação deplorável, alguns usam as mesmas vestes que vocês, outros estão completamente nus.

Os corpos são esqueléticos e frágeis, muitos apresentam barba e cabelos brancos grandes e mal cuidados, muitos sujos e machucados. Eles suplicam por ajuda nas mais diversas línguas. Humanos, Elfos, alguns mestiços e até mesmo orcs, homens e mulheres.

Todas as outras cinco celas estão ocupadas, o número exato de presos é incerto devido a lotação e baixa luminosidade, mas é provável ter 20 ou 30 indivíduos.

Na outra saída do corredor Amôn e Jasper caminham lentamente. Utilizando seus sentidos, Jasper sente o cheiro de podridão que vem do local, muito maior do que o da celas. Do local é possível ver uma fonte de luz, provável de ser mais uma tocha. Mesmo com a algazarra, ele consegue ouvir um zunido de vento, como uma passagem de ar.

Chegando a passagem do local, Jasper e Amôn notam apenas mais um ambiente vazio, de formato circular, apenas uma tocha está presa a uma das paredes. No centro na sala, um fosso cavado ao chão, por onde passa uma brisa com odor de morte.

Do outro lado do corredor, a uma fumaça se projeta no teto. Um estrondo de madeira se quebrando denuncia a chegada de mais alguém.

OFF: Vocês tem até 21/01 às 18:00 para a postagem.

________________________________________________________________________




"Isso é apenas uma máscara. Um símbolo. Quem está por trás dela é que realmente importa."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.forumeiros.com
Mestre

avatar

Mensagens : 740
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sab Jan 21, 2017 9:57 am

Evan se inclina para olhar por uma das celas, mas é surpreendido por mãos desesperadas tentando agarra-lo. Ele se assusta e quase cai para trás. A gritaria nas celas é enorme! Gritos por socorro, de todas as línguas.
 
Me tire daqui, por favor! – grita uma voz.

Sai pra lá, eu não sou sua mãe!

A visão aterradora dos presos embrulha o estomago de Evan. É uma sensação de pena, de nojo, de frustração... ele está realmente incomodado com aquilo. Para Evan, eles estavam condenados...

Galera, eu to avisando... vocês acham que esse povo vai querer cooperar? Que farão o sacrifício final pra cobrir a nossa fuga? Esses caras estão loucos! Não vão fazer nada a não ser tentar se salvar... ou pior, seguir a gente! Isso vai dar merda! Melhor a gente sair daqui enquanto é tempo, não teremos outra chance... Ahn... Vou ver como estão os outros.

Tudo que Evan queria era sair de lá. Ele arranja uma desculpa qualquer para poder respirar. Enquanto passa pelo corredor, ele para um pouco e se sente um pouco culpado por não querer ajudar os presos. Mas era hora de seguir em frente. Era o mais certo, senão todos morriam. Assim pensava Evan. Está se aproximando de Amôn e Jasper, quando escuta o barulho de alguém se aproximando. Então, fica nas sombras, esperando algo acontecer. É um pouco depois disso que Amôn fala seu plano. E cada um toma sua posiação. 

Vejamos, as opações são: me jogar na latrina e tentar sobreviver, me fugir de morto (e torcer para não passar de ser só fingimento) ou ficar na cobertura e morrer. Cara, eu devia ter deixado o Orc levar a gostosa de orelhas pontudas...

Ele resolve ficar e ajudar o meio orc e o draconato. Mas escondido, para pegar os inimigos de surpresa.


Última edição por Evan em Sab Jan 21, 2017 6:10 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Atieno

avatar

Mensagens : 1072
Data de inscrição : 15/01/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sab Jan 21, 2017 11:52 am

Caminhando na escuridão, guiando-se meramente pelos sons e cheiros, o Kemono se aproximou de um novo ambiente. Atento, percebeu o som do vento, além do cheiro de podridão.

— Espere, Amôn... Estou ouvindo algo... — diz Jasper, fazendo um sinal com a mão e avançando, chamando o parceiro de ação.

Viu o novo ambiente, e se virou para Amôn, colocando a mão na frente do focinho.

— Isso fede mais que aquele Orc, e parece ser um banheiro. Mas o som do vento parece vir daqui. Pode haver uma saída por ali e...

Antes de terminar de falar, Jasper escuta o estrondo com sua audição aprimorada, olhando na direção do barulho e voltando a olhar para Amôn.

— Estão vindo. Vou deixar pra você decidir. Quer entrar nessa coisa podre... ou prefere procurar outra saída?

Jasper fica no aguardo da decisão de Amôn, mas se mantendo atento a aproximação de outros com seus sentidos.

________________________________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://heroisbrasileiros.forumeiros.com/
Mikka

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 07/07/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sab Jan 21, 2017 12:49 pm

- Quanta gente presa.... Estão piores que a gente... - diz em tom baixo, parecendo triste. - Não podemos deixá-los aqui. - ela cerra os punhos. Com sua mente ligada aos outros, ela pareceu sacar a chegada de mais alguém pelos sentidos de Jasper, um pouco antes de ouvir o estrondo de madeira. - Mas que merda... Se preparem, tem gente vindo aí. - diz, óbvia para todos. Mikka se escora na parede e agacha nas sombras para um ataque surpresa em quem viesse.

________________________________________________________________________

MIKKA
NÍVEL 3
Half-elf
Esmagadora de Orcs | Atiradora de Elite | Musa dos Anões



xxx:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Amôn

avatar

Mensagens : 178
Data de inscrição : 15/10/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sab Jan 21, 2017 12:54 pm

O Grupo se divide no corredor, enquanto Jasper e Amôn iam para o lado não explorado do corredor, o resto do grupo foi ver o estado dos outros prisioneiros. O humano seguia em silêncio o kemono que ia à frente usando de seus sentidos apurados para garantir que não fossem pegos de surpresa.

Espere, Amôn... Estou ouvindo algo... - Amôn ficou impressionado "Como ele consegue distinguir algum som no meio de toda essa gritaria?".

- Impressionante Jasper... Guie o caminho, estou logo atrás.
- Comentou o humano atendendo ao sinal do companheiro.

Quando viram aquela sala Amôn não pode deixar de ficar frustado, tinha grandes expectativas com as possibilidades de fuga por ali, mas não passava de mais um recanto de fedor e desesperança, o barbudo então imitou o ato de tamparas narinas do Kemono enquanto o ouvia falar:

— Isso fede mais que aquele Orc, e parece ser um banheiro. Mas o som do vento parece vir daqui. Pode haver uma saída por ali e...

Um estrondo do outro lado do corredor interrompeu sua frase, eram provavelmente novos carcereiros, os mesmo que fizeram Farai voltar, Amôn se desesperou por um segundo, mas logo ouviu a voz de Jasper:

— Estão vindo. Vou deixar pra você decidir. Quer entrar nessa coisa podre... ou prefere procurar outra saída?

O grande homem trigre esperava uma respota de Amôn, então o humano abaixou a cabeça e começou a organizar os pensamentos - A sala, apesar do grotesco fedor, tinha uma chance de ter algum tipo de saída, os inimigos conseguiram forçar a porta e agora se aproximavam, ninguém tinha ideia da quantidade e inimigos e nem se estavam armados, enquanto todos do grupo, exceto Camir estavam com as mãos nuas, combate direto não era uma possibilidade, mas só passando por esse perigo eles poderiam procurar outra saída... - A cabeça de Amôn estava prestes a explodir quando como no acender de uma luz, o barbudo teve uma ideia e olhou para Jasper:

- Ha! Tive uma ideia... Prepara o focinho... Vamos entrar.
- O Humano então gritou para todo o resto do grupo - Rápido, todo mundo pra dentro dessa sala!!! Ela é fedida mas eles estão vindo, e não sabemos quantos são!! Nossa unica vantagem é o efeito surpresa, vamos armar uma emboscada daqui de dentro! - Assim que terminou de falar Amôn correu até Evan que estava parado ali perto e entrou o no lugar podre, esperando que os outros o seguissem.

Assim que todos entrassem, caso entrassem Amôn fecharia a porta e passaria as instruções enquanto tenta ignorar o cheiro da morte:

-  Fiquem atrás dessa porta, assim que o primeiro entrar, fechem ela imediatamente e segurem, enquanto isso eu e um de vocês vamos agarrar o desgraçado, roubar sua arma e joga-lo nesse buraco, caso mais alguém passe, ou caso algo não dê certo, vamos precisar que Camir ponha essa espada em ação... Caso tenham outros, vamos tentar trazer um por para dentro, assim temos mais chance de combate... O que acham? Vamos mostrar que não somos princesinhas indefesas...


Amôn esperava que seu plano maluco desse certo, mas assim que terminou de falar percebeu que tinha muitas chances de falhar, mas ainda assim, era tudo o que podia fazer, se preparou então para o combate, agiria conforme o planejado.

- Boa sorte à todos!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jogo de Cartas

avatar

Mensagens : 520
Data de inscrição : 01/02/2013
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sab Jan 21, 2017 1:15 pm

Pobres infelizes, só os deuses sabem a quanto tempo estão presos nessa masmorra. Alguns já perderam a sanidade, afogados na escuridão e em seus delírios de fuga. Zadrak se afastou das celas, imaginando que poderia ser ele transformado em uma casca vazia e sem esperanças.

Seria crueldade deixar eles ali. Mas ainda mais perverso usar essas pessoas para encobrir nossa fuga, eles seriam massacrados pelo primeiro Orc. Se quisermos esboçar alguma honra libertando esses prisioneiros, devemos lidar com os guardas primeiro. Pensou o Draconato.

Logo a frente pode escutar as batidas alvoraçadas na porta, reforços estavam a caminho.

-Prepare sua lâmina Camir!


Foi então que ouviu Amôn gritar algum plano, sobre o lugar que encontraram, pareceu razoável, mas não gostou da ideia de receber ordens. E se fosse para não parecer uma "princesinha indefesa" seria de frente, rugindo para o inimigo. Mesmo assim, resolveu seguir com o plano, mas ira esperar todos recuarem, e se for preciso ira atrair os inimigos que se aproximarem para a emboscada.

________________________________________________________________________
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Farai

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 11/08/2015
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sab Jan 21, 2017 5:08 pm

Apesar de parecer uma ação covarde, aos olhos de Farai usar uma fuga coletiva, mesmo que resultasse na morte dos engaiolados, a maioria conseguiria fugir, o que incluía ele.

Farai não era um guerreiro, e algo nele o fazia querer obedecer, porém o desejo de fugir e sobreviver era maior. Contrariando a todos ele procura uma cela que possa ser aberta.

Quando o som da porta estourada chega até ele e todos passam a seguir Amon, Farai percebe que seu tempo de correr com o grupo ja acabou. Olhando a sua volta ele vê uma possa de lodo, excremento e sangue. Ele se joga sobre ela é finge estar morto, esperando que por causa da fumaça os orcs não o percebam....

Farai vai esperar o novo inimigo passar, se for apenas um ele o seguirá e ajudará o grupo a derrotá-lo.

Se for um grupo Farai vai correr para o grande salão novamente para ver o que tem na porta estourada pelos orcs, pode ser que tenha algo que sirva as objetivos do grupo

________________________________________________________________________
Farai
#8B5A00

Código:
[b][color=#8B5A00]Fala Farai[/color][/b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ironia

avatar

Mensagens : 400
Data de inscrição : 06/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sab Jan 21, 2017 5:13 pm

Todos nos estão nesse salão mal-cheiroso. Ainda estou segurando a espada e não vou largá-la por nada nesse mundo. Ainda com esse barulho de batidas, gritos e súplicas. Isso vai atrair atenção que não querermos.

- Prepare sua lâmina, Camir.

Vou ajeitar minha  mão no cabo da espada e me preparar para o combate. Me sinto feliz que não lutarei sozinho e satisfeito por ter eles ao meu lado, embora não conheça nenhum deles. Algo me diz que eu confio minha vida neles e, sabendo disso, vice-versa.

________________________________________________________________________
Camir - Meio-Orc
#666666

Características Raciais: Meio-orc:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Administrador

avatar

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 10/05/2009
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sab Jan 21, 2017 9:15 pm

O grupo todo se dirige para a sala ao final do corredor, exceto Farai que se finge de morto a um dos cantos frente às celas.

Um período curto de tempo se passa, poucos segundos e da fumaça que já ocupava um pouco mais o corredor, surgem mais dois orcs. Devido a fumaça e a distância, o grupo não consegue os distinguir direito, apenas suas silhuetas, eles parecem um pouco menores que o primeiro, mas mais ágeis.

Teste de Percepção:
Orc B H1 + 2(fácil)
Resultado: 4. Falha.

Orc C H2 + 2(fácil)
Resultado: e 3. Sucesso.


Um dos Orcs nota a presença de Farai ao chão, o outro continua a verificar as celas com os presos, ele bate o que parece ser um machado nas grades, fazendo os presos silenciarem aos poucos.

Com o impacto, Laeriene acorda de seu desmaio. Ela se encontra em uma das outras celas cheias de presos. Todos do grupo sentem a presença dela na cela.

O orc cutuca Farai com um bastão de madeira afundando nas costelas, mas o mesmo não responde, ele se volta para o outro e fala:

- Morkak, ublegach.. morto.
- Maldição, khurebah digha fosso.


O pouco das lamentações que ainda existem nas celas permitem que você ouçam o que eles falam. Eles conversam na língua dos orcs, mas novamente todos conseguem entender alguma das palavras que eles pronunciam.

Um orc passa pelo outro, arrastando Farai por uma das pernas se dirigindo em direção do restante do grupo na sala no final do corredor. O grupo fica atento esperando o momento em que ele chegará ao recinto, mas antes disso:

- Motaba!

O outro Orc encontra o primeiro carcereiro sozinho e desacordado na cela. O orc que segurava Farai solta sua perna e vira em direção contrária ao grupo.

OFF: Vocês tem até 22/01 às 18:00 para a postagem.

________________________________________________________________________




"Isso é apenas uma máscara. Um símbolo. Quem está por trás dela é que realmente importa."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.forumeiros.com
Mestre

avatar

Mensagens : 740
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Dom Jan 22, 2017 10:42 am

O grupo estava literalmente na merda. Evan prende a respiração quando os Orcs se aproximam. Felizmente, algo os distrai. O carcereiro! Em todo aquele momento, tudo que Evan queria era sair de lá. Mas novamente, algo congela sua espinha. Ele sentiu alguém em uma das outras celas! 


Droga! – Pensa ele. Agora ele não podia simplesmente partir dali. Era preciso libertar os presos. Por alguma razão que fugia de seu instinto natural de sobrevivência, Evan sentia que devia ajudar quem quer que estivesse lá. Então, sussurra para seus companheiros.

Olha, eu tive uma ideia. Eu posso fazer esses Orcs saírem daqui. Eu corro, chamo atenção deles, enquanto vocês libertam todo mundo, igual como fizemos com o carcereiro. Eu ganho tempo! Mas preciso saber se não vou ver mais deles la fora. Tigrão, tem como você usar seu focinho animal ai? Então, depois que libertarem todo mundo, preciso de um sinal, então eu me rendo. Eles irão me trazer de volta e ai todo mundo cai matando. Dependo de vocês pra salvar minha pele, olha lá!

A ideia era chamar os dois Orcs para fora, driblar os dois como puder, pelo menos para ganhar tempo para a equipe  se organizar para o combate. 

OFF: Celular. Edito depois.Editado com algumas informações novas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Amôn

avatar

Mensagens : 178
Data de inscrição : 15/10/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Dom Jan 22, 2017 3:27 pm

Todos se posicionaram para fazer sua parte e agir em grupo, mas uma coisa não foi prevista por Amôn, os dois Orcs que entraram no corredor viram o carcereiro desacordado na cela onde o seu grupo devia estar preso, assim que viu isso, Amôn praguejou para si mesmo:

- Como fui burro... É claro que eles iam ver o carcereiro...  


Foi ao terminar de falar que o humano sentiu a presença de mais alguém, estava em alguma outra cela, entre os outros presos, agora era definitivo, eles precisavam ser salvos. "Mas como?" Foi então que Evan veio com um plano:

-Olha, eu tive uma ideia. Eu posso fazer esses Orcs saírem daqui. Eu corro, chamo atenção deles, enquanto vocês libertam todo mundo, igual como fizemos com o carcereiro. Eu ganho tempo! Mas preciso saber se não vou ver mais deles la fora. Tigrão, tem como você usar seu focinho animal ai? Então, depois que libertarem todo mundo, preciso de um sinal, então eu me rendo. Eles irão me trazer de volta e ai todo mundo cai matando. Dependo de vocês pra salvar minha pele, olha lá! -
As intenções do seu parceiro eram boas, mas arriscadas, então o barbudo responde também sussurando:

- Obrigado Evan, é um nobre sacrifício, muito bravo de sua parte, mas tudo que isso vai fazer é te matar, e talvez matar todos nós... Nós vamos salvar todos os presos, mas primeiro precisamos nos livrar desses desgraçados... Vamos seguir o plano... - Então Amôn ergueu a voz e se mostrou para os dois monstrengos de braços abertos - E aí bonitões!!! Se perguntando quem fez isso com o seu chefe?! Fui eu!! Venham pegar!! - Logo depois regrediu novamente para dentro da sala.

O objetivo do homem careca era atrair os dois algozes para a armadilha, ou pelo menos abrir a brecha que Farai precisava para correr, agiria conforme o que fora previamente acordado, e esperava que os outros fizessem o mesmo.



OFF: Malz aí se a qualidade do post tá ruim, postando meio na pressa, qualquer erro manda por PM.

________________________________________________________________________
Fala: #006600

Amôn - Humano - Careca - Barbudo - Bodybuilder
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Atieno

avatar

Mensagens : 1072
Data de inscrição : 15/01/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Dom Jan 22, 2017 4:04 pm

Com tudo o que estava por acontecer, e em meio ao odor enjoativo daquela fossa, Jasper pensou que nada poderia ficar pior. Entretanto, ao sentir em sua cabeça uma nova pessoa, se virou para o lado. Havia mais alguém a ser salvo, era apenas isso que o felino sentia.

Ao ouvir o que os Orcs falaram, Jasper teve a conclusão do que aquilo se tratava.

— Aqui é o fosso onde eles jogam os corpos! — sussurra Jasper, compartilhando tal informação aos outros. — Por isso o cheiro é tão ruim. São corpos de prisioneiros mortos ali em baixo. E, se existem corpos ali, deve haver uma forma de sair também. Estou ouvindo vento desse buraco, e não creio que vento atravesse paredes...

Sua fala, entretanto, foi cessada quando notou a ideia que Evan, o humano que tem três bocas de tanto falar, começou a dissecar seu plano. Sentiu-se um pouco incomodado com a pronúncia da palavra "animal" pelo humano, mas resignou-se e se manteve atento.

Foi então que notou o grandalhão Amôn sair da cela e tentar chamar a atenção dos Orcs. De olhos arregalados, o Kemono encarou Amôn, mas pensou noutra coisa em seguida. Lembrou-se de que era ele quem estava com as chaves das celas, e sorriu.

— Tentem segurá-los, vou tentar correr até a cela de... seja lá quem for. Sinto que há mais alguém que temos que salvar. E preciso libertar esse alguém que senti — diz Jasper, segurando com força o molho de chaves.

Observando, o homem-tigre pretende correr até a jaula onde a outra pessoa estaria, para tentar libertá-la. Entretanto, apenas poderia correr se, por algum acaso, os Orcs fossem dominados pelo restante do grupo.

________________________________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://heroisbrasileiros.forumeiros.com/
Jogo de Cartas

avatar

Mensagens : 520
Data de inscrição : 01/02/2013
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Dom Jan 22, 2017 4:21 pm

Enquanto os Orcs se aproximavam meio a fumaça, Zadrak sorriu ao ver que eram menores que o caolho. "há, vocês vão cair no primeiro golpe" Prontamente se posicionou ao lado da entrada, ansioso para que um deles desse o primeiro passo em direção a armadilha.

Foi então que sentiu o despertar, como se uma parte de si tivesse acordado. Alguém em outras celas esta ligado a ele, assim como os outros. "Cada segundo, isso fica mais estranho" Mas já havia dito que não iria pensar nisso, era hora de focar nos objetivos e ir atrás de respostas depois.

A medida que o Orc se aproximava, Zadrak inclino-se para frente, pronto para atacar.

"Você já era...mas o que?!"


O maldito recuava para investigar a cela onde deixaram o caolho preso. Droga! - Seu pensamento foi espontâneo em sintonia com o resto do grupo. Esqueceram que alguém poderia vê-lo roncando e babando no chão! O primeiro instinto do Draconato era de ir pra cima dos dois e abandonar o plano, imaginando que essa estratégia já estava condenada. Mas percebeu que Amôn estava disposto a continuar enquanto debatia com Evan.

Zadrak pretende continuar escondido, esperando algum Orc se aproximar. Caso algum deles note a armadilha, não vai hesitar em ataca-lo rugindo e usando seu tamanho para intimidar.

________________________________________________________________________
Spoiler:
 


Última edição por Zadrak em Dom Jan 22, 2017 4:23 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mikka

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 07/07/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Dom Jan 22, 2017 4:23 pm

Ainda agachada num canto escuro da cela, Mikka se mantém em silêncio até que um dos orcs ficasse de costa para ela, quando a mesma pularia por trás para enforcá-lo, quebrar seu maxilar, ou no mínimo enrolar para o grupo.

________________________________________________________________________

MIKKA
NÍVEL 3
Half-elf
Esmagadora de Orcs | Atiradora de Elite | Musa dos Anões



xxx:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ironia

avatar

Mensagens : 400
Data de inscrição : 06/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Dom Jan 22, 2017 4:57 pm

- Olha, eu tive uma ideia. Eu posso fazer esses Orcs saírem daqui. Eu corro, chamo atenção deles, enquanto vocês libertam todo mundo, igual como fizemos com o carcereiro. Eu ganho tempo! Mas preciso saber se não vou ver mais deles la fora. Tigrão, tem como você usar seu focinho animal ai? Então, depois que libertarem todo mundo, preciso de um sinal, então eu me rendo. Eles irão me trazer de volta e ai todo mundo cai matando. Dependo de vocês pra salvar minha pele, olha lá! - - Disse Evan.

- Obrigado Evan, é um nobre sacrifício, muito bravo de sua parte, mas tudo que isso vai fazer é te matar, e talvez matar todos nós... Nós vamos salvar todos os presos, mas primeiro precisamos nos livrar desses desgraçados... Vamos seguir o plano... - Ouço também o plano de Amon e em seguida ele se dispõe de isca. Uma emboscada. Perfeito! E se der certo, iremos precisar desarmar eles e salvaremos quem mais estiver nas celas. Acho que me adaptei rápido. Saber onde estão as pessoas ao meu redor, e isso é mais estranho ainda. Mais outra pontada de dor de cabeça. Pense menos, Camir.

- Não esqueça de desarmá-los na primeira oportunidade. É sempre bom ter aliados armados. - Aliados... Essa palavra... ela me traz conforto, mas me sinto estranho quanto a isso.

Mas o que eu quero mesmo é enfiar a lamina dessa espada no bucho desses malditos. Vingar a pilha de cadáveres que eu vejo atrás de mim. Algo me diz que eles não mereciam, que eles não deveriam estar aqui.

Nem nós.

________________________________________________________________________
Camir - Meio-Orc
#666666

Características Raciais: Meio-orc:
 



Última edição por Camir em Dom Jan 22, 2017 5:28 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laeriene LaCroix

avatar

Mensagens : 87
Data de inscrição : 13/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Dom Jan 22, 2017 5:26 pm

Laeriene desperta de um sono profundo e desconfortável. Ao observar ao seu redor, apesar da pouca iluminação local seus sentidos é apurado o suficiente para ver cada detalhe daquele lugar imundo e pútrido. Com isso seus medos vêm à tona. Está confinada em uma cela.

Sempre em sua vida fora vista como alguém que não pertence a esse mundo e o medo de ficar confinado em um local assim sempre fora seu maior medo. Medo este que mesmo sem lembrar-se de nada continua tilintando em sua cabeça.

Apesar de estar sozinha, ela sente que sabe-se lá como deveria esta fora da cela com os seus, mesmo sem saber que são. E se for da vontade de Tenebra, ela sairá. Então com sua voz falha grita para estes que ela nem sabe quem é.

- Estou aqui...

________________________________________________________________________


Ficha FHVerso:
 

Ficha Laeriene:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Administrador

avatar

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 10/05/2009
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Dom Jan 22, 2017 7:16 pm

Jasper olha o fosso ao centro da sala e deduz que é o local onde eles se livram dos corpos, o buraco de formato circular assim como a sala é fundo não sendo possível se observar a profundidade, e tem aproximadamente um metro de meio de diâmetro. Ele calcula que é possível descer escorando nas paredes do fosso.

Mas antes de cogitar descer, Evan e Amôn apresentam seus planos de ataque, sendo que Amôn chama para si a atenção dos dois orcs que estavam no corredor.

Os dois partem para cima de Amôn, eles são bem mais rápidos e ágeis que o primeiro orc manco. Na frente, vem o orc que segurava Farai, ele tem em suas mãos um bastão de duas mãos, feito em madeira negra. Atrás dele vem o outro orc que porta um machado orc de tamanho médio.

COMBATE!

Iniciativa: OrcB > Amôn > OrcM > Mikka > Camir > Zadrak
Camir - H0 + 1(surpresa) + 3(d) =  4
Amôn - H0 + 6(d) = 6
Zadrak - H0 + 1(surpresa) + 2(d) = 3
Mikka - H1 + 1(surpresa) + 2(d) = 4
Orc com Bastão -  H2 + 4(d) = 6
Orc com Machado -  H1 + 4(d) = 5


O primeiro orc salta e dispara um ataque contra Amôn que é bem mais alto, ele desce com o bastão nos ombros do humano.

Ataque:
OrcB FdA 3 + 5(d) = 8
Amôn FdD 0 + 5(d) = 5
Resultado: 3 de dano em Amôn.


O bastão atinge o trapézio direito de amôn com força, ele reage e dispara seu ataque contra o mesmo Orc.

Ataque:
Amôn FdA 0 + 5(d) = 5
OrcB FdD 2 + 1(d) = 3
Resultado: 2 de dano no orc.


O golpe atinge o orc, os dois caem para o lado de dentro da sala, enquanto o segundo orc vem e adentra a sala para atacar Amôn.

Ataque:
OrcM FdA 3 + 1(d) = 4
Amôn FdD 0 + 3(d) = 3
Resultado: 1 de dano em Amôn.


O machado faz um corte no antebraço de amôn, mas nada grave para o robusto combatente.

Surgindo das sombras, Mikka ataca o primeiro orc a adentrar na sala, ela tenta agarrá-lo por trás.

Teste de Força:
Mikka F0 + 2(fácil)
Resultado: 1. Sucesso.


Mikka salta das sombras e consegue agarrar o orc utilizando seu próprio bastão. Camir parte para cima do segundo utilizando a sua espada recém-adquirida.

Ataque:
Camir FdA 2 + 2(d) = 4
OrcM FdD 1 + (d) = 5
Resultado: 0 de dano no orc.


A espada resvala no machado orc, soltando faíscas em meio ao combate.

Zadrak aproveita da situação do primeiro orc e ataca com a tocha que segurava.

Ataque:
Zadrak FdA 3 + 5(d) = 8
OrcB FdD 0 + 0(indefeso) = 0
Resultado: 8 de dano no orc.


O golpe é tão forte que mata instantaneamente o orc que estava sendo segurado por Mikka. A tocha se quebra, Mikka e o orc morto são jogados de lado com a força do impacto.

Aproveitando do combate, Evan e Jasper saem do ambiente do volta ao corredor. Os dois vão exatamente a cela onde Lariene se encontra. Assim como os demais ela possui as mesmas vestes sujas e alguns arranhões.

Jasper abre a cela, os demais presos se afastam assustados, alguns se protegem. De alguma maneira, a presença dos orcs mudou o comportamento deles.

Os três saem da cela de volta ao corredor, Evan nota algo que chama-lhe a atenção em Laeriene, a mesma marca do dragão negro, mas desta vez no ombro esquerdo, em um tamanho um pouco menor que a que ele possui na mão.

OFF: Vocês tem até 23/01 às 17:00 para a postagem.

________________________________________________________________________




"Isso é apenas uma máscara. Um símbolo. Quem está por trás dela é que realmente importa."



Última edição por Administrador em Seg Jan 23, 2017 11:58 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.forumeiros.com
Amôn

avatar

Mensagens : 178
Data de inscrição : 15/10/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Seg Jan 23, 2017 12:07 am

Quando Amôn viu os dois orcs correndo em alta velocidade na sua direção, percebeu que que não daria tempo para escapar, então se preparou para impacto, antes que pudesse se defender, Amôn recebeu um golpe de bastão no ombro, sentiu o ombro estralar e grunhiu de dor, mas quase ao mesmo tempo que seu ombro recuava com o impacto a outra mão se dirigia ao rosto de seu agressor, os dois então rolaram para dentro da sala fedida, foi quando o humano estava para se recuperar que o segundo orc atacou com seu machado, por sorte o humano conseguiu defender o rosto com o antebraço, sofrendo um corte não muito profundo no mesmo.

"Argh... Esses orcs covardes vão pagar..."

Agora a o combate estava oficialmente aberto, subitamente aos ataques sofridos por Amôn, Mikka surgia das sobras e agarrava um dos inimigos por trás, Zadrak investia ferozmente e desferia um golpe poderoso o suficiente para matar o orc que estava preso de uma vez só e Camir usava sua espada contra o outro orc, que se defendeu usando sua arma, este foi tempo mais do que suficiente para Amôn se posicionar melhor na batalha, num ponto onde tinha o único inimigo que sobrara na sua mira, em direção ao posso. O humano sorriu de canto quando disparou  tentando desferir um chute com toda a força no peito do inimigo, tinha o objetivo de fazer com que o mesmo caísse no buraco com o impacto, naquele ataque o barbudo descarregava toda a sua fúria e frustração, desde ter acordado sem memórias naquela cela, passando pelos ataques que sofrerá é principalmente pela crueldade com q todos os prisioneiros eram tratados ali, o acúmulo de toda essa cólera resultou no sentimento retumbante de gritar:

- ISSO... É... PELOS MORTOS!!!!!

________________________________________________________________________
Fala: #006600

Amôn - Humano - Careca - Barbudo - Bodybuilder
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mikka

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 07/07/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Seg Jan 23, 2017 10:21 am

Mikka cai de lado com o orc em seus braços, o ataque de Zadrak havia sido efetivo. Ela se levanta batendo a mão nos seus joelhos marcados, embora já estivesse toda suja. Mikka arranca um pedaço de trapo de suas vestes e amarra seus cabelos loiros com um rabo de cavalo de forma bem rápida, como se já fizesse aquilo sempre.

Depois do orc derrubado, ela sentiu a presença de mais uma figura feminina.. Lariene.. Suas espinha esfriou, aquele nome novamente lhe parecia familiar, assim como todos os outros, seriam amigos, família, de onde viriam? Não era tempo disso agora, ainda havia um orc de pé, e Mikka parte pra cima do mesmo com um disparo de socos.

________________________________________________________________________

MIKKA
NÍVEL 3
Half-elf
Esmagadora de Orcs | Atiradora de Elite | Musa dos Anões



xxx:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo 1 - O Despertar
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Dádiva de Amor || Capítulo 29
» Dádiva de Amor || Capítulo 55
» Dádiva de Amor || Capítulo 34
» Razão de Viver || Capítulo (3)
» Dádiva de Amor || Capítulo 38

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
fabricadeherois :: RPG - A Marca :: Roleplay-
Ir para: