InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Capítulo 1 - O Despertar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Jasper

avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 15/01/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Ter Fev 07, 2017 12:18 am

Novamente, o kemono voltou a mostrar o fácil sorriso no rosto. Aqueles orcs estavam mortos finalmente, e há quem diga que, ao aproximar-se de Jasper, poderia ouvir do felino um leve ronronar de satisfação.

Abaixou-se próximo ao orc que atingiu no olho e recuperou sua adaga. Sentiu o cheiro do sangue e ficou enojado, rasgando parte de sua calça para limpar sua arma.

— Se eu tiver que me desfazer de uma parte da calça pra cada vez que sujar minha arma com sangue de orc, vou ficar pelado aqui... — diz o kemono, rindo.

Olhando para os colegas desmaiados, sentiu que era necessário que eles se recuperassem antes de todos seguirem adiante. Olhou para o grupo, e se recostou à parede, esticando uma das patas sobre a perna flexionada e deixando as almofadas felinas no alto.

— Creio que nossos amigos precisem se recuperar antes de seguirmos viagem... ou melhor, todos vocês precisam se recuperar. Proponho que fiquemos aqui por um tempo... — diz o kemono, bocejando

________________________________________________________________________
Fala: #FF6600
Jasper - Kemono (Tigre)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://heroisbrasileiros.forumeiros.com/
Amôn

avatar

Mensagens : 155
Data de inscrição : 15/10/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Ter Fev 07, 2017 12:54 am

Amôn conseguir ouvir seu ouvido zumbir com a pancada levada na orelha, fica desorientado, e num tropeço vai parar de encontro contra a parede, agora sim seu corpo conhecia o limite, então se recostou na parede, e teria morrido, não fossem seus companheiros tão sagazes em derrotar outros 2 inimigos, Laeriene o fazendo de maneira até meio sombria, o que faz o ultimo orc se ajoelhar à seus pés. O humano grandalhão então ficou se recuperando na parede, segurava a espada forte, talvez fosse a confusão da pancada que levera falando, mas pensava apenas em vingar os dois amigos apagados, fazendo o sangue daquele orc jorrar, mas então o poderoso guerreiro dragão vem ao seu encontro, roubando sua atenção:

-Amôn, encontramos e salvamos alguns anões que serviam de escravos nessa mina. Peguei esse martelo para você.

O barbudo Amôn imediatamente muda de humor, parecia que o draconato tinha lido sua mente lhe trazendo o martelo tão desejado pelo homezarrão, ele de pronto larga a espada e segura o martelo com firmeza, manuseando-o com confiança, sentindo o seu peso e balanço, o careca olha para Zadrak, sorri e faz um sinal grato com a cabeça:

- Ha! Muito grato meu amigo, escolheu a arma perfeita! Pode ter certeza, não vou esquecer desse favor... Como estão estes anões? E onde?

O humano então percebe que o dragão se refresca com a bebida dos orcs, e percebe o quanto ele mesmo precisa de um drink, então se junto ao companheiro de batalha, complementando o comentário.

- Concordo que podemos tirar informações desse desgraçado, mesmo que não possamos nos entender... Sempre existe um meio de comunicação eficaz. - Ele dá umas batidinhas com seu martelo na mão. - Laeriene, pergunta pra ele que infernos de lugar é esse... Ou meu martelo vai conhecer sua primeira vitima.

O humano dá goladas pesadas, tentando desviar a mente das dores no corpo.

________________________________________________________________________
Fala: #006600

Amôn - Humano - Careca - Barbudo - Bodybuilder
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laeriene LaCroix

avatar

Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Ter Fev 07, 2017 12:59 am

Laeriene fica surpresa com a reação do orc. Após matar o outro monstro ela se sentiu muito melhor. Estava cansada de ser um peso morto para sua equipe e agora esta no nível deles. Seu novo cajado pode ser tão letal quanto às espadas de seus companheiros.
Mas voltando a reação à criatura repugnante que agora a reverenciava ela concorda com seu amigo dragão e pergunta ao orc ajoelhado.

- Responda ó criatura, quem esta no comando desta mina? Responda as perguntas e fale-me agora ou sofrerá a minha ira e a de meus amigos.

E com seu cajado em mãos, o faz brilhar e seguindo seus pequenos desejos, pretende de maneira mágica fazer seus trajes parecerem limpos e novos como uma roupa digna de uma maga.

________________________________________________________________________


Ficha FHVerso:
 

Ficha Laeriene:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Farai

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 11/08/2015
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Ter Fev 07, 2017 9:29 am

Uma batalha com fim inusitado as mãos de Laeriene. O que ela fez afetou Farai dum jeito que ele não sabe explicar, mas causou um sentimento de oposição, a energia utilizada lhe parecia familiar, como se um dia algo semelhante preencheu seu corpo.

Movimentando os braços ele exclama baixo: - O que é isso!? O que esta acontecendo? - era como se seu corpo sentisse a energia utilizada por Laeriene, porém menos caótica. Então tudo desaparece.

Confuso com o que aconteceu, ele caminha pensativo em quanto alguns começam a beber, outros se recostam para descansar após o confronto e Zadrak tenta intimidar o ork. Farai retorna de seus pensamentos confusos e começa a se dirigir a porta oposta da sala para ver o que há por de traz dela.

Ao caminhar ele observa uma faca que caíra da mesa e se inclina para pega-la, ela poderia ser útil mais a frente.

________________________________________________________________________
Farai
#8B5A00

Código:
[b][color=#8B5A00]Fala Farai[/color][/b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mikka

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 07/07/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Ter Fev 07, 2017 11:43 am

Mikka limpa sua espada num trapo de suas vestes, ela derrubara o maior orc da sala em segundos, se sentia mais hábil, mais forte, e melhor nos combates ao lado de seus parceiros. Ela apenas ouve Zadrak falar, quieta por um instante, pensando no que viria a seguir.

________________________________________________________________________

MIKKA
NÍVEL 3
Half-elf
Esmagadora de Orcs | Atiradora de Elite | Musa dos Anões



xxx:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Administrador

avatar

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 10/05/2009
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Ter Fev 07, 2017 2:04 pm

O orc continua ajoelhado frente a Laeriene, que o intimida com sua mágica.

- Blodarka, Blodarrrrka...

Ele balbucia mais algumas palavras na língua orc, as quais ninguém entende. Ele gesticula e chora, Amôn balança seu martelo violentamente perto do orc que olha assustado para ele.

- Este verme acha que você é Tenebra.

O velho anão adentra a sala, seguido por Farai. Ele se aproxima do orc e grita com ele na mesma língua. Os dois discutem por um tempo.

- Eu vou traduzir o que este aqui sabe…

O orc fala cada palavra pausadamente, seus olhos dançam entre o velho anão e Laeriene. O velho logo a traduz para o grupo que ouve atentamente.

- Ele está dizendo que o mestre deles é um orc poderoso que ganhou da própria mãe noite o poder dos sábios e da magia.

- Valazhar, é seu nome. Ele conquistou essa mina anos atrás utilizando os dons de Tenebra, esmagando seus antigos senhores e roubando para si a mina, o carvão e os escravos.

Eles discutem mais um tempo, o orc amedrontado fica em defesa protegendo o rosto das intimidações do anão, que dispara vários tapas no orc, logo os dois continuam.

- Ele me disse a localização de Valazhar, vamos ter de voltar pela forja e descer mais alguns andares.

- Se forem ficar e lutar, seu amigo felino tem razão quanto a descansarem, mas se quiserem sair esta é a passagem. Vocês encontrarão a entrada cerca de uns 20 minutos por este caminho.

Ele aponta a passagem a qual Farai observa.

- E daí são dois dias indo em direção ao sul seguindo pelo rio até o vilarejo mais próximo… se ele ainda existir… faz muito tempo…

- Meus irmãos ainda não libertaram todos os escravos, não ouvi o sinal, então ainda temos tempo de descansar, voltar a forja e terminar de armar vocês.

Cerca de 40 minutos se passaram, Camir e Evan estão acordados e prontos para o combate, assim como todos os demais do grupo.


Vocês tem atém 08/02 as 13:00 para postar.

________________________________________________________________________




"Isso é apenas uma máscara. Um símbolo. Quem está por trás dela é que realmente importa."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.forumeiros.com
Evan

avatar

Mensagens : 662
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qua Fev 08, 2017 7:42 am

Evan e Laeriene estão no maior amasso quando Mikka abre a porta. Ela olha os dois e diz:


Nem me esperaram.


Ela se une aos dois, mas de repente as duas começam a dar tapas no rosto de Evan. E depois Farai aparece com uma corda, e as duas o pegam para enforcá-lo. Ele não entende nada, só escuta Farai gritar.

Peguem a corda! A corda!

ACORDA!

Evan abre os olhos, vendo Farai tentando acordá-lo. Ele sente o inchaço no rosto e começa a se lembrar. Estavam sobre ataque, o Orc o atacou e depois apagou.

O que aconteceu?

Depois de um breve resumo sobre os anões, o vilão Orc, o fim da batalha e tudo o mais. Sua ganância e teimosia quase o levou a morte, e a de seus amigos. Evan percebe que o grupo está inclinado a ajudar os anões. Olhando para todos na sala, vê que estão todos com armas novas e bonitas. Amôn com um martelo, Mikka com arco e flechas e uma espada, etc. Ele fica um pouco envergonhado de ter caído tão facilmente. Ele não quer que isso aconteça novamente. Por isso, ele fala com um dos anões.

Aí! Tenho a impressão de que vamos ficar por mais um tempo. Você não teria alguma coisa pra mim? Uma espada curta, facas de arremesso ou coisas do tipo? 

Ele olha para Laeriene, com o cajado, e relembrando do que contaram para ele, suspira.

É... eu queria mesmo era ter uma dessas... - falando em duplo sentido.


Última edição por Evan em Qua Fev 08, 2017 10:24 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Amôn

avatar

Mensagens : 155
Data de inscrição : 15/10/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qua Fev 08, 2017 9:10 am

Amôn já estava impaciente quando o viu o orc falando de maneira incompreensível, então parte logo para a intimidação, iria fazer aquele desgraçado aprender a língua comum, mas quando estava para começar a agressão, um dos nobre anões dos quais Zadrak falara, adentrou na sala, junto de Farai e interrompe:

- Este verme acha que você é Tenebra. - Diz o anão se dirigindo a Laeriene.

Amôn para imediatamente e quase sem perceber gesticula com a cabeça em reverência ao recém chegado ser, então passa a observar em silêncio, o pequeno se dispõe a traduzir e discute com o patético orc, o intimida, o bate e retira todas as informações q o grupo precisava. O sábio ferreiro os explicou sobre o chefe dos orcs, um mago chamado Valazhar, que invadiu aquelas terras e as usurpou dos anões, trazendo desgraça é miséria a todos, falou q sabia a localização de tal opressor e deu a opção do grupo fugir para a vila mais próxima ou se juntar com os anões na batalha pela sua liberdade e vingança. O alto e musculoso Amon então se dirige até aquele pequeno ser, novamente prestando respeito e o encarando em seus cansados olhos e diz:

- Nobre artesão, sem seu trabalho nem eu nem meus amigos teríamos chegado até aqui, e eu não teria este martelo, eu, neste momento faço uma promeça ao senhor, que eu, Amôn, vou enfrentar este mago e com esta arma vou esmagar sua cabeça, vou reconquistar suas terras e trazer vingança e justiça para os seus e os meus irmãos de armas, ou morrer tentando. - o humano então se volta para o resto do grupo - Quem vem comigo?

Off: postei do celular, depois arrumo.

Edit: Fiz umas pequenas modificações, nada que afete o roleplay.

________________________________________________________________________
Fala: #006600

Amôn - Humano - Careca - Barbudo - Bodybuilder


Última edição por Amôn em Qua Fev 08, 2017 1:33 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zadrak

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 01/02/2013
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qua Fev 08, 2017 9:35 am

Valazhar

Era esse o nome de quem furtou suas memórias? Grunhiu ao ouvi-lo, imaginando que esse desgraçado merece a muito tempo um reves por parte de seus prisioneiros e escravos. Também ouviu com atenção a explicação do anão sobre as opções desse grupo de desafortunados.

-Eu vou ficar e lutar, velho. Esse Valazhar irá descobrir que nem a sombra da noite de Tenebra, pode protegê-lo de mim.

Rugiu Zadrak, esperando que os outros também concordassem em enfrentar o abjeto.

________________________________________________________________________
#ff3300
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Camir

avatar

Mensagens : 395
Data de inscrição : 06/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qua Fev 08, 2017 11:57 am

Camir acorda de seu desmaio com algumas imagens e dores na cabeça.

Duas silhuetas, uma grande e outra pequena. Fogo, água, luz e verde. Uma dor constante no estomago, depois um uivo feral e, no final, a sobrevivência em pessoa.

Imagens vagas que lhe pareciam familiares, mas quanto mais ele tentava se lembrar, mais elas se tornavam borrões. Jasper conta sobre os acontecimentos antes do nocaute e sobre a proposta dos anões. Ele estava disposto a ajudar os anões, de fato, mas ele olha para seus amigos por um breve momento de silêncio e conclui que ninguém fez a pergunta crucial do motivo real de todos estarem naquele buraco.

Camir levanta de sobressalto, caminha em passos largos em direção ao anão ferreiro mais velho e mostra sua marca no peito direito.

- Anão, sabe o que significa isso?

________________________________________________________________________
Camir - Meio-Orc
#666666

Características Raciais: Meio-orc:
 

Fichas RPG - A Marca
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Farai

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 11/08/2015
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qua Fev 08, 2017 11:58 am

Farai à porta escuta o que parecia que nunca ouviria...

" - ...se quiserem sair esta é a passagem. Vocês encontrarão a entrada cerca de uns 20 minutos por este caminho.

- E daí são dois dias indo em direção ao sul seguindo pelo rio até o vilarejo mais próximo…"


O anão falou algo mais, mas isso foi a única coisa que Farai registrou. Ele olha pro grupo que parece querer ficar e lutar, Faria até entende os motivos, mas lutar por uma terra que não é dele... pensativo ele observa cada um dos companheiros de fuga tentando achar um motivo próprio para ficar.

Então ele lembra de quando Evan e Amôn o carregaram, eles não precisavam ter feito isso, mesmo assim fizeram. Farai também não tem por que lutar, mas decide ficar e ajudar como puder. Então se afasta da porta e ao se aproximar de Laeriene se sente motivado a dizer:

- A Sombra existe por que a Luz brilha mais forte que tudo.

Ele frisa a testa mostrando-se confuso e não entender por que falou isso, abaixa a cabeça e continua andando até onde Evan e Camir estavam.

________________________________________________________________________
Farai
#8B5A00

Código:
[b][color=#8B5A00]Fala Farai[/color][/b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Administrador

avatar

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 10/05/2009
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qua Fev 08, 2017 2:04 pm

Camir indaga o anão sobre a marca. O anão a olha desconfiado, forçando a vista esbranquiçada.

- Nunca vi tal marca… parece élfica… talvez tamuriana, não sei...

Ele se vira para o orc e lhe questiona, o orc responde com poucas palavras.

- Ele me disse que é a marca de Valazhar. Que seu senhor possui a mesma em sua face.

Em um movimento rápido o anão decapita o último dos orcs, com o machado que carregava consigo.

- Este aqui não tem mais utilidade, quanto menos orcs, melhor.

O grupo segue então de volta até a forja, onde o restante também se arma com o equipamento que restara no local. Evan pega para si, uma espada curta e duas adagas de arremesso, os demais vestem os poucos pedaços de armadura que ainda restam.

Durante a caminhada, o anão revela seu nome, Amathal. Ele conta algumas poucas histórias sobre a mina enquanto o grupo se esgueira por alguns túneis, sem a ajuda dele seria impossível não se perder nesse labirinto.O caminho sempre leva para baixo com algumas poucas câmaras, mas muitos corredores.

Um assovio ecoa pela mina, se acumulando em dois e depois em mais quatro.

- O sinal! A rebelião já começou, meu povo e os outros escravos vão atacar os postos onde ficam o restante dos orcs nos andares superiores.

O som de uma corneta é ouvido também, no caminho em frente.

- Vamos pelo caminho onde enfrentaremos guarnições menores… Nós planejamos a rebelião há anos, não tínhamos todos os detalhes planejados… levaríamos pelo menos mais uns dois anos, mas não acredito que tenhamos outra chance de tomar a mina... talvez Tenebra tenha enviado vocês para nos salvar…

O grupo adentra mina abaixo, seguindo por mais alguns corredores, eles saem no mesmo abismo que viram antes, mas agora muitos andares abaixo. Olhando para o alto é possível ver ao longe, pelotões de orcs correndo pelas pontes de madeira, muitos deles são atingidos por flechas, os corpos caem passando perto da beirada do abismo.

O grupo atravessa para o outro lado do abismo, utilizando uma única ponte de madeira, e adentra em mais um túnel. Diferente dos demais, esse túnel possui paredes construídas em pedras regulares, como as de uma construção, o corredor possui paredes e chão planos.

O final da em um grande salão, também construído como se fora um outro lugar.

- Este lugar… ele não devia estar aqui..

Diz Amathal, confuso. O salão circular possui algumas colunas que sustentam o teto que também é revestido de pedras. Dependuradas em cada uma das colunas o grupo vê tochas que iluminam o local, abaixo de cada uma delas há flâmulas vermelhas com um símbolo bordado em dourado, um símbolo bem conhecido do grupo - o dragão circular da marca que possuem.

Do outro lado do saguão, uma imensa porta em madeira negra. De quase 4 metros de altura a porta é dividida em duas de cima a baixo. As maçanetas reluzem como metal semelhante a ouro.

- É aqui. Atrás dessa porta deve estar Valhazar.

Vocês tem atém 09/02 as 13:00 para postar.

________________________________________________________________________




"Isso é apenas uma máscara. Um símbolo. Quem está por trás dela é que realmente importa."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.forumeiros.com
Jasper

avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 15/01/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qua Fev 08, 2017 2:43 pm

Era chegada a hora. A tão esperada hora. Após ouvir o nome de Valhazar, Jasper tentou puxar algo em sua mente, tentando lembrar-se de tal nome. Valazhar... Valazhar..., pensou, sem qualquer avanço. A amnésia era total. Mesmo.

O caminho foi plenamente atordoado, desde os sinais do início que arrepiaram Jasper até os momentos onde o combate estava acima... literalmente.

Entretanto, chegado o final do caminho, o felino se virou rapidamente para o anão Amathal. Inclinou sua cabeça e fez com que suas íris crescessem plenamente, ganhando um olhar involuntário de fofura, mas estando surpreso. Surpreso pela surpresa do anão, que até então os conduzia perfeitamente pelo labirinto.

Na nova sala, Jasper aproximou-se de um dos grandes tecidos, e observou bem a figura: o mesmo dragão que "ostentava" em seu dorso forte e felpudo, coberto pela peça de armadura.

— Essa marca... e se nós tivermos sido marcados por ela... depois de termos sido derrotados? — disse, sem fazer questão de ser ouvido. Tocou o tecido e baixou as orelhas. — A marca da derrota...

Pensar naquela "tatuagem" de dragão em seu peito felpudo como uma marca de derrota deixou Jasper furioso. Com as garras pra fora, o felino rasgou a flâmula, e voltou-se ao grupo.

— Alguém arrombe essa porta. Vamos chegar batendo, seja Valazhar que esteja aí dentro, seja outra pessoa... se é que pode ser chamado de pessoa.

Segurou uma das adagas, e se preparou: assim que a porta fosse aberta e o inimigo se revelasse, lançaria sua adaga da mesma forma que fez contra o orc.

________________________________________________________________________
Fala: #FF6600
Jasper - Kemono (Tigre)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://heroisbrasileiros.forumeiros.com/
Amôn

avatar

Mensagens : 155
Data de inscrição : 15/10/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qui Fev 09, 2017 12:52 am

A rebelião começara, os Anões lutavam pela sua liberdade, aquele labirinto subterrâneo se tornou uma zona de guerra, e o grupo agora se dirigia à "boca do dragão", para derrotar o suposto mago Valazhar e obter finalmente a sua vingança e as respostas das perguntas que vinham se levantando desde o momento do despertar. Amôn apoiava o martelo sobre o ombro e buscava na sua mente algum tipo de concentração prévia ao combate que estava por vir, quando eles chegam de frente à impressionantes portas do suposto esconderijo do lider orc, o barbudo apenas observa o dialogo e se dirige até a porta, então permitindo que seu corpo comece a esquentar, o sangue começar a circular mais rápido e a adrenalina subir.

- Preparem-se, eu vou entrar, fiquem todos juntos, e lutem até o fim... Boa sorte à todos!

Amôn então vai arrombar a porta e caso o líder se encontre lá, vai investir com seu martelo em ataque, servindo no minimo de distração para que o resto do grupo pudesse agir.

________________________________________________________________________
Fala: #006600

Amôn - Humano - Careca - Barbudo - Bodybuilder
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Evan

avatar

Mensagens : 662
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qui Fev 09, 2017 6:27 am

Evan escuta atentamente tudo que o Anão traduz do Orc. Valazhar, marca do dragão no rosto... Estava ficando interessante. Até quando o Anão (Amathal) degola o Orc com seu machado.

DEUSULIVRE! - exclama Evan, arregalando os olhos.

Então, segue com os demais para o que achava ser morte certa. Ele se arma, para não ter problemas como na ultima vez que tentou batalhar com alguém. O trajeto - uma descida - ficava tenso a cada segundo por causa da rebelião. A cada orc que caía do fosso, ele segurava sua espada com mais força. Mas não conseguia tirar algo da cabeça: Valazhar e a marca do dragão. Seria ele quem teria marcado o grupo? Ou ele foi marcado por alguém? Se assim foi, por que não sentira sua presença como a dos demais? 

Quer saber? Dane-se! - pensava o humano falastrão - vamos acabar logo com isso.

Era chegada a hora da batalha. Uma porta imensa os separava do líder daqueles Orcs. E ERA UM MALDITO MAGO! Ao mesmo tempo, lembra-se do resultado de seu ultimo combate. A ultima coisa que queria agora era entrar numa peleja despreparado.


Galera, é o seguinte. Abram essa porta, mas eu vou ficar logo atrás de vocês. Não é medo... Tá legal, eu to com um POUQUIIIIINHO de medo. Mas prefiro entender contra o que estamos lutando. Se esse cara vai estar nos esperando, melhor ter um elemento surpresa...

Evan imaginava que não seria compreendido com isso. Mas ele foi bem sincero. Talvez, estar de frente para a morte tenha causado nele um pouco de seriedade. De qualquer maneira, segurava suas adagas de arremesso com força, pronto para atacar se fosse preciso. Mas, seu plano era observar com mais atenção o ambiente e, provavelmente, o inimigo a frente. Teria ele um ponto fraco?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Zadrak

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 01/02/2013
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qui Fev 09, 2017 11:48 am

O grupo seguia pelo labirinto de cavernas, rumo ao covil de Valazhar. Zadrak pensava no que o orc havia dito sobre a marca. Por que o escravagista usaria a mesma marca de seus prisioneiros em seu rosto? Mais do que nunca se sentiu manipulado, incapaz de controlar o próprio destino.

A rebelião havia se iniciado. O draconato ouviu atentamente Amathal, imaginando se eles realmente não eram enviados dessa deusa. Mas não para liberta-los...ele acreditava mais na ideia de punição, estavam ali para fazer Valazhar pagar com sua vida. Foi então que saíram no mesmo abismo que antes, e Zadrak não teve dúvidas, realmente sentiu que algo os aguardava lá em baixo.

A rebelião parecia atingir seu auge, pela primeira vez torceu para não encontrar orcs no caminho, simplesmente para guardar suas forças e estar apto a enfrentar o maior dos males. E a medida que se aproximavam, ficava claro que o lugar também abrigava uma especie de templo ou tumba.

Observou os símbolos dourados e porta de madeira negra. Atrás dela se encontravam as suas respostas. Zadrak puxou sua espada pronto para o combate.

________________________________________________________________________
#ff3300
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mikka

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 07/07/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qui Fev 09, 2017 12:41 pm

Mikka não tinha tempo para formar opiniões mais, tudo que ela queria era passar por aquela porta e conseguir suas memórias de volta. A rebelião já havia começado, e ela iria guiar aqueles anões para fora da mina. Ela guarda sua espada e puxa uma seta da aljava, esticando o arco ao máximo, assim, quando todos entrassem para o combate ela ficaria por trás mirando a cabeça do inimigo, pronta para aniquilar.

________________________________________________________________________

MIKKA
NÍVEL 3
Half-elf
Esmagadora de Orcs | Atiradora de Elite | Musa dos Anões



xxx:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Camir

avatar

Mensagens : 395
Data de inscrição : 06/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qui Fev 09, 2017 12:44 pm

O grupo para diante da grande porta com os estandartes das macas de dragão. As mesmas marcas gravadas pelo corpo de todo o grupo com exceção do anão. Mas algo não cheirava bem para Camir.

Estava fácil demais. Não havia nenhum orc ou o que for naquele lugar. Nenhuma armadilha de corda. só eles e a porta com acesso ao seu algoz. Camir tambem refletiu que, se Valazhar tinha a mesma marca em seu corpo, ele poderia ser um membro daquele grupo, mas ele não sente a presença dele como sente a presença dos seus companheiros de batalha. Outro ponto é que Valazhar poderia ser o motivo disso tudo.

A cada pensamento que Camir criava, mais sua cabeça doia. Então ele decide pelo mais fácil: Empunhar seu machado em forma de combate e ficar preparado para o que sair de tráz daquela porta.

________________________________________________________________________
Camir - Meio-Orc
#666666

Características Raciais: Meio-orc:
 

Fichas RPG - A Marca
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Administrador

avatar

Mensagens : 1604
Data de inscrição : 10/05/2009
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qui Fev 09, 2017 3:05 pm

O grupo caminha pelo saguão em direção a grande porta, mas ao chegar a metade do caminho um leve tremor os faz parar. Logo sentem mais um e em seguida outro, compassadamente. Os tremores aumentam, o som vem da porta que começa a se abrir.

A luz transpassa a fenda que se abre cada vez mais e ilumina o salão ainda mais que as tochas que permaneciam no local. Da luz é possível ver uma figura gigante como uma sombra que caminha em direção a eles.

Mikka dispara uma flecha, mas a mesma se dissipa no ar deixando apenas uma fumaça púrpura.

Logo a silhueta revela um gigante de 3 metros de altura - um ogre,  ele carrega consigo o que parece ser um trono à sua frente. O grupo então percebe que a voz não vem dele e sim de alguém sentado ao trono que é carregado por mais dois orcs a frente.

Um orc de vestes roxas e douradas em tecido fino e de boa costura, senta-se à vontade no trono que é carregado adentro do salão. Ele traz consigo uma taça dourada e lhe dá uma tragada.

Os orcs e o ogre colocam o trono no chão e logo se afastam e baixam a cabeça, como servidores de seu amo. As passadas do ogre tremem o chão, mesmo os passos pequenos.

O orc se levanta, a expressão maligna toma-lhe a face, onde pode ser vista a marca do dragão em volta do olho. Uma grande cicatriz a corta de cima a baixo, atravessando o olho cego. Os cabelos negro e finos se unem a barba também bem cuidada, se não fosse a pele esverdeada e o focinho seria difícil identificá-lo como orc.

- Espertos e persistentes, ha ha ha…

Ele se porta totalmente diferente dos demais orcs, com pompa e delicadeza. Ele os olha com desprezo e continua.

- O que não posso dizer o mesmo de meus irmãos…

Ele dá mais um trago e joga a taça na cabeça de um dos escravos que apenas sente a pancada da cabeça sem se mover.

- Então, podemos começar ou vocês querem fazer as velhas bravatas de sempre?

Vocês tem atém 10/02 as 14:00 para postar.

________________________________________________________________________




"Isso é apenas uma máscara. Um símbolo. Quem está por trás dela é que realmente importa."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.forumeiros.com
Laeriene LaCroix

avatar

Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qui Fev 09, 2017 9:04 pm

Laeriene ouve as palavras de seu seguidor e a do anão, mas sem prestar  muita atenção no que eles dizem por que algo lateja em sua mente.

Ele pensa que sou Tenebra – Pensa a meio abissal com uma ponta de orgulho e um pouco de medo. Ela sabe da heresia que são essas palavras e sabe que em suas próximas orações ela terá que pedir perdão pela sua reação. E não demora o Orc encontra seu fim nas mãos do anão. Não gosto de Orcs, mas me afeiçoei deste – Pensa ela ao ver a cabeça do Orc rolando no chão.

E não demora até que o momento de descanço chegue e em suas orações ela encomenda a alma de Valazhar para sua criadora, pois não perdoará seus atos e também pede que Wynna fortifique suas magias, pois serão suas armas nessa longa batalha.

Após percorrer todo caminho e encontrar seu antagonista pessoalmente e ouvir suas palavras ela sabe que o combate é certo. Quando a flecha de Mikka desaparece, ela sabe que há magia no local.
Então Laeriene invoca seus poderes para detectar a magia do local

Ó grande Wynna, senhora da magia. Abra meus olhos para toda magia e dai-me a visão do que por ti foste abençoado.  

________________________________________________________________________


Ficha FHVerso:
 

Ficha Laeriene:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jasper

avatar

Mensagens : 1055
Data de inscrição : 15/01/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Qui Fev 09, 2017 11:50 pm

O tremor foi uma surpresa para Jasper, assim como as duas réplicas. As vibrações geradas também chegam aos ouvidos do felino, que abaixa as orelhas para evitar os golpes sonoros.

Recuou com saltos ao ver a chegada dos novos personagens neste teatro dos desmemoriados. Eriçou os pelos do corpo e encarou a criatura que chegava, o monstro de mais de três metros de altura. Mesmo sendo alto, o 1,93m de Jasper não chegava perto daquele ogre.

Pouco depois, os orcs apareceram, levando um terceiro deles, aparentemente mais civilizado, e possivelmente o grande vilão: Valazhar. A marca do dragão em sua cara não restava dúvidas, pois batia perfeitamente com a descrição do anão.

Se aproximou um pouco, e sentiu repulsa àquela imagem. Entretanto, também viu uma oportunidade...

Heh, que bravatas a gente faria? Afinal... até alguns minutos atrás, eu nunca nem havia ouvido falar em você. Aliás, como é seu nome mesmo? Valadão, né?

________________________________________________________________________
Fala: #FF6600
Jasper - Kemono (Tigre)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://heroisbrasileiros.forumeiros.com/
Evan

avatar

Mensagens : 662
Data de inscrição : 08/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Fev 10, 2017 6:17 am

Evan mantém sua posição logo atrás dos outros, seguido por Mikka, que está preparada para usar suas flechas. Os tremores de terra só fazem ele segurar suas adagas com mais força. Até que o responsável por tudo aparece, seguido por um Ogro e mais dois Orcs. Mikka atira suas flechas, mas elas evaporam! Evan dá uma boa olhada para o Orc que conclui ser Valazhar.

É esse aí que é o Valazhar? É ESSE VIADINHO AI? 

O humano falastrão, então, começa a rir! Era o Orc mais bizarro que já tinha visto, todo cheio de pompa.


- Então, podemos começar ou vocês querem fazer as velhas bravatas de sempre? - fala Valazhar.

Não acredito que ainda a pouco estava me borrando de medo pra um orc com alvará de soltura de rabo! - fala para Mikka quem mais estivesse perto - Isso é uma bichona!

Evan não contém a gargalhada! Ele segura os joelhos, se apoiando de tanto rir! Mas tinha um objetivo a mais nisso. Ele AINDA estava segurando suas adagas. Então, quando ninguém mais esperasse, ele arremessaria uma delas em Valazhar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jogoseafins.forumeiros.com/
Zadrak

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 01/02/2013
Aluno Avançado

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Fev 10, 2017 12:46 pm

O chão tremia e a figura grotesca se aproximava, a passos largos porém custosos para um ser daquele porte. Zadrak se pois a encarar o centro do gigante. E a medida que as luzes o iluminavam por completo pode observar aquele que lhe traria respostas meio ao abismo mental que era seu passado.

Não deixou-se intimidar pelo gigante, nem pelo trono ou pompa em seu discurso arrogante. Mas sentiu um leve pesar quando o mesmo propôs um diálogo. Era claro que ele gostaria de vê-lo contar tudo o que sabe. Entretanto não poderia ser tão fácil, nem ao menos podia acreditar em suas palavras sem que uma lâmina estivesse prestes a cortar seu pescoço. Não era confiável aceitar essa proposta, nem mesmo uma opção.

O draconato lançou um olhar severo sobre seu inimigo, ao primeiro sinal irá avançar em sua direção, mas não visando acerta-lo, mas sim um dos orcs que sustentava o trono.

________________________________________________________________________
#ff3300
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mikka

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 07/07/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Fev 10, 2017 1:28 pm

- Poof... - ela vê sua flecha dissipar no ar. - Filho da...- ela suspira, ouvindo o discurso daquele que se conhecia como Valazhar, Mikka o vê lançar a taça na cabeça de seu escravo. Após ouvir o orc falar, Mikka antes de pensar em dizer algo, troca sua fala por um belo ataque efetivo sem mais delongas. Visto que sua flecha não funcionara, ela miraria com sua espada um dos orcs que carregava Valazhar, assim como Zadrak.

________________________________________________________________________

MIKKA
NÍVEL 3
Half-elf
Esmagadora de Orcs | Atiradora de Elite | Musa dos Anões



xxx:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Camir

avatar

Mensagens : 395
Data de inscrição : 06/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   Sex Fev 10, 2017 1:50 pm

Camir finalmente observa o senhor daquele buraco, mas não se impressiona com a aparência dele, mas o ogre é muito mais forte dos que estão no lugar. Camir observa nele um desafio que merece ser vencido. Ele percebe tambem que todos os outros inimigos são submissos ao Valazhar, logo conclui que a aparência dele não deve ser subestimada.

Mas para proteger seus colegas, ele irá adotar a estratégia de distrair o ogre para que ele não ataque o restando do grupo de fuga, se a situação apertar.

________________________________________________________________________
Camir - Meio-Orc
#666666

Características Raciais: Meio-orc:
 

Fichas RPG - A Marca
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - O Despertar   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo 1 - O Despertar
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 7 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Dádiva de Amor || Capítulo 29
» Dádiva de Amor || Capítulo 55
» Dádiva de Amor || Capítulo 34
» Razão de Viver || Capítulo (3)
» Dádiva de Amor || Capítulo 38

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
fabricadeherois :: RPG - A Marca :: Roleplay-
Ir para: