InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 T03E02 - Candidato

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Solar

avatar

Mensagens : 464
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: T03E02 - Candidato   Dom Dez 13, 2015 11:46 pm

Nova Capital, 20h38:

Um homem, de terno e gravatas azuis marinhos, cabelos negros, molhados por conta da chuva, entra em seu apartamento. Retira os sapatos, guarda seu guarda-chuva molhado em um cabide, parece não se importar. Jogar seu paletó em qualquer lugar da casa, mas deixa a valise em sua mão cuidadosamente em cima da mesinha de cristal na sala de estar. O homem se dirige ao banheiro, não antes de ligar o som bem alto.


Era quase um ritual. Sempre que voltava do trabalho, tomava uma das pílulas que tinha guardadas no armário acima da pia. Daqueles pequenos armários com espelho na frente. Na cestinha, um jornal, provavelmente do dia anterior. A manchete dizia: “Batalha de titãs pela prefeitura”. Na foto de capa, Bernardo Rodrigues, dono da maior empresa de energia do país, contra Adrian Zimmer, idealista político, queridinho da mídia. Um playboy contra um idealista. Antagonistas em tudo, até mesmo na questão dos super-humanos.

O homem abre o armário para pegar um frasco, aquele com as pílulas, mas quando o fecha, sente uma grande pressão na nuca. Ele mexe a boca, como se tentasse puxar ar. Dá uns passos para trás, temendo. Suas mãos não paravam, mesmo se ele quisesse. Consegue alcançar seu pescoço, quando sente seu dedo indicador furar. Uma flecha. Uma flecha direto em sua garganta. A imagem de seu quarto vai escurecendo rapidamente, enquanto seus ouvidos falham. A última coisa que consegue ouvir antes de cair inerte no chão: “My Way”.


Instituto Victória Cardoso, 10h07:

Com Arco fora da equipe, cabia à Flor do Luar estar no comando do Instituto, trabalho este que ela dividia com os outros 4 membros originais da equipe. Estavam todos ali, sentados na mesa de conferências. Um lugar que já possuiu 24 lugares ocupados, hoje tendo menos da metade disso de membros.

- Cara, por que vocês chamaram a gente às 10 da madrugada? – Perguntava Yuri, ainda convalescendo da missão anterior.

- Porque nós temos uma missão, bocudo. – Respondia Ana, enquanto Matriz colocava-a na tela.

Os dados são de um homem chamado Gabriel Valverde, relações públicas da campanha de Bernardo Rodrigues à prefeitura de Nova Capital. Dados sobre moradia, família, trabalho (Atual e antigos), prováveis desafetos, dentre outros, são colocados na tela também.

- Tá, mas por que você quer que a gente se envolva nisso?  – Pergunta Morfo.

- Porque isso tem a ver com todos vocês.

Uma figura surge pela porta. Rainer Felipe, ex-tenente da PEGASUS, atualmente trabalhando no setor privado, mais precisamente, como chefe da segurança de Bernardo. Ele joga algumas pastas na mesa, com dados de todas as pessoas relacionadas à campanha de seu empregador.

- Eu ainda não entendi o que isso tem a ver conosco. – Pergunta o jovem Davi, olhando atentamente a ficha do recém-falecido.

- Ontem, o senhor Valverde foi assassinado em seu próprio apartamento, por uma flecha na nuca, que atravessou a janela de seu banheiro.

Os olhares dos presentes permanecem confusos quanto à grande quantidade de informação despejada por Rainer.

- Ainda não entendi o que isso tem a ver com a gente, ô cabelo de porco-espinho. – Indaga Tubarão.

- O apartamento de onde a flecha foi lançada, foi pago em espécie e no nome de Roberto Ferreira. – Diz, percebendo o rosto de espanto de todos ali. – E não é só isso. Houveram mais dois ataques à membros da campanha do meu... – O rapaz demora algum tempo para terminar, ficando nítido o incômodo ao tratar seu empregador por essa palavra. - ...chefe. Alguns dias antes, um dos secretários de campanha dele foi encontrado morto com os ossos, pode parecer estranho, esmigalhados. Antes, um dos chefes da segurança teve 70% do seu corpo queimado e não resistiu. Um dos tesoureiros da campanha foi atacado, faz 3 semanas, pelo seu próprio faqueiro de prata. Coisas muito estranhas, pra falar a verdade.

O silêncio toma conta da sala mais uma vez. Diego olha para os lados, sem ver nenhuma reação, então levanta a voz:

- E como ninguém noticiou isso?

- Bem... – Rainer solta um pigarro. – Eu ainda possuo alguns contatos da minha época com os militares. Consegui que não vazassem essas histórias, mas é uma questão de tempo até que a imprensa comece a cavar mais a fundo tudo isso e descubra a verdade. E, consequentemente, isso vai acabar sobrando pra vocês.

- Você sabe que tão tentando incriminar a gente, né? – Pergunta Arsenal, levantando da cadeira.

- Eu sei, por isso que eu vim aqui hoje. Preciso da ajuda de vocês.

- Como?

- Duas horas depois do acontecido de ontem, um dos computadores da campanha foi hackeado, mostrando só uma mensagem. – Na tela aparece a mensagem “Estou me convidando para sua festa”. – Enfim, eu posso colocar 4 de vocês como seguranças pessoais do senhor Rodrigues, mais dois como um casal de convidados. O resto, junto com uma equipe da minha confiança, vigiariam o lado de fora da mansão.

Rainer olha para os 8 ali. Não parecia muito confortável em pedir a ajuda daqueles garotos, mas sabia que era a única cartada que tinha no momento.

- E então, como vai ser?


Obs: O post de cada um será confirmando em qual grupo irá ficar, além de traçar o plano de contingência, caso o(s) assassino(s) apareça(m).

Obs 2: Arco não jogará essa rodada com vocês. O personagem, junto do Doutor, estará em uma conferência fora de NC.

Obs 3: Caso o número de jogadores seja maior que o número de vagas disponível em um determinado grupo, eu vou escolher quem vai pra onde. Então escolham sabiamente.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 


Última edição por Solar em Seg Dez 14, 2015 9:17 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Flor do Luar

avatar

Mensagens : 224
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Seg Dez 14, 2015 2:45 am

Com a viagem de Arco, eu havia ficado no comando do Instituto. Eu dividia aquela função naquele momento com os outros 4 membros mais antigos do time, Nova, Arsenal, Impacto e Tubarão, mas a palavra final ainda era minha.

Com a chegada de Rainer e seus relatos, ficava evidente uma conspiração com o Beto, ou alguém passando por ele, no meio daquilo. Ele andava muito estranho e essa viagem repentina também na ajudava, mas eu confiava nele, apesar de tudo, e sabia que ele não tinha nada a ver com isso.

Com o plano de Rainer apresentado, precisávamos nos decidir sobre a função que cada um de os teríamos na festa.

- E então, como vai ser? - perguntou Rainer.

Eu queria muito ficar como segurança e ficar bem pertinho do Bernardo. Se Deus foi responsável por algum coisa na criação do homem, naquele la ele dedicou muito do tempo dele. Multiplica, senhor! Sobre a formação dos grupos, Nova não podia ir como parte do casal. Adoro ela mas, convenhamos, mesmo com os meus ensinamentos, ela ainda não tava pronta pra encarar a alta sociedade num vestido longo. Impacto era o mais bonitinho dos meninos. Parecia a escolha certa. Arsenal também seria uma boa escolha, mas se fizesse isso o grupo dos seguranças corria o risco de ficar sem escudo pro grupo em caso de necessidade.

Olhei a redor da sala e tomei a frente.

- Formarei o casal com o Impacto. - disse, enquanto notava um sorriso de canto de boca nele. Vao acabar fazendo um B.O. comigo por roubo de corações. - Criarei um elo telepático pra gente, dai a gente pode se comunicar sem os comunicadores, mas mantenham-os equipados caso algo de errado. - disse, lembrando que nossos elos telepáticos sempre acabavam quebrados em algum momento, dai era melhor manter os comunicadores como segunda opção caso algo ocorresse.

- Nova, Arsenal, Iceberg e Morfo irão como os seguranças do Bernardo. - disse, fazendo uma pausa em seguida. - Morfo e Nova vão de linha de frente. Se aparecer uma parede na sua frente, passa por cima. - parei, ponderei e olhei pra Nova enquanto ela me encarava com um olhar duvidoso. - não literalmente, ta, more? Sem derrubar ou quebrar nada a menos que seja necessário. - esclareci - Iceberg, e Morfo, cuidam da defesa. Protejam Bernardo e a si mesmos com seus escudos e barreiras, mas também fiquem prontos caso precisem batalhar. Tentem ficar sempre próximos do Bernardo, porem.

Me sobravam Tubarão e Espectro. Espectro era um garoto de 14 anos. Nao havia a possibilidade dele entrar como segurança nem como parte do casal. O Ed era um fofo comigo e a presença dele era mais agradável que a do Berg com o seu humor infantil, mas sua aparência assustaria qualquer um na festa. A melhor opção seria mante-los juntos com a equipe de Rainer.

- Tubarão, e Espectro, vocês acompanham a equipe do Rainer. Espectro, prepara pra usar sua percepção extra-sensorial. Se tem alguma coisa errada, você eh o responsável por descobrir e nos avisar. Tubarão, forca bruta se necessária.Sobre o plano de contingencia, aceitos sugestões, mas sugiro que a gente se reúna o mais rápido possível caso os assassinos apareçam. Nao vamos correr o risco de ficarmos sozinhos para acontecer como a ultima missão e nem deixar o Bernardo desprotegido. Finalizei, esperando que os demais se manifestassem.


________________________________________________________________________
FICHA Força Heroica:
 


IMAGEM:
 


- Não sou bonitinha. Sou linda de morrer.

Enerjoule//Flor do Luar//Maresia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tubarão

avatar

Mensagens : 345
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Seg Dez 14, 2015 9:21 pm

Os membros da Força Heróica pareciam surpresos com os relatos de Rainer, sobre os últimos fatos ocorridos....

Primeiro deus e o mundo se junta pra falar mal da gente na mídia, depois aquele fiasco que foi o “retorno da velha banda” e agora essa? Na boa querem fuder com a gente com areia e tudo, e nem se quer deram um beijinho... A cada dia  que passa me pergunto se fiz certo em ter voltado....

Pensava Ed enquanto Rainer e os membros da equipe falavam sobre os últimos atentados que os funcionários de Bernardo Rodrigues sofreram.
Essa também não seria uma missão fácil, alias qual era? A equipe ainda estava cabisbaixa dês da ultima derrota, mas agora pelo menos todos sabiam que havia alguém por trás tramando algo, e isso de certa forma os unia.

Ana era a líder da vez, parecia confiante, ela da uma breve olhada para os membros  do grupo e rapidamente toma a frente.  Ed tinha plena convicção de que a garota poderia fazer um ótimo trabalho. Em outra época  não aceitaria tão fácil “ o rostinho bonito da equipe” dando ordens, mas em seus últimos meses, viu uma poderosa fêmea comandar tropas atlantes como uma verdadeira líder. Bela, mas ao mesmo tempo poderosa, e conseguia equilibrar isso muito bem. Flor de Luar não era tão diferente assim.

A moça faz as divisões de forma bastante coesa: Primeiro monta o casal, em seguida cria a linha de defesa para Bernardo e por último mas não menos importante, os “barrados no baile”. Uma decisão óbvia e correta.

-Ê vida difícil....Bom , pelo menos tragam alguma coxinha e um guaraná pra gente lá fora beleza?  E pode ficar tranquilo novato, Dessa vez eu te protejo la fora hahahDiz Tubarão dando um tapinha nas costas de Espectro.  Naquele momento Ed sentiu algo estranho, não soube explicar, parecia familiar, mas ao mesmo tempo não era.  Sem entender o grandalhão apenas ignora e volta a se concentrar no plano.

________________________________________________________________________
FICHA Força Heroica:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arsenal

avatar

Mensagens : 517
Data de inscrição : 05/06/2012
Criador

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Seg Dez 14, 2015 9:47 pm

Rainer deu a palavra para o Grupo, e todos esperaram a líder temporária Anna dar a resposta, que rapidamente faz as divisões dos grupos, Arsenal ficaria responsável pela segurança de Bernardo, ele não poderia pensar em uma posição melhor para a missão, mas uma parte do plano o deixou em desespero.

“-Ah não, elo mental não, já não basta eu achar que a Anna fica sondando a mente de todo mundo, agora todo mundo vai ficar na minha mente? É melhor eu tomar muito cuidado com o que eu vou pensar...” – Arsenal não tinha segredos com seus companheiros de Força Heroica, mas seus pensamentos aleatórios poderiam ser traiçoeiros e fazer ele passar vergonha na frente do Grupo.” – Já sei, preciso de uma palavra chave pra evitar esses pensamentos, tipo... abobrinha, sim essa é boa.”


- Olha pessoal, a gente faz o seguinte.-
Disse voltado para Nova, Yuri e Tiago – Eu vou ficar mais próximo do Bernardo, eu sei que vocês sabem se defender muito bem, então a qualquer sinal de problema meu foco vai ser em proteger Bernardo, se a coisa ficar preta pro lado de vocês eu vou tentar dar apoio a distancia.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 

#brancosfedemadanone
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Espectro

avatar

Mensagens : 1130
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Seg Dez 14, 2015 9:59 pm

Davi nunca conheceu verdadeiramente o sentido de rotina. Quando não estava viajando de cidade em cidade com sua mãe dormindo em moteis de beira de estrada e casas que os acolhiam, estava em alguma comunidade ou instituição religiosa por alguns meses, aprendendo e seguindo a rotina que seguiam. Agora sua vida no instituto ganhava uma rotina rigorosa, mas não havia sido imposta por ninguém ali. Sua sede por tentar entender e aprender mais sobre os seus poderes que o motivou.

Às 5 horas da manhã ele já estava de pé, terminando o décimo livro que começara a ler na biblioteca do Instituto. Às 6 horas tomava um café rápido, preparado por ele mesmo, antes de ir para a sala de treinamento para praticar sozinho com seu bastão. Treinou por uma hora, descansou um pouco, e foi para a academia, mas ficou somente na esteira, correndo. Tomou um banho e às 9 horas em ponto estava debaixo de uma macieira na frente do instituto, de onde avistava um gamado verde, um caminho de pedra e ia do portão até a porta de entrada do casarão, passando pela estátua de uma jovem moça, a quem emprestava o nome para o Instituto. Sentou-se na posição típica de meditação, fitou a estátua da jovem Victória Cardoso e com um semblante de pesar, fechou seus olhos. Sua meditação foi interrompida pouco antes das 10 horas da manhã.

O briefing da nova missão fora passado, assim como as intruções de cada um, os quais Davi escutou com bastante atenção. Mesmo com a derrota na última missão, estava empolgado para a próxima que estava por vir, mas não deixava transparecer.

Foi designado a ficar do lado de fora com Tubarão, o que ele entendeu e acatou com rapidez.
Já planejava o que faria, apesar de não gostar por deixá-lo numa situação vulnerável. Usaria de sua retrocognição e de sua simulcognição para saber, o primeiro, se haveria alguma armadilha plantada para alguém, e o segundo se conseguia achar alguém suspeito, vendo tudo pelo alto. Levaria consigo um fone de ouvido, com música clássica tocando ao fundo, já que ajuda em sua concentração, além de evitar contato com o mundo material.

Mas, o garoto tinha uma outra ideia para tentar achar o assassino.

- Senhor Rainer.. Err, eu poderia analisar a flecha que matou o senhor Valverde? Quando encontrarmos com sua equipe, é claro. - Tomou a palavra, um pouco receoso, mas com firmeza. Se fosse possível tocar na evidência, ele tentaria usar sua psicometria para ver as lembranças do objeto e quem saber encontrar a energia do assassino em meios as lembranças. Então seria mais fácil de achar alguém usando sua radiestesia, procurando a energia da pessoa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Iceberg

avatar

Mensagens : 701
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Seg Dez 14, 2015 10:21 pm

Sentado com a galera e os pés em cima da mesa, Iceberg mexia no celular enquanto Flor do Luar e o Bourne falavam como se não houvesse amanhã, ele selecionava uma das fotos tiradas durante a tarde para postar em seus Twitter, fotos dele fazendo boas ações pela cidade, sabe? Em tempo de corrupção, quem tem imagem “limpa” é Rei.

Olha só, esse garotinho esta realmente feliz nessa foto onde eu peguei o balão dele que saiu voando por ai. E, olha essa menininha, toda triste pelo tablet dela que caiu no boeiro… Eu até poderia pega-lo, mas deu trabalho tirar aquele cheiro horrivel do meu cabelo na ultima missão, achei melhor dar outra pra ela…Vai ser essa, eu abrindo a porta para essa senhora, não é a mais heróica, mas a iluminação me ajudou muito, da pra ver legal meu novo uniforme” - Ele então começa a digitar rapidamente. “ Hum… “Um dia todos nós chegaremos a essa idade maravilhoso, porém, nossos corpos não acompanharão nossa sabedoria e experiencia, por isso, cuido do proximo. #HashTag BergDominó” Há, feito!” - Ele então volta a atenção a sala.

Sabe, não é como se ele se importasse com a Ana no poder, não é como se ele fosse respeita-la, na realidade, ele só se incomodava com o Beto, ele era um ótimo lider e o garoto o respeitava… Da sua maneira.

“Formarei o casal com o Impacto.”

Essa doeu no seu Ego, ele pensou em interrompe-la, mas ao reparar na postura do Rambo ali em pé, ficou com o pé atrás… Quem tem cu tem medo.

- Eu discordo, Impacto é grande e um tanto quanto desengonçado, vai parecer a Bela e a Fera, e não acho que esse tipo de atenção seria a que precisamos. Sem contar que ele nem deve saber se portar nessas ocasiões, é alto demais para o pequeno plebeu. - Dizia, com um tom de deboxe nas ultimas palavras. - Ele faz o tipo segurança, só presença, sem requinte. Eu, por outro lado… - Continuava, levantando a mão direita e fazendo gestos com a mesma, como se fosse um nobre. - Além de mais bonito e carismatico, e famoso, sei me portar nessas ocasiões, tenho fluidez nos movimentos e sei pedir licença. E também sou o mais bonito… E modesto.

Nunca que iria ser o Habitante B dos palcos, pra que ser a arvore de fundo, se ele tem capacidade para ser o elenco inteiro?

- E sem contar que ainda estou sentindo os danos da ultima missão, quanto menos ação pra mim, menor os riscos da missão ir pelo ralo.

- E Arsenal, só de você ir com a gente na missão a coisa ja fica preta do nosso lado. - Dizia, mostrando um sorriso sinico.



________________________________________________________________________
- Ooooooh! O Garra!


- Pegue o meu Melhor angulo, que tal uma foto de Perfil ?

Código:
[color=#663399] #663399 [/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mikka

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 07/07/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Seg Dez 14, 2015 10:51 pm

- Só vou nessa pela nossa reputação, tá com nada esse tal de Bernardo... - bufou olhando para Ana de canto de olho, notavelmente enciumado. - Aquele playboyzinho de merda, não sei como Rainer aceitou isso, as coisas devem estar mesmo difíceis. - se levantou da cadeira.

- E a Ana deve estar adorando essa história.. Arco sendo incriminado.. -  riu. - A festa do mauricinho.. Ela queria mesmo era ficar de "guarda frente" dele.. - se pôs a digitar discretamente para Paulo, seu pai. "Cancela os planos do fut hoje Paulão, tenho um lance com a galera do Instituto." ele guarda o celular em seu bolso.

- E ainda escolhe o banana do Diego pra fazer par? - ele cerra o punho levemente. Passou o olhar nos nomes citados por Flor do Luar, o grupo que faria a segurança de Bernardo. - Nova, hmm.. Arsenal, legal.. ICEBERG? Qualéé... Iceberg não! -  terminou de escutar as instruções, aceitando o plano que a nova líder havia anunciado.

Iceberg passa a soltar as mesmas asneiras de sempre, como um disco velho e riscado. Morfo dá um chute por baixo da mesa no tagarela. -  E aí Rainer, vai rolar um comes e bebes pra galera né? - diz passando a mão em sua barriga após a mesma fazer um barulho estranho, logo em seguida sinalizou para Tubarão que guardaria um lanchinho pro grandalhão, ironicamente.

- Vambora Carlos, tenho uma gravata que vai combinar muito bem seu tom de pele.

________________________________________________________________________

MIKKA
NÍVEL 3
Half-elf
Esmagadora de Orcs | Atiradora de Elite | Musa dos Anões



xxx:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nova

avatar

Mensagens : 407
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Seg Dez 14, 2015 11:34 pm

- Oi. Sou eu, denovo. - Nova faz uma leve pausa.  - ... Então, ele não tava aqui. Eu perguntei aos locais, como vocês me disseram, mas eles disseram que Fischer só ficou aqui por pouco menos de uma semana. - Ela diz em um tom melancólico, que logo se inverte. - Mas eles disseram que ele tava perguntando direções pra... Trois-Rivieres...? Eu acho que é assim que fala. Ele pode estar lá, ou indo pra Quebec, eles disseram. Então... Estou me aproximando! É maravilhoso aqui no Canadá - e frio também! -, mas depois que eu passei das montanhas eu não estou usando mais meus poderes, por causa da proximidade com as cidades...

- HEY, NOVA! - A garota se vira quando ouve a voz, claramente gringa, de um homem a chamar, há alguns metros dali.

- You're coming or not? We're leaving already...!

- Ahm... Ok, I'm going! - Ela responde, em inglês. - Desculpa, eles tão me chamando. Eu falo com vocês de novo quando eu chegar na próxima cidade. Tá? Tchau tchau! Terminar Mensagem.

Nova se levanta do chão apedregulhado, observando um pequeno aparelho circular prateado flutuando à sua frente, com uma tela azulada no centro.

- Mensagem gravada. Sugiro que se apresse, senhorita Nova. - Responde o aparelho, parecendo ter interface própria.

- É, eu sei...! I'm coming!

A garota sai correndo, ajeitando a toca de lã na cabeça e a grande mochila nas costas, enquanto o aparelho sai voando disparado atrás dela, com o que pareciam ser mini-propulsores.


===
Instituto Victória Cardoso, Agora:



Nova estava de cabeça baixa em sua cadeira, parecendo completamente desligada da situação. Nada de novo aí; ela sempre pareceu desligada da situação, desde o começo. Ela retinha na sua memória tudo o que estava sendo dito graças às suas capacidades mentais, mas sempre estava divagando mentalmente pra outros lugares.

No momento, ela observava a manga sua jaqueta pessoal - que agora era uma jaqueta completamente remendada, e cheia de adornos dos mais diversos -, relembrando memórias da sua viagem, feita antes do retorno do grupo.

Ela então ouve a voz de Ana dizer seu nome, e levanta a cabeça rapidamente, ouvindo-se o leve som do brinco de pena que tinha no ouvido esquerdo.

- Morfo e Nova vão de linha de frente. Se aparecer uma parede na sua frente, passa por cima. - Flor faz uma pausa. - Não literalmente, ta, more? Sem derrubar ou quebrar nada a menos que seja necessário.

Nova abre um largo e sincero sorriso para a amiga, acenando com a cabeça positivamente.

- Pode deixar, Ana...! - A super-moça adorava sua colega de time. Nova queria que Flor do Luar tivesse ido com ela em sua viagem, visto tudo que ela viu - apesar de que a moça tinha certeza que ela já tinha passado por todos aqueles lugares. Elas chegaram a trocar algumas mensagens durante aquele tempo através do seu androide auxiliar, mas não era a mesma coisa de estar lá, Nova sabia disso muito bem.

Agora, em conjunto com os outros membros originais, e a ausência de Roberto, eles tinha que auxiliar Ana nas decisões do Força Heróica; mas, assim como nas escolhas de roupa e em muitas outras situações, Nova apenas observava, e deixava a amiga tomar as rédeas das coisas.


Ela então ouve as palavras de Carlos, ficando mais séria novamente ao perceber que discutiam táticas de combate, e acaba por concordar com o querido companheiro.

- Beleza. Eu e Morfo vamos neutralizar os inimigos assim que eles surgirem, mas o nosso foco principal aqui como time, como disseram, é proteger o Bernardo, e não atacar quem quer que seja os assassinos.

Ela então tem uma idéia repentina, perguntando ao grupo:

- ... Desde que Arco não está conosco, e é uma missão de proteção, seria uma boa se trocássemos o nosso equipamento, das granadas de gás sonífero para, pelo menos, para as pontas dele de espuma. Deve servir caso as coisas fiquem feias, segurando os inimigos pelo menos temporariamente até que levemos Bernardo até um lugar mais seguro, ou para reforços. Elas se ativam com impacto, né? Então é só jogar. Mais fáceis de carregar também do que aqueles tubõõõõeees de granada... - Ela comenta fazendo o gesto, rindo levemente dela mesma.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 


Última edição por Nova em Seg Dez 14, 2015 11:40 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.blogspot.com.br/
Impacto

avatar

Mensagens : 346
Data de inscrição : 03/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Seg Dez 14, 2015 11:37 pm

Por um lado, Diego estava feliz pela ação de verdade finalmente ter voltado, aquela era a única coisa que ele realmente sabia fazer, além de jogar rugby. Por outro, o medo de algo de ruim acontecer só aumentava. Todo o temor dele ser uma bomba-relógio parecia ter retornado. Apesar de todo o cuidado ao se preparar para a missão e traçar seus planos, quando as batalhas enfim estouravam, parecia que outra pessoa tomava conta de seu corpo. Alguém muito mais violento e inconsequente.

Com Arco fora da jogada, talvez fosse a melhor oportunidade de ver se sua liderança era mesmo um problema para a Força Heroica. Afinal, mesmo após todo um discurso motivador, que recuperou a confiança do time e tudo mais, a estratégia final foi falha. Aliás, toda a missão foi falha, aparentemente, servindo apenas para apontar que faltava entrosamento para a equipe.

"Hmpf... Primeiro, questiono o cargo dele. Depois, saio com a mulher dele. Parece que a próxima vítima de uma flecha dessas não vai ser nenhum funcionário do Bernado, mas eu..." – Pensou, esboçando um riso de canto de boca enquanto olhava para Ana.

– Berg... – Diego dá um profundo suspiro, tentando manter a calma. – Que tal manter o ego de lado e só seguir o plano? Se a merda estourar – e vai –, algum idiota vai ter que defender a primeira dama ali pra ela fazer a parte dela... Me diz, como você vai fazer isso se ainda tá "sentindo os danos da última missão"? Vai com Arsenal, Morfo e Nova e tenta não chamar muita atenção. O Bernardo vai precisar da ajuda de vocês. – O heroi, cada vez mais, se sentia incomodado com as piadinhas e o excesso de ego e falta de profissionalismo de Yuri, e uma hora acabaria  estourando. Por sorte, isso não aconteceu em campo. – Enfim... Seu defensor não tá aqui hoje, então, você querendo ou não, a loirinha dá as ordens, junto de nós quatro. – Impacto faz uma pausa de alguns segundos, já esperando alguma reação negativa de algum de seus colegas de equipe. Então, ele olha para Espectro... – Davi, você é uma das peças chave da missão. Mesmo de fora, você vai verificar todo mundo presente naquela festa e achar o nosso convidado maldito. Todos nós aqui confiamos em você para esse trabalho, saiba disso.– Disse, na esperança de confortar o novato, tentando amenizar todos os olhares de insegurança que recebera do time durante a última missão. – Vamos mostrar para aqueles desgraçados que estamos de volta, e que não somos os vilões dessa história.

________________________________________________________________________
Ka mate, ka mate! Ka ora! Ka ora!
Código:
[color=#3399ff][b] | [/b][/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Solar

avatar

Mensagens : 464
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Ter Dez 15, 2015 12:52 am

Após uma, até certo ponto, acalorada discussão sobre a missão, os grupos se dividem. Nova, Arsenal, Morfo e Iceberg, muito a contragosto, seriam a escolta de Bernardo na festa, agindo como a guarda pessoal deste. Flor do Luar e Impacto agiriam como um casal infiltrado, observando os convidados com cautela e discrição. Tubarão e Espectro, por motivos óbvios, estariam em uma van de vigilância, do lado de fora da festa.


Bairro Constelação, 19h35:

Na entrada da festa se podia ver Rainer, chefe da segurança do candidato, despejando ordens aos seguranças que ficariam ao redor da mansão. Logo em seguida, entrou na festa, dando mais algumas ordens aos seguranças que ficariam lá dentro. A segurança da festa era reforçada. Os seguidos ataques aos membros da comissão do rapaz preocupavam Rainer, mas pareciam não abalar Bernardo, que ainda resolvera dar aquela festa.

O jovem, um dos mais promissores empresários do país, descia, ao lado de uma linda mulher de vestido dourado. Logo atrás dos dois, os 4 membros da equipe que faziam sua escolta pessoal. Alguns convidados achavam no mínimo curioso a presença de uma mulher entre eles, mas resolviam não levantar esse assunto ao anfitrião. Eles passam pelo casal formado por Ana e Diego. A moça não deixa de olhar para Bernardo.

- Ei. – Diz Diego, cutucando o braço de Ana, com o cotovelo. – Imagina se seu namorado percebe você manjando o cara, hein?

- Imagina sua língua tomando um nó de marinheiro.

- Okey. Vou ficar quieto então.

Yuri parecia um pouco incomodado com aquela situação. Ficava inquieto com aquele terno básico, andando pra lá e pra cá, atrás do playboy. Queria curtir a festa, sem compromisso.

“Sossega a porra do facho, Berg!”

“Qual é, pretin? Você pode se acostumar a ficar na aba dos outros, mas eu tenho que aparecer. Aliás, não tá meio quente aqui, não?”

“Mas tu é chato, hein camarada.”

“Silêncio, vocês. Tão congestionando a linha.”

“O quê?”

“Deixa quieto. Só toca o barco aí com o playboy.”

Neste momento, o adversário de Bernardo nas urnas aparece. Adrian Zimmer, empresário igualmente famoso da cidade, abraça o dono da festa. Os dois sorriem para as câmeras, apertam as mãos, trocam farpas e se abraçam novamente. Enquanto o convidado pega uma taça de champanhe, o anfitrião continua andando pelo salão, com sua companhia, recebendo os demais.

Do lado de fora da festa, Tubarão olha pelas câmeras de vigilância qualquer tipo de movimento estranho. Davi analisava a flecha que matara a vítima anterior.

- Tá tendo sucesso aí, pequeno? – Pergunta Ed, enquanto devorava um grande sanduíche. – Porra, odeio fazer campana.

- É estranho. – Responde Espec, com uma voz serena. - Não existe nenhum traço de energia vital vindo dessa flecha. Nenhum rastro psíquico ou coisa do tipo.

- Sabe o que é mais estranho? Esse cara foi morto por uma flecha. Ou seja, Arco. O outro morto queimado. Os poderes do Solar. Um maluco assassinado pelo próprio faqueiro. A cara do traíra do Magnum.

- E quanto ao dos ossos quebrados?

- É aí que você puxa meu tapete. Quem é esse cabra? – Neste momento, Tubarão nota um movimento estranho vindo do segundo andar da festa. Informando rapidamente para Rainer. – Aí, ô zé da farda! Segundo andar do castelo. Tem coisa me cheirando estranha lá.

Rainer sobe rapidamente as escadas, ou o mais rápido que poderia sem chamar a atenção. No salão, Ana e Diego olham ao redor, tentando identificar as pessoas ao redor da festa. Os dois até encontram figuras inusitadas. Uma senhora gorda apoiada em uma mesa de doces, um rapaz de óculos sentado no bar, um senhor com uma maleta na mão cantando uma jovem morena em um dos cantos, um homem que já conversava gritando, de tão bêbado. Ana então percebe um rapaz a encarando. Ela cutuca Diego, que já se incomodava com o calor do local.

- Bom... – Analisa o rapaz. – Das duas, uma: Ou ela vai enfiar uma faca no seu coração, ou ele tá te despindo com os olhos.

- Cara, que calor insuportável. – Dizia Carlos, já afrouxando a gravata.

Não era só ele. Todos no salão já sentiam o calor tomar conta do local. Parecia que nem o ar condicionado dava vazão naquele momento. O mais intrigante era que esse calor só era sentido do lado de dentro da festa, sendo que do lado de fora fazia uma temperatura agradável. Neste momento, uma figura desce brutalmente, quebrando o teto do lugar. Em chamas, ele pousa na frente de Bernardo, apontando sua mão direita contra ele. Arsenal cria um escudo, enquanto os outros o tiram dali. O homem solta uma rajada de fogo contra o herói, que aguenta firme.

Do lado de fora, Tubarão conversa com Espectro, enquanto se prepara para sair do veículo.

- Essa flecha emana uma energia muito estranha.

- É? Estranha tipo o quê? Porque estranho é o nosso mundo.

- Parece... magia...

Neste momento, o carro recebe uma poderosa investida, fazendo com que Ed caia sentado no banco. Logo, ele é virado de cabeça para baixo. Tubarão arranca a janela do carro capotado de lado com um soco. Saindo e tirando Espectro logo em seguida. Ele olha em direção ao seu algoz, confuso.

- Gárgula?

Dentro da festa, no segundo andar, Rainer vai atrás de um homem, vestindo um casaco com capuz. Com o calor que fazia, era muito estranho alguém com essa vestimenta.

- Aí, mermão! – Dizia o homem, sem que o outro prestasse atenção. – Ô rapaz! Tá surdo!?

Rainer coloca a mão no ombro dele, que se vira rapidamente, como em um reflexo, tendo seu capuz puxado no processo.

- Arco? – Diz o segurança, confuso. Logo, Arco avança contra ele.

No andar de baixo, Nova retirava seus óculos, amassando-os, enquanto Iceberg congelava suas mãos. O calor era tanto que gotas d’água caíam das “luvas” de gelo feitas pelo rapaz. Neste instante, os talheres e demais instrumentos de metal começavam a tremer e, logo em seguida, começaram a “dançar” em pleno ar.

- Isso só pode ser sacanagem. – Dizia Diego, tirando seu paletó e a gravata, enquanto os olhos de Ana começavam a brilhar.

O som de uma corrente era ouvido se arrastando pela cozinha. O sujeito abre a porta, causando o espanto dos heróis ali presentes.

- Ah, que beleza! – Dizia Morfo, também retirando sua gravata, ato repetido pelo resto do time. – É o filho da puta do Magnum.

- É... – Responde Arsenal. – E o outro é a cara do Solar. Olha que maravilha!

- O que a gente faz, então?

- Fera, não é bigode, mas tá na cara. A gente vai pra cima, negos!

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Iceberg

avatar

Mensagens : 701
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Ter Dez 15, 2015 10:16 am

Vamos la, aproveitem a confusão, todo mundo de mascara! A merda ja ta muito grande pra sermos vistos de cara limpa! E também não posso ser visto ao lado de pessoas feias.” - Pensava para os demais enquanto uma camada de gelo ia tomando forma em seu rosto.

- Eu não vou fritar nese terno! - Dizia o garoto, tirando as partes de cima, ficando apenas de sapato e calça social. No fundo ele sabia que o mais sensato era ter vindo com o uniforme por baixo, mas o terno caiu melhor no corpo sendo usado normalmente.

- Bem mais refrescante! - Dizia, apenas de calças e com a mascara de gelo. O garoto então cacoalha a mão, como se tivesse segurando um spray, e borrifa um “jato de gelo” no seu cabelo, o modelando de uma forma Fashion. - Esse suor tira toda a modelagem do meu cabelo!

- Ta certo, Fagulho! Pode vir quente que eu to fervendo!!!!

Ok, Pessoal, vamos pelo mais obvio. Ja que é pra defender o Recalcado ai, Arsenal, cê vem comigo no esquentadinho ali. É bem mais facil nos defendermos dessas bolas de fogo do que resistir a uma chuva de facas. Ja para Nova e o Morfético não sera problema nenhum, graças a resistencia deles.” Ele faz uma pausa breve. “Até queria ditar o que os outros vão fazer, mas eu não faço ideia de qual é o papel de vocês na missão!

- Arsenal, construi um grande palco, porque ta na hora do meu show!!!

Iceberg com seus poderes, ira projetar um pilar de gelo saindo do chão com a finalidade de arremessar o Tocha-Humana o mais longe possivel de Bernardo. Em seguida ira esperar a resposta em combate de Arsenal, para então partir para ataques juntos e combinados, utilizando o Elo mental para ter eficacia nos ataques.

________________________________________________________________________
- Ooooooh! O Garra!


- Pegue o meu Melhor angulo, que tal uma foto de Perfil ?

Código:
[color=#663399] #663399 [/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Flor do Luar

avatar

Mensagens : 224
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Ter Dez 15, 2015 6:14 pm

Eu sabia que alguma coisa ia dar errado naquela noite, mas ter que enfrentar Magnum, Solar, Gárgula e o Arco não tava nos meus planos.

- Ah, Beto, eh melhor você ter uma explicação muito boa pra isso - pensei, profundamente irritada. Sempre defendi esse banana, livrei ele de qualquer suspeita, pra isso? Fora a ejaculação precoce que eu tive que aturar e falar que "tava tudo bem", "acontece", porque não queria magoar esse imbecil. Ninguem me faz de trouxa.

- Tutuba e Espectro, espero que vocês estejam bem, mas vocês precisam segurar o Gárgula ai. Mais um aqui dentro não vai dar certo. Tentem derruba-lo e prende-lo, mas sem muitos danos. Precisamos deles neutralizados mas acordados pra gente entender o que ta acontecendo. Isso vale pros demais também. - Disse rapidamente, pensando no que fazer.

Olhando para os demais, comecei a considerar as opções e traçar suas acoes.

- Nova e Impacto, nada que o Magnum fizer pode derrubar vocês, então vão pra cima dele com tudo que vocês puderem. - disse, irritada. Aquele traíra do Magnum merecia um acerto de contas, - Quebrem ate os dentes dele se quiserem, mas quero ele vivo pra interrogatório, assim como todos os outros.

Nao dava pra mandar todo mundo atras de alguém e deixar o Bernardo sem proteção.

- Arsenal, a proteção do Bernardo eh por sua conta. Se ele sofrer um arranhão, você vai ter que se ver comigo depois. Sei que você não gosta da ideia da minha pessoa na sua cabeça, então leve isso a serio. - ameacei, num tom de humor.

- Iceberg, abaixa a bola, fofo. - Respondi em tom de ironia, quando ele começou a dar ordens pros demais. - Obrigada pela sua opinião que ninguém se importa. Tenta de novo quando você for líder de campo, sim?  Por enquanto, lida com o Solar com a ajuda do Morfo. Da cobertura pra ele se aproximar do Solar. Foca em congelar os membros dele pra que ele não tenha como contra atacar. Provavelmente isso não vai segurar ele por muito tempo, mas se for o suficiente pra que o restante de nós dê conta dos outros e voltemos pra ajudar, ja ta bom. Morfo, vira água e vai pra cima, ou coisa assim. Você lidando contra o Magnum nao seria uma boa ideia, visto que se voce absorver qualquer metal que ele tacar em voce, voce vira uma marionete dele.

- Eu vou atras do Arco. - finalizei

Voando para o segundo andar, pretendo auxiliar Rainer contra o Beto. Quero entrar na cabeça dele e entender o que ta acontecendo, mas pra isso, pretendo desarma-lo com minhas rajadas e prende-lo com minha materialização de energia, enquanto protejo a mim e ao Rainer com meus escudos, se forem necessários, das suas flechas. Mas com a mira ruim do Beto hoje em dia, pff, convenhamos.

________________________________________________________________________
FICHA Força Heroica:
 


IMAGEM:
 


- Não sou bonitinha. Sou linda de morrer.

Enerjoule//Flor do Luar//Maresia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arsenal

avatar

Mensagens : 517
Data de inscrição : 05/06/2012
Criador

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Ter Dez 15, 2015 8:28 pm

-Fica sussa ai chefinha, ninguém vai por um dedo no Bernardo. - Carlos realmente temia as ameaças de Anna, e sabia do que ela poderia ser capaz numa vingancinha.

Ele continua com seus braços esticados criando uma barreira que separava ele, Bernardo e a mulher que o acompanhava, Yuri tira seu paletó e a camisa para a batalha.

-Para de ser exibido Berg! Você toma conta do Solar enquanto eu protejo Bernardo. – fogo contra gelo o embate parecia ser equilibrado, mas a personalidade dos dois era bem diferente, Yuri era convencido demais, ele sabia que isso poderia se tornar uma vantagem para o inimigo.

“ No começo eu já enfrentei pirocineticos, e mais de uma vez,  a estratégia para derrota-los era sempre a mesma, simples e nunca falhava, mas eu preciso ficar focado em protegê-lo, deixa pro ultimo caso.”

Ele tira sua gravata que já estava frouxa, e reforça sua barreira, se ver que Yuri esta com problemas contra o inimigo, ele vai por seu plano em ação criando um domo reforçado com camadas ao redor de Solar, para acabar com seu oxigênio caso use seus poderes.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 

#brancosfedemadanone
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tubarão

avatar

Mensagens : 345
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Ter Dez 15, 2015 9:19 pm

- Gárgula?

Pergunta Tubarão bastante surpreso, e sem entender nada do ataque que havia acabado de sofrer.

Não fazia sentido nenhum o ex aliado ter atacado, alias não fazia sentido nenhum ele estar ali.
O elo mental fica confuso por alguns instantes, logo todos ficam sabendo de quatro invasores. Arco,Solar,Magnum e Gárgula(?) Seriam realmente eles, ou esse é mais um joguinho combinado ?

- Ai garoto! Fica atrás do carro e se protege, a coisa vai feder um pouco pra cá!
Vê se consegue encontrar alguma pista, ou uma ligação com a tal magia que você tava falando, isso ta estranho...
Diz Ed para Espectro.

O híbrido encara a criatura rochosa a sua frente. Com um único puxão ele arranca uma das portas do carro e faz dela uma espécie de escudo, com a outra mão ele segura o tridente com força.


- É você mesmo Gárgula? O que quer aqui?


Tubarão olha fixamente para o alvo a sua frente esperando ele fazer o primeiro movimento.

O primeiro ano instituto ensinou muitas coisas aos alunos, uma delas foi conhecer seus aliados. As táticas, as habilidades, vantagens, desvantagens, etc... E Ed sabia o modo que Gárgula usava para atacar, se aproveitando dessa vantagem ele arremessará a porta para desestabilizar o vôo do inimigo e com este em solo tentará imobiliza-lo com sua força.

________________________________________________________________________
FICHA Força Heroica:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Espectro

avatar

Mensagens : 1130
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Ter Dez 15, 2015 9:31 pm

As vozes de seus colegas ecoavam em sua mente. Era uma sensação estranha, nem boa nem ruim, apenas estranha. Inicialmente ele se assustou com as vozes, procurando os donos das vozes ao seu redor, mas depois entendeu que se tratava do elo mental. Ele então resolveu tentar, pois reparou em uma coisa que devia ser dita.

- Ai garoto! Fica atrás do carro e se protege, a coisa vai feder um pouco pra cá! Vê se consegue encontrar alguma pista, ou uma ligação com a tal magia que você tava falando, isso ta estranho...

- Gente, eu notei uma coisa estranha e.. não acho que seja o Arco e muito menos seus antigos colegas de verdade. E mesmo se forem, alguma coisa tá influenciando a mente deles. Acho que tem magia envolvida nisso, mas eu ainda preciso confirmar. - Disse em sua mente, correndo para se esconder, acatando as ordens de tubarão. - Tenha cuidado Flor. - Direcionou sua palavra para a líder de campo, se lembrando da última missão em que estiveram juntos.

Davi se sentou rapidamente com as pernas cruzadas, apoiou suas mãos sobre os joelhos, respirou fundo e fechou os olhos. Começava a se concentrar para entender o que estava acontecendo. A primeira coisa que ele faria era procurar pela energia do Diretor do instituto usando sua radiestesia, se era realmente ele, o jovem saberia. Depois, procuraria pela mesma energia emitida pela flecha, se estavam sob influencia da mesma magia, iria sentir. Por fim, sairia de seu transe para comunicar a todos o que descobriu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nova

avatar

Mensagens : 407
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Ter Dez 15, 2015 11:07 pm

- ... Por que que eu tenho que usar óculos?

Nova resmungava baixo, consigo mesma. Estava vestida discretamente como um dos seguranças, de terno e gravata, de cabelo amarrado em um rabo de cavalo, e óculos escuros, esses também para esconder seus chamativos olhos azuis. A moça, porém, não gostava muito; mesmo com as luzes artificiais do lugar, era de noite, e os óculos não era aqueles dos bons.

Ela segue junto dos outros três companheiros o já conhecido Bernardo Rodrigues por toda a festa, querendo divagar em seus pensamentos novamente mas focada na missão, com o desastre que fora da última vez. O calor era insuportável. Era tinha super-físico, mas ainda podia sentir as mudanças de temperatura, e naquele momento, era um inferno.

Não demora até que a confusão aparece, estranhamente familiar à umas das primeiras missões que fizeram, a dos ninjas... E falando de lembranças passadas, ela logo percebe, além de ser comunicada pelos outros, que os agressores eram na verdade Gárgula, Solar, Magnum e, ainda por cima, Arco.
Ela retira os óculos da cara e os esmaga na mão, arrancando logo em seguida o elástico que segurava os cabelos da moça. Ela não parecia contente.

- ... É assim que vocês decidiram voltar? Depois de nos abandonar, de virar as costas, vocês decidem fazer isso? Acabar com a campanha do Bernardo, incriminar a gente...? - Quanto mais ela falava, mais escutava a si mesmo, e mais perdia a gentileza que tinha.


- Nova e Impacto, nada que o Magnum fizer pode derrubar vocês, então vão pra cima dele com tudo que vocês puderem. - Flor do Luar ordena, sendo notável a irritação na voz dela. - Quebrem ate os dentes dele se quiserem, mas quero ele vivo pra interrogatório, assim como todos os outros.

- Pode deixar. - Ela responde, curta, continuando em seguida. - - Impacto, eu vou pra cima dele, tentar manter ele e aquelas correntes dele ocupadas. Você trata de atacar ele de longe, e derrubar do ar qualquer objeto metálico que ele possa jogar contra Bernardo ou a gente. Entendeu?


- Eu acho que a gente já deveria ter esperado isso de vocês. - Ela se volta para Magnum, falando alto, enquanto rasgando o paletó pra fora do seu torso. - Quando vocês deixaram o Instituto, e tomaram o lado do Hades, eu ainda não havia ficado com remorso. Mas agora, com isso, foi a gota d'água. - Nova termina, com um tom de voz sério que raramente se ouvia dela.

Sem esperar dois segundos, ela agarra com uma mão uma cadeira ao seu lado, a jogando pra cima do rapaz, pulando logo atrás da mesma na direção dele. Seu foco era nas correntes dele, que eram suas armas e ao mesmo tempo as suas "partes do corpo" mais longas; ela iria agarrá-las, o puxando com o poder da sua força pra perto e agarrando-o, o segurando para que Impacto desse conta de desacordá-lo, antes que ela o fizesse de um jeito "desagradável".

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fabricadeherois.blogspot.com.br/
Impacto

avatar

Mensagens : 346
Data de inscrição : 03/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Ter Dez 15, 2015 11:44 pm

Diego retira seu paletó e puxa as mangas de sua camisa. O clima estava esquentando, assim como seu humor - o que, tendo em vista sua última missão, não significava nada de bom.

"Tá certo." - Por um momento, avaliou se seria uma boa ideia deixar Ana ir sozinha para o segundo andar. Porém, confiava nas habilidades de Rainer para que derrotassem Arco.

- Sabe, Douglas... Eu te perdoei daquela vez que você me deixou no Tártaro com aqueles desgraçados pra explodir tudo. Sabe como é, você tava correndo risco de vida e tudo mais... Então, você deixou a gente pra ficar do lado daquele maldito do... Hades. Não, aquilo foi imperdoável. Desde então, eu to com aquela vontade absurda de surrar a sua cara, sabe? Te bater até não poder mais. E é isso que vai acontecer, só que com a minha amiguinha aqui junto. Espero que você não se arrependa de ter nos traído  depois disso, do fundo do meu coração.

Logo que Nova partir para cima de Magnum, Impacto pretende dar continuidade com o plano, atingindo seu ex-aliado e seus projéteis, mantendo o campo limpo para sua aliada e protegendo Bernardo, se possível.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mikka

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 07/07/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Ter Dez 15, 2015 11:53 pm

- Ah, que beleza! É o filho da puta do Magnum.

Ele guardava rancor de todos aquele que haviam abandonado a Força Heroica em um de seus momentos mais críticos, e sua maior vontade era de grudar no pescoço de Magnum, porém, Morfo escuta as palavras de Flor do Luar em sua cabeça, iria contra Solar, ele conhecia seu potencial, suas habilidades, e o pior de tudo, até onde ele sabia, Erick havia passado os últimos tempos desaparecido, provavelmente treinando. Por algum motivo, a palavra "abobrinha" não saía da cabeça de Tiago. - Fica frio Carlos, a gente não vai dedurar que você é o culpado pelo sumiço das calcinhas azuis do Berg - se pôs a focar na batalha, cerrando seus punhos pronto para seguir a ordem de Flor de Luar.

- Nova, Flor, depois da festinha vocês estão convidadas pro after party na minha suíte. - se aproximou de um copo de água sobre a mesa que parecia já se evaporar com o calor no salão. - Encarar o Solar? Se for ele mesmo... Eu tô é fodido. - ele molha sua mão no copo e toma a forma humanoide de água. Assim, avançaria contra o pirocinético e o envolveria de água para tentar freá-lo com a ajuda de Arsenal e Iceberg.

________________________________________________________________________

MIKKA
NÍVEL 3
Half-elf
Esmagadora de Orcs | Atiradora de Elite | Musa dos Anões



xxx:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Solar

avatar

Mensagens : 464
Data de inscrição : 04/06/2012
Aluno Intermediário

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Qua Dez 16, 2015 1:50 am

Iceberg estala o pescoço, enquanto saltitava como um boxeador, encarando Solar.

- Tipo Balboa! Olha a minha ginga, filho da puta!

Yuri congelava suas mãos, fazendo espécies de luvas de boxe, só que mais agressivas, com várias farpas saindo delas. O problema era que elas derretiam rapidamente, devido ao imenso calor. No entanto, antes das gotas tocarem o chão, elas evaporavam.

Uma cadeira sobe. Nova voa pra cima de Magnum, que segura suas mãos com suas correntes. Ele a puxa para si, dando-lhe uma cabeçada no rosto. O nariz da moça começa a escorrer. Impacto ataca, com suas mãos cheias de energia. Ele desfere meia dúzia de golpes, fazendo-  o adversário cair.

- O que foi isso? – Pergunta-se Nova, olhando o sangue escorrendo em seu nariz.

Magnum se levanta, sem nenhuma gota de sangue em seu rosto. Ele avança contra Impacto, mas é interceptado por Nova, que o golpeia ferozmente. Diego aparece logo depois, disparando diversos projéteis contra o inimigo, que tenta se proteger com suas correntes, desconhecendo a verdadeira intenção do adversário. Nova surge, surpreendendo-o novamente, lhe aplicando um gancho de direita, que o faz desabar. Logo, as facas que esbarravam na parede criada por Arsenal, somem. Nova presta bem atenção na nuca de Douglas, que possuía uma espécie de marca que nunca vira antes. Uma espécie de runa.

Carlos se vira para Solar, que permanecia parado, esperando que alguém o atacasse. Logo, o rapaz via uma esfera se fechando com ele dentro. O pirocinético levanta sua mão esquerda, lançando uma poderosa rajada de fogo contra Arsenal. Uma parede de gelo surge na frente, impedindo que o golpe acertasse o rapaz. O gelo nem mesmo se transforma em água, evaporando assim que entra em contato com o fogo.

- Vocês não notaram que ele tá meio diferente não? – Pergunta Arsenal. – Ele tá meio “robótico”.

Morfo, sem prestar atenção no que o amigo falava, avança contra Solar, lhe aplicando um soco. O inimigo segura sua mão, apertando-a. O fogo ao redor de seu punho aumenta, recobrindo quase que seu corpo inteiro. Morfo, instintivamente, “explode” em água, jogando-se contra o oponente. Solar dá vários passos para trás, enquanto Morfo volta a sua forma original, soltando um leve sorriso. Solar se levanta, cambaleando um pouco, mas sem mostrar nenhuma expressão em seu rosto. Iceberg usa seu poder, congelando o inimigo, que ainda sentia o golpe de Morfo. A água que ainda permanecia, parecia virar fumaça rapidamente.

- Tenta de novo, Morfo! – Gritava Diego.

O rapaz se transformava, ainda com um resquício de água que sobrara. Suas mãos se transformavam, lentamente, até que vai em direção ao rapaz. Logo, este é parado por Arsenal, que cria correntes, prendendo as pernas de Solar ao chão. Iceberg surge, socando o rosto do inimigo, utilizando duas gigantes luvas de gelo, cheias de farpas. O oponente as agarra, derretendo-as. Morfo surge, tentando afogar o inimigo com as mãos, enquanto Arsenal prendia as mãos do pirocinético, juntando-as contra o próprio corpo deste. Erick não esboça nenhuma reação, caindo logo em seguida. Logo, os 3 veem a mesma marca tatuada na lateral do pescoço do rapaz.

Tubarão acerta Gárgula com uma tampa de bueiro. Havia deixado seu tridente dentro da van. O oponente voa em direção a Ed, agarrando-o pelos ombros com suas garras.

- Filho da... – Grita Tubarão que, antes de terminar sua frase, é solto pelo inimigo.

Ed cai no meio da rua, fazendo um grande barulho, deixando uma rachadura no chão. Ele se levanta, um pouco tonto, mas lúcido. Neste momento, é atacado novamente. Gárgula tenta a mesma jogada, mas Tubarão é mais esperto e se abaixo, segurando a cauda do inimigo.

- OLHA O RABO! – Grita o rapaz, enquanto girava seu oponente, acertando-o contra um poste.

Stephen se levanta novamente. Os dois não desistiriam da batalha naquela noite. Espectro se situava alheio a tudo isso. Atrás da van tombada, o rapaz meditava, tentando achar uma conexão entre a flecha e Stephen. Logo, ouve um barulho. Tubarão é arremessado contra outro poste, perto da van.

- Ô moleque! Vai ajudar não? – Pergunta, já nervoso.

Espectro se levanta, quando Gárgula aparece aterrissando na van, soltando um grande grunhido. O herói retira seu bastão retrátil da cintura. Pela primeira vez em uma missão, o rapaz avançava para o ataque contra alguém. Ele tenta acertar alguns golpes no inimigo, em vão. Gárgula alça voo, mas tem sua cauda segura por Tubarão, que o puxa para baixo. Davi acerta-o na barriga com seu bastão. Gárgula solta um grito agudo e distorcido, que faz os dois heróis tamparem seus ouvidos. O ruído era violento, fazendo com que Ed desse alguns passos para trás, mas não antes de perceber uma estranha marca na cauda do oponente, a mesma entalhada nos corpos de Solar e Magnum. O vilão alça voo, fugindo da batalha.

De volta à mansão, no segundo andar, Arco e Rainer batalham. O rapaz troca alguns socos, mas o ex-militar era mais ágil, se esquivando com maestria. Rainer segura um dos braços de Roberto, enquanto lhe dá uma banda.

- Fica no chão, Roberto. Não quero te machucar.

Entretanto, o rapaz se levanta rapidamente, voltando a ataca-lo. Ele tenta soca-lo, mas é em vão. Rainer possuía uma técnica, aliada à sua vasta experiência, fazendo com que Roberto não tivesse nenhuma chance. O rapaz é derrubado novamente. No entanto, por mais que seu adversário lhe desse socos, cotoveladas e afins, Arco parecia não acusar nenhum golpe, além de não ter nenhum ponto do rosto com sangramento. Ana chega neste exato momento, paralisando seu namorado. Ela possuía cara de poucos amigos. Rainer, ofegante, faz um gesto de calma para a moça, que o leva para baixo. Os dois param em frente a um rapaz, um tanto assustado, que filmava a batalha.

- Moleque, por que você ainda não saiu daqui? – Pergunta Rainer, descendo as escadas, já bastante alterado. – Tira esse celular da minha frente, ô caralho!

Tubarão e Espectro entram na festa, vendo logo Magnum se levantando. Nova logo o segura, enquanto Arsenal o prende em correntes criadas com seus poderes. No entanto, eles não obtiveram a mesma rapidez em conter Solar que, com uma rajada de fogo, sobe pelo mesmo local que caíra.

- Tá, isso tá muito estranho. – Diz Diego, notando a marca na altura do tórax de Roberto, de camiseta rasgada, - Que porra de tatuagem é essa?

- O Magnum tem a mesma tatuagem.

- Assim como o Solar tinha.

- E o Gárgula. Afinal, o que diabos tá acontecendo aqui?

- Eu não sei o que está acontecendo aqui, meus queridos, mas alguém vai pagar pelos danos à minha propriedade. Além de me explicar o porquê de supostos heróis estarem tentando me matar. Um cara que tá tentando deixá-los ainda na ativa.

Os ânimos alterados de Bernardo eram compreensíveis. O rapaz tentava, a todo custo, impedir que o registro de super-humanos entrasse em vigor. Sua campanha para a prefeitura da cidade tinha como premissa unir pessoas comuns com pessoas com habilidades especiais.

- Não se preocupe, vamos te livrar dessa, Bernardo. Vamos escondê-lo no instituto.

- Como?

- Tem uma ideia melhor, gênio?

- Rainer tá certo. Agora, esse é o único lugar que a gente pode levar o B.

- O... B?

- Ótimo! Vou ter o prazer de interrogar esses dois sujeitos.

- É, mas... se eles são nossos ex-companheiros, provavelmente sabem tudo sobre nós e sobre como nos achar, não?

- É por isso que vamos estar preparados pra eles, queridinho.

Obs: Nessa rodada vocês traçam estratégia de proteção pro Bernardo, quem vigia o que, quem interroga quem e suas táticas de interrogatório, além de serem livres pra criarem tretas um cos os outros heuaheuhauea

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mikka

avatar

Mensagens : 502
Data de inscrição : 07/07/2013
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Qua Dez 16, 2015 6:14 pm

Ao chegar no Instituto, Morfo retira sua máscara, que descarrega a água que possuía dentro assim que ele a puxa. - Caraca, eu não fico assim desde aquela treta com o Atlas e o Tutuba. - ele senta em um banco do jardim e tira a bota a virando, despejando mais água. - E aí, qual o plano Ana? Como pretende abrigar o "B" - diz ironicamente - aqui?

Tiago se levanta do banco e caminha para dentro do Instituto, ele estende seu uniforme em seu dormitório para secar, enquanto limpa os seus visores. - Agora a galera que quer matar o playboy vai cair em cima da gente. -  diz vestindo uma camiseta com os dizeres "Instituto Victoria Cardoso", ficando ainda com a parte debaixo do uniforme e uma bota preta. - Ocasião perfeita pra Ana dormir com o "B". - disse irritado, para si mesmo. - O B, o B, o B. Só se fala nesse cara agora, sai dessa. - voltou a encontrar seus companheiros de equipe. - Pelo menos ele defende a causa dos super-humanos.

Com Magnum, Arco e Gárgula no Instituto, Morfo ainda não concordava com a situação atual. Ele se aproxima de Ana e põe a mão em seu ombro. - Ana, tem certeza que podemos abrigá-los aqui? - diz em um tom maduro agora. - O Bernardo pode ser, mas e esses três? - ele olha para Rainer. - Quem vai interrogar os traíras? - Agora Morfo aguardaria as ordens de Ana para seguir, assim como as instruções de Rainer.

________________________________________________________________________

MIKKA
NÍVEL 3
Half-elf
Esmagadora de Orcs | Atiradora de Elite | Musa dos Anões



xxx:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tubarão

avatar

Mensagens : 345
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Qua Dez 16, 2015 8:38 pm

Atlântida,  16 Meses atrás

- Aaaaarghhhhh....
 Grita Tubarão preso a uma espécie de cadeira especial.  Em seu corpo era possível notar várias marcas de tortura, muitas delas, feridas ainda abertas.

- Eu já falei pra você dizer a verdade, fale logo e eu te dou uma morte rápida.
Diz a criatura horrenda que torturava Ed, o ser era  espécie de “homem-caranguejo”, e parecia sentir prazer em cortar e pinçar sua vítimas.

-Eu já falei, eu não sou um deles, não faço parte daquele bando!  Venho da superfície...eu era um herói....

-Cala a boca! Grita o torturador esbofeteando o rosto de Ed.

-Você não está facilitando...Mas eu adoro esse trabalho!
Saiba que odiamos o povo da superfície tanto quanto os carniceiros de Atlas...


-Nem todos são como você pensa lá em cima....eu lutava por justiça... era da Força Heroica... Sem muitas forças Tubarão para de falar.

-Vai me dizer quem te enviou para nos espionar ou vou ter que arrancar sua mão? O torturador pressiona uma de suas garras no punho de Ed, mas é interrompido com a chegada de uma figura feminina na sala.

-Já chega Craab! Eu assumo daqui agora.
O torturador acena com a cabeça e se retira da sala sem dizer nada, a figura feminina senta a frente de Ed e lhe olha diretamente.

-Nós temos observado o povo da superfície nos últimos anos, e não confiamos neles... Algumas coisas que você disse parecem ser verdade, andamos pesquisando as informações que você soltou, mas ainda não confio... me fale sobre essa “Força Heroica”...

-----------------------

Instituto Victória Cardoso, Agora

-Nós somos a Força Heroica porra! Não podemos torturar ninguém daqui...
Grita Tubarão para alguns de seus companheiros que falavam sobre torturar os prisioneiros para obter informações.
Rainer olha para o híbrido sem falar nada e nem era preciso.

-A gente não responde por você cara...Mas sério galera, a nossa imagem, tudo isso que tem rolado... Ele para um pouco, respira e volta a falar com os demais
 -O novato detectou magia nisso, acho que ele e a Flor podem ajudar tirando alguma informação dos caras, como por exemplo onde está o Doutor..Ah e torturar? só se for em último caso beleza?
... Quanto a proteger o nosso hospede riquinho, podemos formar um grupo menor e leva-lo a sala de treinamento, a gente programa ela pra atacar qualquer um que não seja um de nós, o resto se divide pela casa em pontos estratégicos, o que acham?...

________________________________________________________________________
FICHA Força Heroica:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arsenal

avatar

Mensagens : 517
Data de inscrição : 05/06/2012
Criador

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Qua Dez 16, 2015 9:33 pm

Durante todo o percurso Carlos ficou olhando pelo vidro a van o céu, com a gravata amarrada na testa e o paletó no colo, ele refletia sobre os acontecidos da noite, enquanto tentava não cair no sono.

A van chega no Instituto, todos descem e escoltam os prisioneiros, enquanto Carlos se aproxima da líder e cochicha pra ela.-Olha Anna, eu não to muito afim de acompanhar o interrogatório, nem de ficar de olha no “B”.- Ele ri por dentro com sua ênfase do apelido.- Eu vou ver se alguém quer ficar de olho no traíra do Magnum.

Carlos da uma olhada em todos os parceiros, e mentalmente vai eliminando as opções. “ Tiago não, Ed não, Diego não, Yuri nem pensar, Nova...? Sem duvida!”

-Olha Nova, a Flor pediu pra gente ficar de olho no Magnum.- Disse para ela com o maior cinismo esperando que ela acredite.

________________________________________________________________________
FICHA FORÇA HEROICA:
 

#brancosfedemadanone
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Espectro

avatar

Mensagens : 1130
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Qua Dez 16, 2015 9:53 pm

Até o momento, Davi não havia presenciado uma discussão mais acalorada. Até poderia, usando seus poderes, mas considerava anti-ético assistir a uma reunião a qual não foi convidado. Mas agora era diferente, ele estava ali, a missão ainda estava em aberto, dois dos “inimigos” foram capturados, dois deles fugiram. O grupo precisava de respostas e precisavam delas rápido.

- Não importa que as respostas estejam certas, importa que se faça as perguntas certas. - Recitou em sua mente espontaneamente.

Começou a caminhar lentamente na direção do diretor do instituto. Estava silencioso, sendo guiado por sua curiosidade. Alheio a tudo e a todos, Davi, que já estava sem máscara e com capuz abaixado, apenas repousa sua mão na cabeça de Arco, e com a outra se preparava para tocar na tatuagem.

- Vamos lá, me diga. O que aconteceu com você? Quem fez isso com você? Onde está o Doutor? Por que fizeram isso? O que planejam? Conte-me tudo. - Espectro disse em voz baixa pouco antes de encostas na tatuagem. Somente havia recolhido memória de objetos, nunca de pessoas, mas iria tentar pela primeira vez usar sua psicometria em Roberto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Flor do Luar

avatar

Mensagens : 224
Data de inscrição : 05/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Qua Dez 16, 2015 11:52 pm

A fuga de Solar e Gárgula me irritava, mas não dava pra culpar ninguém por isso. Quer dizer, ate dava, mas não ia ajudar em nada.

- Ok, pessoal. Perdemos dois, mas temos o Arco e o Magnum pra pra interrogar isso já vai responder perguntas o suficiente. - disse, tentando acalmar o ânimos e tirar a sensação de falha que qualquer um pudesse sentir.

- Espectro e Rainer vão interrogar o Arco. Voces precisam descobrir o que passa na cabeça dele. Queria fazer parte disso, mas não to com estomago pra olhar ele nos olhos. Eu e Nova vamos interrogar o Magnum. - instrui rapidamente, chegando no Instituto. - Morfo, quero você longe do Magnum, por isso, você fica de segurança do Bernardo com o Tubarão na sala de treinamento, como ele sugeriu. Sei que você ta preocupado com a situação, mas não temos outra escolha. - finalizei, encarando Morfo.

Pra vigilância do Instituo, precisávamos de defesa, resistência e agilidade.

- Berg, Arsenal e Impacto, fiquem em algum ponto estratégico do Instituto, se preparando caso alguém tente invadir o local. Vocês vão ser os nossos olhos pro que acontece ali fora.

Nos eramos poucos pra muitas funções distintas. Eu só esperava que tudo corresse bem.

- Vou manter o elo telepático entre a gente. Nos mantenham informados - finalizei.

________________________________________________________________________
FICHA Força Heroica:
 


IMAGEM:
 


- Não sou bonitinha. Sou linda de morrer.

Enerjoule//Flor do Luar//Maresia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Impacto

avatar

Mensagens : 346
Data de inscrição : 03/06/2012
Aluno Iniciante

MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   Qui Dez 17, 2015 12:02 am

Ainda acalorado com a batalha contra Magnum, Diego chega com cara de poucos amigos no instituto, controlando-se para não aproximar-se de seu antigo aliado e fazer algo que ele fosse se arrepender depois.

- Berg, vamos ficar na vigília. - Disse, fazendo um sinal discreto para que Ana lesse sua mente. - "Vamos ver qual é a dessa desobediência. Pode ter sua DR lá. " - Pensou, tentando disfarçar. - Os que sobraram tomam conta do Bernardo na sala de treinamento, o que acham? E tomem cuidado, os outros vão voltar, eu tenho certeza.

Dito isso, Impacto pretende rondar pelo Instituto, ao lado de Iceberg e auxiliado pelas câmeras e sensores do local para detectar possíveis invasores.

________________________________________________________________________
Ka mate, ka mate! Ka ora! Ka ora!
Código:
[color=#3399ff][b] | [/b][/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: T03E02 - Candidato   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
T03E02 - Candidato
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
fabricadeherois :: Força Heroica :: 3ª Temporada-
Ir para: