InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 T03E14 - Elemental

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Solar

avatar

Mensagens : 464
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: T03E14 - Elemental   Seg Abr 11, 2016 12:31 am

Chimera Corp., Sala de conferências, 10h34m:

Os acionistas esperam pelo diretor Abrão. Estava ocupado. Além de manter a empresa, o homem agora era apoiador da campanha de Adrian Zimmer, candidato à prefeito de Nova Capital e ferrenho adversário de Bernardo Rodrigues. O homem chegava à passos largos, apressados. Seus dois assistentes, uma mulher alta, loira e de grandes olhos azuis e o outro, negro, forte e de rosto fechado. As portas se abrem. O homem logo se senta em seu lugar. Os acionistas, que se levantaram em primeiro momento, também se sentam.

- E então, Marcelo? Vai nos contar por que decidiu enfiar a Chimera em uma disputa aberta de poder pela cidade? Ou vai nos deixar especulando que você é a nova namorada do Zimmer?

Um dos distintos homens soltara um breve sorriso, que logo se acabara ao notar a face nada contente do diretor. Outros se encaravam, enquanto alguns, descontentes com as piadas, encaravam o senhor Arthur Salles.

- Sabe Arthur, nunca gostei da sua arrogância. Mas vou deixar passar dessa vez. É difícil passar pelo mesmo momento que o seu. Deve ser duro encontrar a própria esposa na cama com um jogador de vôlei, não é? Nossa... Ser trocado por um jogador de vôlei deve ser o fundo do poço. – Ele solta um sorriso em direção ao homem. – Bom, vamos falar sobre negócios, não é?

Neste momento, as janelas do andar se quebram. Uma forte ventania toma conta do local, jogando os acionistas contra a parede. Um homem, de vestes brancas, um ninja, surge em frente ao diretor. Com suas mãos, ele faz o vento o trazer até seus rostos ficarem frente a frente.

- O que você quer, monstro? – Diz Marcelo, um tanto assustado.

- Âncora. – Diz, com um sotaque carregado, com bastante dificuldade.

Ele joga novamente Marcelo contra a parede, desaparecendo logo em seguida.


Instituto Victoria Cardoso, 11h21m:

A reprise do debate do dia anterior passava na TV. Adrian Zimmer contra Bernardo Rodrigues. Roberto a assistia, juntamente com o Doutor Hugo.

- E o Tiago? Como ele tá?

- Ainda em recuperação. Vai levar algum tempo até se recuperar.

- Primeiro ter o sangue sugado por um vampiro, depois ser surrado por feministas. A vida do moleque não tá fácil. Vou visita-lo assim que terminar aqui.

- Ele é um garoto forte. Suporta mais carga que muito aqui.

- E Ana?

- Treinando com Davi, com Dragonesa.

- Ela tem feito um bom trabalho? Porque Granizo de vez em quando me enche o saco pra saber sobre.

- Ela e Fantasma são ótimos professores. Gostaria de saber onde Bruno os conheceu.

- Nem queira saber.

- PUTA MERDA! – Arsenal entra na sala, seguido por Iceberg e Nova, logo atrás. – A cidade sofrendo maior arruaça e você aí vendo reprise de massacre?

- O que houve?

- Bota no canal 5.

O noticiário mostra o que acontecera na Chimera Corp. Salto logo liga o comunicador.

- Sara...

- Mais dois ataques ocorreram ao mesmo tempo.

- Onde?

- Nas casas de Adrian Zimmer e Bernardo Rodrigues. Nenhum ferido, nada levado. Apenas um ataque. As autoridades dizem que eles só entraram e disseram uma palavra: Âncora.

- Âncora? Quer dizer o que essa porra, Bátema?

- Ainda não se sabe. O mais “interessante” foram as formas de arrombamento. Na casa de Zimmer ouve um terremoto que fez cair uma parte da sala de estar. Enquanto na de Bernardo a parede da sala principal fora congelada e destruída. Já na Chimera Corp., os funcionários dizem que as janelas foram “explodidas” por causa do vento.

- Vento, Gelo e Terra. Onde já vimos isso antes?

- Eles voltaram... Mas por que atacar empresários e candidatos à prefeitura?

- Novo hobby? Tédio? Buda mandou?

- Sara, circule o perímetro de todas as áreas atacadas.

- Já estava fazendo isso antes de você mandar, Roberto.

A imagem na TV da sala do diretor mostrava uma área entre os ataques.

- Antigo prédio da Azul Tecnologia. – Tubarão surgira na porta da sala de Roberto.

- Como sabe?

- Andei dando meus pulos por aí. – Diz, dando uma piscadela.

- A Azul Tecnologia foi absorvida pela Chimera Corp. antes de abrir falência, no ano passado. Seus prédios na cidade foram abandonados desde então. Muito provavelmente eles devem estar lá.

- E se não estiverem?

- Não temos tempo de ficar procurando por eles, já que eles podem aprontar mais um ataque. Ou já esqueceu que ainda resta um elemento?

- E o que vamos fazer quando chegarmos lá?

- O que fazemos de melhor toda semana. Salvamos o dia.

- Ótimo plano.

Os cinco saem da sala, apressados. Colocando seus uniformes e seus rádios, eles partem para um dos FHalcões, indo em direção ao prédio abandonado da Azul Tecnologia.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nova

avatar

Mensagens : 407
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Seg Abr 11, 2016 11:00 pm

Nova estava de frente para um painel de vidro, onde ela podia ver Tiago do outro lado, em uma cama de hospital, após horas e horas de operação. De braços cruzados e roupas civis, ela estava ao lado de outros membro do Força Heroica, que logo vão embora, Sara sendo a última, passando a mão no braço dela antes de ir. A garota de cabelos preto permanece ali por mais algum tempo, olhando para o rapaz entubado.

- Não desista, Morfo. - Com a mesma expressão séria, ela descruza os braços, indo embora do lugar.


======


Nova arrumava os seus equipamentos, colocando o cinto e a sua clássica jaqueta roxa com asas douradas atrás, se olhando no espelho. Ela sai do vestiário e rapidamente se encontra com os seus companheiros no caminho através do Instituto, ajustando o comunicador auricular no ouvido.

- Então são aqueles ninjas que já enfrentamos antes? O que fez eles saírem da tocaia deles novamente? Da última vez, eles queriam... Bem... - A moça se lembra de um antigo companheiro, desconversando.

- Levando em consideração o que aconteceu da última vez que nos encontramos com eles, é melhor estarmos preparados para um emboscada. A matriz pode tentar escanear o prédio quando chegarmos lá, câmeras de segurança, qualquer coisa; ou o Arco pode usar as suas flechas-rastreadoras para averiguar os andares.

- Eu também me voluntario a seguir na frente de todos, evitar que mais alguém volte com um projétil no peito como o Tiago.


Ela iria esperar pela resposta de Arco e dos outros, seguindo com qualquer plano que tivessem para ela, enquanto ainda mantendo o seu próprio de seguir como "escudo humano" pros seus companheiros quando adentrarem o prédio abandonado.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.blogspot.com.br/
Arsenal

avatar

Mensagens : 517
Data de inscrição : 05/06/2012
Criador

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Seg Abr 11, 2016 11:40 pm

FHalcão cruzava os céus de Nova Capital  indetectavel para qualquer radar até uma das instalações abandonadas da falida Indústrias Azul, todos os convocados para a missão se preparavam para invadir o prédio atrás de velhos conhecidos do grupo, mas algo incomodava Carlos ja fazia um tempo, os descuidos de Roberto nas últimas missões.

"Será que foi uma boa ideia o Beto ter vindo hoje? Ultimamente ele tem deixado a desejar como líder nas missões, o trabalho de diplomata nosso ta caindo muito melhor pra ele..."

Enquanto o rapaz pensava Nova sujeria um plano de ação para o grupo.

-Minha cota de tiros do mês já ta preenchida, então por mim a Nova ir na frente tudo bem, mas se a coisa ficar braba eu te dou cobertura Nova...

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 

#brancosfedemadanone


Última edição por Arsenal em Qua Abr 13, 2016 9:49 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tubarão

avatar

Mensagens : 345
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Ter Abr 12, 2016 8:31 am

Novamente os candidatos atacados de alguma forma. Deixando uma marca que a Força Heroica foi capaz de identificar. O grupo já havia enfrentado seres com poderes elementais antes. Estariam eles de volta?

Dentro do fhalcão os membros do time discutiam como deveriam agir naquela situação. Ed se propõe a tentar por uma entrada nos fundos, ele havia certo conhecimento do local e não era do tipo sorrateiro.

Algo incomodava o híbrido naquilo tudo, e ele sentia que logo descobriria o que era....

________________________________________________________________________
FICHA Força Heroica:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Solar

avatar

Mensagens : 464
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Ter Abr 12, 2016 12:46 pm

O grupo adentra no local. Ed entra pelos fundos, enquanto Nova e Arsenal entram pela frente do prédio. Arco e Iceberg ficam  o andar de cima, totalmente vazio. Roberto lança uma flecha que se prende no teto. Logo, esta começa a iluminar o lugar, revelando apenas um comodo vazio.

- Sara, tudo limpo aqui em cima.

- Ok, contatando o resto da equipe.

Arsenal, logo atrás de Nova, treme um pouco as mãos. Uma gota de suor pinga de seu rosto, enquanto o rapaz empunha seu bastão de energia.

- Eu tô com um péssimo pressentimento quanto à isso.

- Calma, Carlos. Se eles vierem, vão ter que passar por mim antes.

Os dois caminham. Nova ouve um pequeno barulho na direção mais escura do local, onde havia uma porta. Ela avança contra o suspeito, que consegue se desviar. Apenas um vulto na escuridão.

- Mulher, tu tá maluca? - Pergunta Ed, surgindo das sombras. - Não consegue identificar um sujeito do meu tamanho?

De repente, uma brisa um pouco mais forte passa pelo lugar abandonado. Arsenal monta uma barreira em torno de si.

- Vambora, galera! Entra na redoma! - Gritava o rapaz.

Nova olha para seus pés e para os pés de Ed. Ambos congelados. Passos são ouvidos pelo lugar. Uma onda de ar forte atravessa o portão próximo à Carlos, que sente o impacto e é jogado para frente. Nova soca o chão, quebrando o gelo de seus pés e de Ed, que empunha seu tridente rapidamente. Os três se unem no centro, enquanto notam os inimigos se aproximando.

- Agora é a hora da verdade.

Os dois inimigos surgem. Vento e Gelo. Um por cada entrada.

- Saigo ni, wareware wa ankā, Seiryuu o katto suru kikai o motte imasu.

- Watashi wa sorera o tōketsu shi, jimen ni anata no sakuhin o kuzureru daisukidesu.

Arco e Iceberg ouvem os japoneses conversarem pelos comunicadores dos companheiros. As vozes pareciam baixas demais, mas são identificados facilmente.

- E então Betin, qual vai ser?

- A gente precisa descer de forma furtiva. Não podemos ser…

De repente, um barulho tira a atenção da dupla. Um projétil gigante, como se fosse uma rocha, destrói o chão do local onde os dois estavam. Um homem gigante, de vestes marrons para em frente à Nova. Ela o encara com os olhos cerrados, fechando os punhos. Arco e Iceberg descem, juntando-se aos seus companheiros.

- E o que fazemos agora, destemido líder?

- Você tem alguma dúvida?

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Iceberg

avatar

Mensagens : 701
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Ter Abr 12, 2016 1:34 pm

Iceberg observa seus inimigos tentando escolher qual deles ele atacaria, era uma luta 3x5, então um de nós teria um belo mano a mano. Iceberg achava que seus poderes de gelo ainda eram fracos.

"Certo, esses meus gelos estão parecendo raspadinha, nem parece que pedi mais freezer pra mais gelo quando voltei pro Instituto."

- Gostei da entrada, tentaram um show off ae, uma apresentação, mas não deu. Na escola de herói em matéria de entrada triunfal, quem da aula sou eu!

- Certo Força Heróica, quando eu der o sinal, a gente ataca! - Iceberg olha para Arco. - Ó grande capitão! Por favor, fique recuado ja que sua mira é tão boa que é capaz de você acertar meu olho tentando mirar no grandão ali.

Então, rapidamente Iceberg bate as palmas da mão uma contra a outra e em seguida batem no chão. Essa parte foi ao melhor estilo alquimista, mas a ideia era projetar varias estacas de gelo gigantes em direção ao inimigo, e aproveitar a surpresa desse ataque para partir pra cima do Criocinetico inimigo.

________________________________________________________________________
- Ooooooh! O Garra!


- Pegue o meu Melhor angulo, que tal uma foto de Perfil ?

Código:
[color=#663399] #663399 [/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tubarão

avatar

Mensagens : 345
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Ter Abr 12, 2016 11:22 pm


Os pés ainda doíam um pouco por causa do congelamento, mas nada que Tubarão não resistisse. Os cinco membros da força heroica estavam cara a cara com ninjas elementais. Gelo,Ar e Terra.... faltava o mais letal de todos, o Fogo. Seria prudente acabar logo com esses caras antes que o reforço deles chegasse...

- E o que fazemos agora, destemido líder? Pergunta Ed num tom irônico

- Você tem alguma dúvida?

- Ah sei la, pensei em resolver numa boa, trocar uma ideia sabe... apesar que não entendo porra nenhuma do que eles falam.... vai ser na linguagem do braço mesmo hehehe

O grandalhão da uma olhada para Berg, ele sabia exatamente quem o jovem atacaria, o outro criocinético. Ed aguarda o momento em que seu colega parte para o ataque.

Ele irá se aproveitar dessa deixa para poder fazer sua jogada. Sua fisionomia facilita sua locomoção em lugares umidos, e ele usará seu tridente para quebrar qualquer gelo que estiver em seu caminho, e inclusive quebrar seu adversário.

- A coisa vai esquentar Chilly Willy... resmunga o hibrido

________________________________________________________________________
FICHA Força Heroica:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nova

avatar

Mensagens : 407
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Ter Abr 12, 2016 11:38 pm

Nova, Arsenal e Tubarão foram surpresos pelos dois ninjas, o do vento e do gelo, no andar aonde estavam. Pouco depois, é a chegada do ninja de gelo, seguido dos outros dois companheiros de time, Arco e Iceberg.

A moça de cabelos pretos logo se vira para Carlos ao seu lado, enquanto todos parecem se comunicar rapidamente antes do combate.

- Eu imagino que você não vai ter problemas lutando contra o ninja "ventoso" ali. - Ele faz um gesto com o rosto em direção ao ninja branco, do Vento.

- Certo Força Heróica, quando eu der o sinal, a gente ataca!

Os dois ouvem as palavras de Yuri, mais a frente, e então Nova continua.

- Eu acho que o Arco e o Berg vão contra o de gelo, isso me sobra o Ed e eu contra o grandalhão...


Iceberg começa o ataque imediatamente, e quando a super-moça se vira, Tubarão parte pra cima do ninja de gelo junto com o criocinético, ficando sozinha contra o alto ninja marrom, que estava frente a frente com ela.


- Oh. Acho que somos só eu e você então. - Diz Nova para o inimigo, levantando os punhos.


Sem dizer mais nada, Nova iria partir pra cima do Ninja da maneira que sabe, com socos e chutes, e principalmente, iria tentar tirá-lo do chão e lançá-lo contra as paredes, o chão ou o teto para machucá-lo.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.blogspot.com.br/
Arsenal

avatar

Mensagens : 517
Data de inscrição : 05/06/2012
Criador

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Qua Abr 13, 2016 1:14 am

- Eu imagino que você não vai ter problemas lutando contra o ninja "ventoso" ali.

-Pff, esse ai não vai passar de uma brisa...

Os outros já haviam escolhido seus oponentes, Restando apenas o ninja que representava o elemento do vento.

O grupo ja havia enfrentado os ninjas, mas Carlos havia enfrentado apenas o ninja do fogo, e não tinha a menor ideia da extensão dos poderes do elemental de vento, sua melhor opção era acabar o mais rápido possível com o ele.

-Ai, já pegou o flango e o catupily plo pastel da galera?

Carlos provocava enquanto partia na direção do oponente criando uma barreira em forma de "V" para ficar aerodinâmico contra as rajadas de vento do inimigo, se conseguir chegar perto vai criar um par de tonfas para derrubar o ninja.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 

#brancosfedemadanone
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Solar

avatar

Mensagens : 464
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Qua Abr 13, 2016 3:22 pm

Iceberg bate as palmas de suas mãos contra o chão, desencadeando uma onda de gelo que, logo em seguida, se tornam diversos espinhos de mesmo material. Seiryuu pula para trás. Uma fina camada de gelo se solta de seu corpo. Logo, esta se transforma em diversas pequenas estacas de gelo, que são projetadas contra Yuri.

- Uuuuuuuuuhuuuuuuuuul! - Diz, se esquivando com uma certa facilidade do inimigo. - Vai ter que fazer melhor que isso, Picolino!

Neste momento, um barulho de gelo quebrando é ouvido pelo elemental. Tubarão surge por detrás do inimigo, tentando atingí-lo com o cabo do tridente. O adversário cria uma barreira de gelo rapidamente, protegendo-o do golpe. Ed da alguns passos para trás, enquanto Iceberg avança contra o oponente.

- Berg! Beisebol!

Quando Ed grita, o rapaz cria uma grande esfera de gelo. Seiryuu se arma com seus poderes, mas o projétil não vai em sua direção, mas sim na do companheiro do criocinético, que usa seu tridente para quebrar a esfera no ar. Uma chuva de lascas de gelo cortantes cai sobre Seiryuu, que se desconcentra. Berg aparece à sua frente, atingindo-o com uma rajada de gelo na barriga do inimigo. Tubarão, por sua vez, quebra a barreira criada pelo inimigo e, ainda usando seu tridente, desfere um golpe que o faz cair.

- Ponto pro time da casa!

Nova encara Genbu com cara de poucos amigos. O grandalhão grunhe. A moça parte pra cima do inimigo, desferindo-lhe um golpe no rosto. Este da alguns passos para trás. Ele estala o pescoço, retribuindo o soco da moça. Ela também não sente muito o golpe. Os dois se poem em posição de luta. Sem falar uma palavra, os adversários se põem a lutar novamente. Nova avança com um gancho de direita, sendo segura por Genbu. Ele tenta lhe dar uma cabeçada,mas a moça não acusa o golpe. Ela, por sua vez, chuta o estômago do inimigo com as solas dos pés. Ele a solta rapidamente. Enfurecido, Genbu aplica-lhe um soco que a faz atingir a parede, quebrando-a. Nova cai fora da instalação, no meio da rua, cheia de pessoas. Por sorte, não havia ferido ninguém.

- Esse cara é mais forte do que eu pensei. Parece um elefante com raiva.

Quando termina de retrucar, ela vê seu inimigo avançando. Nova o segura pelo braço, jogando-o de volta ao local de origem. Entretanto, o inimigo consegue colocar sua imensa mão no chão, diminuindo a velocidade, até parar. Ele grunhe mais uma vez. Nova joga o cabelo para trás, pulando em direção ao inimigo, que faz o mesmo. Quando os dois se encontram, desferindo socos nas faces um do outro, só é ouvido um barulho, como um trovão. Janelas próximas se quebram devido ao impacto. Genbu é jogado para dentro do prédio novamente, enquanto Nova se choca contra um poste de luz, causando um pequeno blackout naquela parte do bairro.

Carlos arma uma barreira contra o vento. Ele protege a si mesmo e à Arco, que escolhe suas flechas. O rapaz olha algumas vezes para o líder, que parece manter a calma durante a batalha.

- Tu tá relaxado aí, boss? Quer um café, uma revista, umas novinha?

- Abaixa!

- Abaixar o quê, fi?

Neste momento, Arco lança uma flecha que, se Arsenal não tivesse abaixado a barreira na hora, teria acertado-a. A flecha vai em direção ao vento criado por Byako, parando em frente ao inimigo.

- Anata ga watashitachi no saigo no kaigō ikō, yori orokadearu yōdesu.

- O que esse paunocu falou?

Roberto apenas sorri, apertando um botão de seu arco. Uma onda de eletricidade atinge Byako, que se retorce, caindo no chão.

- Resolvido seu problema?

Neste momento, Byako se levanta novamente. Uma onda de vento começa a se formar. O ninja lança uma rajada de vendo contra os heróis. Arsenal cria uma barreira, um tanto peculiar. Em forma de V, que faz o vento se espalhar, mas lhe da mobilidade para avançar. Arco vem logo atrás dele, preparando mais três flechas.

- Arsenal, cuida da proteção. Vou dar um jeito nesse zé.

Arco lança mais uma flecha elétrica. Desta vez, Byako se protege com uma cortina de vento. Roberto sorri, lançando a segunda. Uma flecha de luz, que cega o oponente instantaneamente. A grande cortina de ar que agredia a dupla começa a se desfazer, dando a oportunidade a Arco de lançar sua terceira flecha, de espuma. Ela prende o inimigo, meio perturbado pela falta momentânea de visão.

- É isso aí, Betinho.

Nova surge novamente no prédio, se juntando a Tubarão e Iceberg. Os três vêem seus inimigos caídos, ou presos, e se juntam à Arsenal e Arco, que param de frente para Byako.

- Agora vamos ver quem está por baixo desse capuz.

Neste momento, uma onda de fogo atravessa o cômodo. Com a aparência de um dragão em chamas, ela desaparece logo em seguida. Parecia um aviso.

- Fogo…

Quando Arco termina de falar, o último ninja elemental, de trajes vermelhos com um símbolo da fênix no peito, desce pelo rombo criado por Genbu. Ele para em frente a Arco. O capuz deste se move, como se estivesse sorrindo.

- Saigo ni, wareware wa kyōsei hiroikku o mitashite imasu. Kore wa, ankā o katto suru jikandesu. - Diz, elevando sua mão e atacando a prisão de Byako com uma rajada de fogo.

O elemental do vento se solta, enquanto os demais companheiros levantam-se novamente. Agora, os quatro elementais cercam o grupo.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tubarão

avatar

Mensagens : 345
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Qua Abr 13, 2016 10:23 pm

Sem muitas dificuldades o time havia vencido o trio de ninjas elementais. Nova havia nocauteado o grandalhão da terra, Tubarão e Iceberg em uma manobra combinada venceram o ninja criocinético, assim como Arco e Arsenal que venceram o elemental do vento.

Tudo parecia muito bom, e até fácil se parar pra pensar, mas como dizem “alegria de pobre” dura pouco, e se esse “pobre” for a Força Heroica, essa alegria passará tão rápido quando a finada Veloz, e foi o que aconteceu.

A ultima peça que faltava para completar o grupo de ninjas elementais. O ninja do fogo!
Ele liberta um de seus companheiros, os outros dois levantam e se juntam ao guerreiro das chamas.
-Ahh era só o que faltava.... Resmunga Ed ao ver o ultimo dos ninjas
Ele segura firmemente seu tridente observando aquele quarteto. Algo no último deles intrigava o rapaz.

O grandalhão sabia que agora as coisas iriam ficar mais difíceis, não que aquele ninja recém chegado fosse mais forte que os demais, mas tava na cara que o primeiro round não passou de um aquecimento...
-E ai galera como vai ser? Acho que eles não vão deixar a gente pegar os mesmos de antes... sussurra Tubarão para seus colegas, prevendo a ação dos inimigos.

________________________________________________________________________
FICHA Força Heroica:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nova

avatar

Mensagens : 407
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Qui Abr 14, 2016 12:25 am

Nova retorna para dentro do prédio, ajeitando a jaqueta no corpo e se reagrupando com o time. Olhando de volta para o buraco na parede e a rua lá fora, onde havia algumas pessoas até pouco tempo atrás, ela comenta:

- Vamos tentar evitar de levar a batalha lá pra fora...


Antes deles desmascararem um dos ninjas, o infamo ninja do fogo aparece mais uma vez, se juntando aos outros, que começam a se levantar. Estava claro que a batalha estava só começando, e aquela era provavelmente a única oportunidade deles bolarem um plano antes do verdadeiro combate.

- E ai galera como vai ser? Acho que eles não vão deixar a gente pegar os mesmos de antes... - Ed sussurra para o grupo perto dele, segurando firmemente seu tridente.

- É, eu acho que não. Se trocarmos para os oponentes certos, poderemos talvez tirar qualquer vantagem que eles possam ter sobre a gente. - Ela responde, olhando diretamente para o quarteto de ninjas mais a frente. - Arse e Berg, vocês dois conseguem segurar o do Fogo ali? Eu não tenho muita vantagem sobre o da Terra, mas talvez o seu tridente tenha, Tuba.

- Você parecia manter a pressão contra o do Vento, Arco.


Nova dá um soco contra a própria mão, dobrando os joelhos e tomando posição de combate novamente, frente ao time.

- ... Vou ver se eu consigo quebrar o gelo. - A moça diz, ficando incerto se ela havia feito o "trocadilho" de propósito ou não.

Ela iria então dar um super-salto em direção ao ninja do Gelo, Seiryuu, usando sua força pra quebrar qualquer parede ou obstrução de gelo e acabar com o ninja na primeira oportunidade.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.blogspot.com.br/
Arsenal

avatar

Mensagens : 517
Data de inscrição : 05/06/2012
Criador

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Qui Abr 14, 2016 12:12 pm

As coisas estavam ficando tensas para a Força Heroica, o ultimo ninja que faltava finalmente apareceu, com um traje similar ao dos outros, mas vermelho e com um símbolo que parecia ser de uma Fenix.

-Já são cinco contra quatro, mais um e já da par pra uma valsa...


O grupo parece não ligar pra piada de Carlos, e realmente aquele não era o melhor momento para piadas, Nova rapidamente sugere uma divisão de oponentes.

- Arse e Berg, vocês dois conseguem segurar o do Fogo ali?


-Gata... Esse ai já ta na vala...

Carlos começa a se concentrar e em seu redor, um brilho azulado leve surge aumentando constantemente até formar uma aura protetora em todo seu corpo, o rapaz se coloca em posição de combate e fala com Yuri.

-Berg, eu tive uma ideia, vamo colocar ele numa panela de pressão, manda todo o gelo que puder nele...

Assim que Yuri atacar, Carlos vai  tentar envolver o inimigo junto com o gelo em uma redoma o mais resistente que puder fazer, esperando o inimigo usar seus poderes para se livrar, deixando a física e a química fazer seu papel.

-E mais uma coisa Berg, toma cuidado porque Pokemon tipo gelo tem desvantagem pra tipo fogo...

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 

#brancosfedemadanone
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Solar

avatar

Mensagens : 464
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Sex Abr 15, 2016 12:25 am

Nova ataca o elemental do gelo, que logo ergue uma barreira em torno de si. Facilmente esta é quebrada, fazendo com que este seja jogado para longe. Seiryuu desaparece por uns segundos, fazendo com que a moça seja cautelosa. Ele surge acima da garota, tentando atacar com uma estaca de gelo. Nova desvia, mas fica presa em uma espécie de armadilha de gelo criada pelo inimigo. De acordo com a força que a heroína colocava nos braços, o gelo que os recobria começava a ceder. O barulho dos estalos poderia ser ouvido até por quem passava pelo lado de fora da instalação.

Quando Nova quebra o gelo que a confinava momentaneamente, logo avança contra Seiryuu, que salta, tentando desviar. Nova o pega pelo pé, girando-o no ar, soltando o inimigo. Este acerta a parede em cheio, enquanto sua adversária avança mais uma vez. Seiryuu congela o chão à sua frente enquanto se concentra, criando uma barreira mais espessa. Nova perde o equilíbrio ao tentar pisar no solo, no entanto, ainda consegue impulso para golpear o ninja. Ela acerta a barreira, rachando-a em duas, mas não encontra seu oponente. O vilão surge atrás dela, golpeando-a nas costas, criando uma crosta de gelo no local golpeado. Seu corpo parecia queimar no local. Seiryuu pula para trás, se colocando em posição de combate novamente, enquanto Nova se recompõe. Neste momento, Seiryuu cria uma espécie de esquife de gelo. Nova põe-se logo a destruí-lo, não encontrando mais ninguém lá.

- Pra onde ele foi?

Genbu avança contra Tubarão, empunhando seu tridente atlante. O gigante de vestes marrons acerta Ed em cheio, que tenta segurar o gigante. O vilão começa a empurrar seu adversário contra a parede. Ed sentia como se estivesse tentando parar um trem desgovernado com as próprias mãos. Era algo desgastante e não muito efetivo. Logo, ele finca seu tridente no chão e, com um impulso atinge o rosto de Genbu com as solas dos pés. Este apenas vira o rosto. Por alguns segundos Genbu permanece parado à frente de Ed, que possuía cara de poucos amigos. Logo, o vilão tenta atacar novamente. Tubarão recua alguns passos, desviando-se de seu inimigo. Enquanto escapa dos golpes do gigante, Ed tenta bolar uma estratégia de ataque. Fugir o combate inteiro não resolveria seu problema.

Ed começa a recuar, chamando a atenção de Genbu. O grandalhão, que parecia saber apenas grunhir, o segue até o cômodo seguinte, destruindo tudo à sua frente. Quando adentra na sala adjacente ao “campo de batalha”, não encontra com o híbrido, dando de cara apenas com meia dúzia de cadeiras e bastante espaço vazio.

- Olha o passarinho! – Grita Ed.

Empunhando seu tridente, o rapaz consegue acertar o ninja no rosto, raspando-o, já que este percebe o ataque. Ed sorri, enquanto vê um corte se abrindo no rosto de Genbu. O sangue escorre por sua bochecha, deixando o inimigo mais furioso. Tubarão se aproveita do momento de fúria do inimigo e começa a ataca-lo em pontos cruciais, como cotovelos, “costas” dos joelhos e tornozelos. Genbu fica vulnerável, até que Ed o golpeia com o cabo do tridente na cabeça, fazendo-o cair novamente.

Arco dá duas cambalhotas, atirando contra o teto logo em seguida. Byako utiliza seus poderes para jogá-lo contra uma parede, mas o diretor é mais rápido, se esquivando. O rapaz lança três flechas comuns contra o elemental do vento, que rechaça com uma cortina de ar. O vilão ri. Roberto parece cansado, devido ao grande desgaste do combate, além do desgaste físico e mental dos últimos dias. Ele continuava lutando, nunca pararia de lutar. Byako se aproxima, criando um pequeno furacão em sua mão direita. Ele o “lança” contra Roberto, que é jogado e se choca contra uma parede. O rapaz coloca a mão na cabeça. O inimigo era extremamente poderoso.

- Sara, me passe todas as informações dos quatro ninjas. Desde a nossa primeira luta.

O rapaz se levanta novamente, lançando mais duas flechas contra o teto. Byako começa a criar um ciclone com as duas mãos. Agora, Roberto lança três flechas especiais contra o chão. Duas destas, uma espécie de gás é exalado, entretanto, Byako o dispersa com uma cortina de ar.

- Anata wa watashitachi o uchi makasu koto ga dekiru to omoimasu ka? Anata wa watashitachi no chūmon o hakai suru koto ga dekiru to omoimasu ka? Ankā wa kon'ya hakai sa remasu. Watashitachiha, tan'naru kodomo-tachi ga Fenikkusu o hakai suru koto wa dekimasen.

- Eu não entendi porra nenhuma do que você disse, mas provavelmente você está enganado.

Roberto aperta um botão em seu Arco que faz um líquido cair das flechas no teto. Logo, Byako cria uma cortina de ar em volta de si para se proteger. Um pouco do líquido começa a corroer o chão. Roberto aperta mais uma vez o botão em seu Arco. Desta vez, mais um pouco do tal gás é disparado, desta vez acertando em cheio o rosto do inimigo, que começa a tossir. Logo, as correntes de ar se desfazem, fazendo com que o inimigo aterrisse no chão, que cede. Arco solta um sorriso, enquanto nota o oponente caído.

Iceberg gira em torno de Suzako, que nada faz. O criocinético começa a criar uma barreira de gelo em volta do inimigo, no entanto, devido ao calor intenso que é emanado pelo corpo do elemental, o gelo começa a derreter.

- Ô fdp! Ajuda eu!

Arsenal começa a criar seu construto para prender Suzako, que nada faz. O vilão coloca sua mão no restante de gelo criado por Yuri, fazendo-o derreter por completo. Suzako olha para os lados. Logo, uma fumaça começa a subir. Era o efeito dos poderes de Suzako com os de Berg. Uma mão é vista encostando no construto criado por Carlos. Logo, uma rachadura é feita. Poucos instantes depois, o receptáculo se quebra, fazendo toda a fumaça sair. Yuri e Carlos são cegados pela fumaça.

- Kono torikku wa watashitoisshoni dōsa shimasen. , Futatabi shōnen-tachi o tameshite mite kudasai. Tabun,-betsu no seikatsu no naka de, watashi wa shirimasen.

- O que esse babaca tá falando? Sabe português não, ow?

Enquanto Carlos retruca, Suzako surge por detrás de Iceberg, golpeando com sua mão flamejante. O herói cai, mas logo cria uma espécie de exoesqueleto em torno de si. Duas luvas, recheadas de espinhos de gelo, são criadas pelo rapaz. Ele avança contra Suzako, golpeando-o, entretanto, munido de mãos flamejantes, o oponente, consegue desviar dos socos desferidos por Yuri e derreter as “mãos de gelo” deste ao mesmo tempo. Arsenal cria uma espécie de metralhadora. Ele dispara alguns projéteis contra o oponente, que os derrete. Os olhos de Suzako, única parte de seu rosto que podia ser vista, transpareciam algo perto do ódio. Carlos parecia reconhecer aquele olhar de algum lugar. Suzako lança uma rajada de fogo contra um distraído Arsenal. Quando este está prestes a ser acertado, uma barreira de gelo se põe em sua frente. Iceberg havia salvo sua vida. Rapidamente, o gelo se torna água. O calor aumenta.

- Berg! Arsenal!

Quando Arco grita, duas flechas são disparadas contra Suzako, que as queima antes de tocarem em seu corpo. Nova surge, tentando golpear o rapaz, que cria uma cortina de fogo. A moça acerta a proteção do inimigo, mas sua mão parece não se queimar. Tubarão tenta um golpe de tridente contra seu oponente, que desvia. Suzako segura o cabo do objeto, mas Ed consegue puxá-lo. A ponta da arma consegue rasgar um pedaço do capuz do inimigo. Ele se vira, enquanto Iceberg e Arsenal se unem aos outros três.

- Você está cercado, Suzako. Se renda, você não tem chance.

- Sabe quanto tempo eu esperei por isso, “Betinho”? Quanto tempo eu esperei pra ficar frente a frente com você e seus minions e te humilhar na frente deles? Força Heroica me fez sofrer mais do que qualquer outra pessoa fez na vida. Está na hora de retribuir o favor.

O homem se vira, retirando o resto de seu capuz, revelando sua verdadeira identidade: Erick, o Solar.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tubarão

avatar

Mensagens : 345
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Sex Abr 15, 2016 10:11 pm

-Tu é grande mas não é dois mané....

Resmunga Ed após nocautear o ninja da terra. O hibrido da uma cusparada ao lado do corpo caído do adversário e em seguida se retira do local...

Não demora muito até que os demais membros do grupo vençam seus adversários, restando apenas Suzako, o ninja do fogo. Arsenal e Iceberg agora contavam com o apoio de Arco, Nova e Tubarão. Num "combo" de ataques, o grupo parecia ter aberto uma grande vantagem sobre o ninja.

É então que Arco toma a frente da situação

- Você está cercado, Suzako. Se renda, você não tem chance.

- Sabe quanto tempo eu esperei por isso, “Betinho”? Quanto tempo eu esperei pra ficar frente a frente com você e seus minions e te humilhar na frente deles? Força Heroica me fez sofrer mais do que qualquer outra pessoa fez na vida. Está na hora de retribuir o favor.

O homem se vira, retirando o resto de seu capuz, revelando sua verdadeira identidade: Erick, o Solar.

Todos ali ficam espantados com a revelação, e principalmente Tubarão que mesmo com seus sentidos aguçados não conseguiu detectar o cheiro do ex colega ou mesmo seu timbre de voz, de alguma forma Erick havia aprendido a se esconder, e aquela revelação, com certeza foi somente por que ele deixou.

De todos ali, talvez Ed era o que mais entendia a fúria de Solar. O dia em que Vic morreu foi um divisor de águas entre o que a Força Heroica era e o que é hoje. Solar havia eliminado uma pessoa como se não fosse nada. Por mais que Espelho fosse um psicopata, ele ao menos merecia ser julgado de alguma forma. Erick apenas o mandou pro inferno mais cedo sem se importar com nada. Isso sem contar o trauma da morte acidental de Destro, o problema com a mãe louca e entra tantas outras coisas ruins... Talvez a Força Heroica tenha realmente sido algo negativo na vida do rapaz, mas e oque foi bom não valeu de nada?

-Cara, eu até te entendo, mas não aprovo nada disso... Acabou, segue a vida... A gente seguiu... O rapaz para por uns segundos, toma fôlego e volta a falar.

-Espero que você não queira fazer com a gente o que fez com o Espelho...

e na boa cara, não seja um cuzão, sério para com essa merda...a gente não tem que terminar isso com mais sangue derramado...pro seu bem!



________________________________________________________________________
FICHA Força Heroica:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nova

avatar

Mensagens : 407
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Sex Abr 15, 2016 11:12 pm

Após o sumiço de Seiryuu, restava agora aparentemente apenas Suzako contra o time do Força Heroica, no que rapidamente todos, incluindo a própria Nova, se juntam para derrubá-lo de uma vez; porém, eles acabam revelando sua identidade, a pessoa a qual a garota não esperava encontrar mais uma vez como um ninja do fogo: Erick Cardoso, o antigo aluno do Instituto, e ex-membro original do time.

- Solar...? - A moça fala em voz alta, com um semblante incrédulo. Ela ouve as palavras do rapaz em silêncio, e logo se pronuncia.


- Erick, eu não sei pelo que você passou, e tudo que teve que aguentar... A raiva, a morte do Destro, a Vic... Mas você não foi o único que sofreu!! - A moça falava, já emocionada. - Eu tive que carregar o caixão dela, assim como você o fez!

- Olha pra você! O que a Vic iria achar disso? Do que você se tornou?! Agir desse jeito não vai trazer ninguém de volta, não vai te trazer paz. Nada do que todo nós fizemos trouxe ninguém de volta! Nenhum de nós queremos ter que carregar outro corpo pra um buraco na terra denovo...! - Ela dá um passo pra frente, olhando-o nos olhos. - Eu não quero ter que te trazer em um caixão prum buraco do lado do túmulo dela.


Nova faz uma pausa, limpando as lágrimas na jaqueta roxa.


- Na verdade, eu nem sei se você é ele mesmo. Se você não é uma "clone" do Conde ou sei lá... Mas se for você mesmo, Solar, se for você aí dentro... Não precisamos fazer isso. Não precisamos lutar. - Ela se junta ao time do Força Heroica novamente, pisando firme. - - De qualquer maneira, não vou deixar você desse jeito. Por você mesmo, e pela Vic.


Ela esperava que Erick escutasse as suas palavras, mas estava preparada caso isso não acontecesse. Iria fazer o possível para acabar com a luta ali mesmo, e sua resistência para proteger os amigos das chamas do jovem loiro como originalmente queria fazer.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.blogspot.com.br/
Arsenal

avatar

Mensagens : 517
Data de inscrição : 05/06/2012
Criador

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Sab Abr 16, 2016 12:17 am

Finalmente três dos ninjas elementais já haviam sido derrotados, só restava o último, Suzaku, que Carlos e Yuri não deram conta de derrotar sozinhos e agora estava cercado por todos os heróis da missão. O olhar do ninja era familiar para Carlos.

-Uuuuuh,agora você tá cercado, Vira a bundinha.


O ninja estranhamente começa a falar em português, a voz dele também era familiar, mas Carlos não consegue liga-la para uma pessoa conhecida, mas o mistério durou pouco, o ninja remove seu capuz rasgado revelando sua identidade.


-Solar?


Era nítido que todos ali não queriam mais lutar contra Erick, Carlos não conseguia pronunciar sequer uma palavra, Tubarão tenta convencer o rapaz a parar com aquilo, junto com Nova aos prantos, toda a situação faz o nó na garganta de Carlos se desfazer.


-Você pode ser o Solar que fez parte da nossa família, pode achar que é nossa culpa as coisas ruins que aconteceram contigo mas se você cumprir a sua ameaça e tentar tocar em qualquer um aqui, eu mesmo vou tratar de dar conta de você!


Se Solar tentar atacar o grupo, Carlos vai criar uma proteção para todos.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 

#brancosfedemadanone
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Solar

avatar

Mensagens : 464
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   Dom Abr 17, 2016 2:14 am

Lá estavam eles. Os cinco de frente para um ex-companheiro. Um amigo. Erick, que resistia há tempos contra as tentações de seu lado obscuro, finalmente cedera. Após os acontecimentos que levaram à morte de sua irmã, o rapaz não resistira aos seus sentimentos mais sombrios e a linha tênue que o dividia entre razão e insanidade finalmente se rompeu. Hoje o rapaz olha seus antigos companheiros como meros inimigos, alvos que pretende eliminar, para finalmente cortar a “âncora”.

Iceberg estala os dedos. Estava cansado das falácias de Erick. Tubarão discursa para o ex-amigo. O rapaz parece se incomodar com as palavras de Ed, fazendo cara de poucos amigos. Logo, Nova impõe um discurso emocionado para o rapaz, que mesmo assim não titubeia. Arco apenas olhava-o fixamente. Seu rosto estava fechado, parecia com raiva, ódio de Erick. O oponente era recíproco. Desta vez é Arsenal que toma a palavra. Seu tom era mais áspero, seu discurso soava mais como ameaça. Erick sorri. O rapaz dá um passo à frente, queria enfrenta-los o mais rápido possível, queria acabar com a agonia que sentia desde que saíra do instituto, desde a morte de Vic. Espelho não foi suficiente para apaziguar sua dor, nem mesmo a derrota de Hades. Só encontrou a verdadeira paz com seu mestre e os elementais. Mas para completar seus ensinamentos, precisava cortar a “âncora”. Destruir a corrente que o liga ao seu antigo mundo.

- Muito bem. Eu já falei, vocês já falaram. Vamos começar os trabalhos?

- Erick...

Arco coloca a mão à frente de Nova e dá um passo à frente. Ele se arma com seu arco e flechas e começa a falar.

- Ele não vai escutar nenhum de vocês. Está cego por um ódio irracional, sofreu lavagem cerebral daqueles ninjas de merda. Ele vai lutar conosco até a morte. Só nos resta saber de quem.

Iceberg, cansado da conversa entre seu inimigo e os outros, avança contra Erick. Nunca fora chegado com a cara do rapaz, desde os tempos de Força Heroica. Hoje sua desconfiança quanto ao oponente é justificada. Ele cria suas famosas luvas de gelo contra o rapaz. Yuri desfere socos contra Solar, que dá alguns passos para trás, se desviando deles. Erick parecia entediado.

- Sério que isso é tudo que pode fazer, moleque?

O rapaz continua desviando com facilidade das investidas do criocinético, que começa a cansar. Foram diversas lutas até chegarem aqui, era normal. Um Iceberg ofegante observa as mãos do inimigo começarem a inflamar. Erick sorri, golpeando Yuri na barriga. Suas mãos flamejantes acertam um bloco de gelo criado por Iceberg, que acabara de o criar. Erick olha nos olhos de Yuri e então lança uma poderosa rajada de fogo contra este. O jovem é jogado longe, mas não se queima por criar uma espécie de armadura de gelo a tempo. Ele se choca contra a parede, completamente molhado.

- Quem é o próximo? – Diz, dando de ombros.

Arco prepara suas flechas. Três especiais. Nova retira sua jaqueta, estalando os dedos, enquanto Arsenal começa a criar uma barreira em torno de si e Roberto. Tubarão parece bufar. Seus olhos se cerram, enquanto o rapaz fecha os punhos. Empunhando seu tridente, ele voa em direção ao inimigo. Suzako lança uma onda de fogo contra Ed. O rapaz coloca seu tridente na frente, se protegendo. O calor é intenso, fazendo com que as guelras se contraiam por um instante. Ed fraqueja por um momento, sentindo o forte cheiro de queimado vindo dos lados.

- Desiste logo, Ed! Você sabe que não pode me deter!

- Eu sei... Mas ela pode!

Assim que Ed termina de falar, Nova soca o rosto de Erick, que voa longe. Logo, o rapaz se estabiliza com suas rajadas flamejantes. Sangrando e com o olho roxo, a raiva de Erick pelos seus ex-companheiros só aumentava.

- Essa é sua arma secreta? – Diz, cuspindo sangue.

- Não, imbecil! Eu sou!

Arco surge por detrás de Erick, lançando duas flechas especiais no chão. Elas lançam uma onda de choque sobre o flamejante, que fica imóvel, sentindo as ondas de choque.

- Agora fica quietinho pra gente gostar mais de você.

Erick sorri, ainda tremendo. Seus braços e pernas começam a entrar em chamas. O calor começa a derreter as flechas de Roberto, que dá alguns passos para trás. Ele prepara mais duas flechas, atirando contra o inimigo. Atordoante e de espuma. Erick as queima antes que estas o encostem.

- Você era a arma secreta do grupo? Você só me decepciona, sabia? O grande Arco, Roberto Ferreira, salvador do Instituto. E ainda virou diretor?

Enquanto Erick fala, Roberto começa a dar alguns passos para trás. Ele olha o antigo amigo fixamente, com um rosto de poucos amigos. Roberto olha para os lados rapidamente.

- Como você tem se saído? Sem apoio, sem alunos, sem reputação. Realmente você é um ótimo diretor, não? – Erick para por alguns segundos. – Sabe de uma coisa? Eu acho que você deveria ser destronado. Que tal colocar aquele moleque que você adotou? – Suzako olha para o rosto fixo de Roberto e sorri. – O quê? Acha que eu não sei o que vocês fazem naquele lugar? Seu Arco está quebrado.

Nova surge, acertando Erick novamente. Seu rosto não é nada agradável.

- Eu já estou cansado de você, Nova.

O corpo de Suzako entra em chamas, enquanto ele grita de ódio. Uma fênix surge em suas costas. O rapaz lança uma grande rajada de fogo contra Nova, que consegue desviar por pouco. O fogo destrói o resto do teto do andar, que faz cair o resto. Arsenal protege a si mesmo e a Iceberg, que começa a despertar. Nova pega Arco, enquanto Tubarão enfrenta Suzako novamente.

- Erick, acorda! Sai dessa vibe maluca que você tá!

- Ed, cala a porra da boca!

Erick ataca o híbrido com socos flamejantes. Ed escapa e, agarrando o inimigo, o joga pra fora da instalação.

- Eu estou cansado de você! Cansado do Roberto! Cansado da Fabricadora! Cansado de todos vocês!

Erick soca o rosto de Ed, com suas mãos flamejantes. Arsenal chega, atacando com uma saraivada de tiros, utilizando seus projéteis. O fogo que emanava das costas de Suzako impede que seja acertado. Neste mesmo instante, Nova avança contra Erick, mas é impedida por Seiryuu, que surge novamente, congelando as pernas da moça. Nova cai, criando um forte baque, fazendo uma pequena cratera no chão. Seiryuu para em frente à moça, pronta para atacar. Neste instante, Arsenal a golpeia com um bastão de energia. Ele estende a mão à amiga, levantando-a. Seiryuu tenta devolver o golpe, mas Nova investe contra ela. Um golpe em cheio no tórax de Seiryuu faz com que este seja jogado alguns metros longe. Arsenal prende o inimigo em uma bolha de energia, que tenta escapar sem sucesso.

Arco aponta sua flecha para Suzako, que ainda lutava contra Tubarão. Roberto lança um projétil, sendo segurado por Erick, com a mão esquerda. Um espirro de gás é jogado contra o rosto do inimigo, que começa a tossir. Erick, com raiva, soca o chão, gerando uma onda flamejante para todos os lados. Já um tanto avariado pelos golpes que recebera de seus antigos amigos, um ofegante Erick se levanta, avançando contra a bolha criada em volta de Seiryuu. Ele coloca a mão flamejante sobre a bolha, quebrando-a e libertando seu companheiro.

- Vocês acham que isso acabou? Nós vamos derrotar todos vocês. Eu vou queimar seus corpos até que sobrem só as cinzas e quando acabar com todos, eu vou pessoalmente ao inferno resgatar suas almas e trazê-las de volta só pra destroçar novamente.

- Sabe qual o seu problema, Erick? – Arco sorri momentaneamente, antes de fechar o semblante novamente. – Depois de todos esses anos você ainda não aprendeu: Sempre tenha um plano de Fuga.

De repente, um vulto surge, fazendo com que Seiryuu desaparecer. Erick entra em chamas de volta, mas logo é “raptado”, assim como seu companheiro. Nova recolhe o combalido Tubarão, enquanto Arco dá um toque no seu ouvido.

- Sara, traga o FHalcão. Vamos nos retirar.


Instituto Victoria Cardoso, aquela mesma noite:

Arco ouve de sua sala. Seus companheiros discutem sobre a traição de Solar. Nova é a mais exaltada, chegando até a golpear a parede, deixando um rombo. Tubarão e Flor do Luar se questionam sobre a posição de Roberto sobre o assunto, que ouve, mas não reage. Entre eles estava Fuga, convidado por Roberto para ser o elemento surpresa do grupo na luta. O rapaz também da sua opinião, embora mais contido. Os demais, cansados demais para discorrer sobre o assunto, se mantém alheios. Roberto apenas se senta em frente à uma janela, abrindo sua gaveta trancada e bebendo um copo de uísque.


Algum lugar nos limites da cidade:

Suzako e Seiryuu estão parados, de frente para o céu estrelado da noite.

- Você disse que iríamos encontra-lo. Disse que seu plano daria certo, Erick. – O capuz é tirado, revelando um rosto feminino jovem. O rosto de uma garota japonesa.

- Não se preocupe, Kaede. Eu nunca quebrei uma promessa, não é agora que vou fazê-lo. Vamos encontra-lo mais cedo ou mais tarde.

Continua no próximo episódio...

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: T03E14 - Elemental   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
T03E14 - Elemental
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Casa Real Silvaris de Dortheryn

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
fabricadeherois :: Força Heroica :: 3ª Temporada-
Ir para: